Por Gabriel Ribeiro, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

No futuro, a Apple pode não precisar comprar de outras empresas os displays usados em iPhones e outros dispositivos. De acordo com uma reportagem da Bloomberg, divulgada neste domingo (18), a Maçã está em processo avançado no desenvolvimento de telas MicroLED. Se for confirmado, diversos fornecedores de painéis parceiros de longa data da gigante de Cupertino, como a Samsung e a LG, seriam afetadas. As novas telas estariam sendo produzidas em uma fábrica a poucos quilômetros da sede da Apple, na Califórnia.

iPhone X é o primeiro celular da fabricante a ter display OLED — Foto: Thássius Veloso/TechTudo iPhone X é o primeiro celular da fabricante a ter display OLED — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

iPhone X é o primeiro celular da fabricante a ter display OLED — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O interesse da Apple em telas MicroLED vem desde 2014 com a compra da LuxLue, uma empresa especializada em displays do tipo. Essas telas funcionam basicamente igual a um painel OLED, sem a necessidade de luz de fundo como o LCD. No entanto, o MicroLED traz a vantagem de ser ainda mais brilhante, consumir menos energia e ter uma densidade maior de pixels.

Dispositivos com este tipo de tela ainda são raros, muito por conta do difícil processo de fabricação. A Samsung é uma das empresas que estão apostando na tecnologia. A The Wall, um conceito de TV modular apresentado durante a CES 2018, é um dos poucos aparelhos apresentados com o novo tipo display.

Apple menos dependente

Apple Watch deve ser o primeiro dispositivo a trazer tela MicroLED da Apple — Foto: Elson de Souza/TechTudo Apple Watch deve ser o primeiro dispositivo a trazer tela MicroLED da Apple — Foto: Elson de Souza/TechTudo

Apple Watch deve ser o primeiro dispositivo a trazer tela MicroLED da Apple — Foto: Elson de Souza/TechTudo

Atualmente, a Samsung fabrica os painéis OLED usados no iPhone X, enquanto a LG está por trás do Apple Watch e também da tela 5K do iMac Pro e do iMac 27’’. Ao desenvolver o seu próprio display, a Apple teria uma vantagem competitiva por não precisar pagar essas empresas, já que teria uma tela de fabricação própria.

No entanto, ainda deve demorar alguns anos para isso acontecer. O primeiro dispositivo com o novo display deverá ser o Apple Watch, ainda sem uma data definida. Citando fontes anônimas ligadas à Apple, a Bloomberg diz que a fábrica secreta conseguiu desenvolver uma tela funcional para o relógio inteligente.

Queda nas ações

Pouco tempo depois da matéria ir ao ar, diversas empresas envolvidas no processo de fabricação de telas tiveram quedas no valor das ações, não só na Ásia, mas também nos Estados Unidos. As ações da Japan Display chegaram a cair 4,8%, enquanto os papéis da Sharp e a Samsung, registraram queda de 3,4% e 1,4%, respectivamente. A mais afetada foi Universal Display, uma das maiores fabricantes de telas OLED, com mais de 15% de queda na Nasdaq.

iPhone X: conheça sete curiosidades sobre o modelo da Apple

iPhone X: conheça sete curiosidades sobre o modelo da Apple

iPhone 6 com faixa azul na tela: como resolver? Comente no Fórum do TechTudo.

Com informações Bloomberg e Mashable

MAIS DO TechTudo