Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo


A Sony anunciou nesta quinta-feira (1) o lançamento de cartões de memória da série SF-G no Brasil. Segundo a fabricante, os dispositivos prometem ser os mais rápidos do mundo com alta velocidade de leitura e de gravação. Além disso, a novidade traz nas especificações a tecnologia File Rescue para recuperação de imagens e um utilitário de verificação do SD.

Os modelos já estão disponíveis para comprar na loja virtual da marca com preços entre R$ 719,99 e R$ 1.349,99, com opções de 64 GB e 128 GB.

Novos cartões de memória prometem ser os mais rápidos do mundo — Foto: Divulgação/Sony Novos cartões de memória prometem ser os mais rápidos do mundo — Foto: Divulgação/Sony

Novos cartões de memória prometem ser os mais rápidos do mundo — Foto: Divulgação/Sony

Projetada para uso em câmeras fotográficas DSLR e câmeras de vídeo camcorder, a série SF-G é compatível com dispositivos que suportam a interface UHS-II. A promessa é uma rápida transferência de dados para o computador, mesmo com arquivos grandes em Full HD ou 4K.

A velocidade de gravação dos novos cartões é de até 299 Mb/s. De acordo com a Sony, a configuração é suficiente para suportar a captura contínua de imagens em alta resolução com DSLRs com alto desempenho. Já a velocidade de leitura chega a 300 Mb/s.

Na ficha técnica, a novidade ainda inclui o software File Rescue para a recuperação de imagens que foram comprometidas ou excluídas por engano, além do utilitário de verificação responsável por conferir o status da memória do cartão ao conectá-lo em um dispositivo. Caso encontre algum problema, a tecnologia alerta ao usuário para realizar a troca do SD.

Para quem costuma viajar e fotografar em locais com variação do clima, a Sony afirma que a nova série SF-G também é à prova d'água, de raios-X e de choques, além de ser resistente a temperaturas diversas.

Como mover aplicativos do celular Android para o cartão de memória

Como mover aplicativos do celular Android para o cartão de memória

Como recuperar um cartão de memória? Comente no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo