HomePod, caixa de som da Apple, pode manchar superfícies de madeira

Apple diz que situação é normal e recomenda evitar o contato direto com móveis do tipo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

A Apple admitiu, nesta quinta-feira (15), que o HomePod pode manchar alguns tipos de móveis, mas considera a situação normal. A confirmação vem na esteira de uma série de reclamações de consumidores e de reviews do produto, que apontaram o surgimento de marcas causadas pela caixa de som sem fio em superfícies de madeira.

Lançadas nos Estados Unidos na última sexta-feira (9), a caixa de som da Apple oferece funcionalidades avançadas, como integração com outros dispositivos da marca e a possibilidade de interagir com a assistente Siri.

HomePod pode deixar marcas em superfíceis de madeira (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) HomePod pode deixar marcas em superfíceis de madeira (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

HomePod pode deixar marcas em superfíceis de madeira (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

As manchas seriam causadas pelo “pé” do HomePod, que é feito de silicone. De acordo com a Apple, isso pode difundir alguns óleos presentes em sua composição, responsáveis por marcar superfícies envernizadas. Na página oficial de suporte ao HomePod, a Apple reconhece o problema, mas trata o surgimento das marcas como normal: “não é incomum que qualquer caixa de som com uma base amortecedora de vibração feita de silicone deixe marcas leves em madeira”.

As queixas surgiram nos primeiros reviews abordando o lançamento. A divulgação da informação estimulou consumidores a também reclamarem da situação via Twitter. Há uma maior incidência de comentários em torno do modelo na cor branca – aparentemente, o HomePod preto não é tão propenso a marcar superfícies.

Sites de tecnologia foram os primeiros a observar o problema das marcas (Foto: Reprodução/Twitter) Sites de tecnologia foram os primeiros a observar o problema das marcas (Foto: Reprodução/Twitter)

Sites de tecnologia foram os primeiros a observar o problema das marcas (Foto: Reprodução/Twitter)

A Apple não acredita que exista problema no design do HomePod. O texto na página de suporte afirma também que as manchas devem sumir sozinhas. Caso isso não ocorra, a fabricante indica que uma limpeza simples deve ser suficiente para removê-las.

A recomendação da Apple para os usuários preocupados com as marcas em seus móveis é de simplesmente evitar de colocar o HomePod sobre eles. Em situações extremas de manchas que se recusem a sair, a empresa recomenda polir a superfície de acordo com os parâmetros do fabricante do móvel.

A companhia já confirmou que o HomePod chegará ao mercado brasileiro, embora não tenha ainda divulgado uma data para que o lançamento ocorra. Nos Estados Unidos, o acessório custa US$ 349 (R$ 1.115 em conversão direta).

Qual a melhor caixa de som portátil? Descubra no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo