Por Carolina Ribeiro, para o TechTudo


O Facebook anunciou nesta quarta-feira (28) a expansão do programa de recompensas, que passou a incluir apps que roubam informações das pessoas. Com a novidade, a rede social vai remunerar em até US$100 mil (cerca de R$ 334 mil) quem denunciar aplicativos que fazem uso indevido de dados dos usuários. Antes, a iniciativa era voltada apenas para ameaças que podiam afetar a segurança da própria rede social. Segundo o Facebook, serão divulgados mais detalhes nas próximas semanas.

Facebook toma medida após escândalo de vazamento de dados — Foto: Melissa Cruz/TechTudo Facebook toma medida após escândalo de vazamento de dados — Foto: Melissa Cruz/TechTudo

Facebook toma medida após escândalo de vazamento de dados — Foto: Melissa Cruz/TechTudo

De acordo com Ime Archibong, vice-presidente de parcerias de produtos do Facebook, a plataforma permitirá a manifestação de qualquer pessoa para informar sobre ferramentas que expõem informações pessoais. "O programa de recompensas de bugs do Facebook se expandirá para que as pessoas também possam nos reportar, caso encontrem uso indevido de dados por desenvolvedores de aplicativos", afirmou Archibong.

O anúncio foi feito após Mark Zuckerberg pedir desculpas pelo escândalo que envolve o app "thisisyourdigitallife" (“essa é a sua vida digital”, em tradução livre), responsável pelo vazamento de informações sobre mais de 50 milhões de usuários. O aplicativo funcionava como um quiz na rede social e coletava diversos dados sobre a pessoa e seus amigos, sem autorização. A Cambridge Analytica, empresa de análise de dados, usou as informações para a campanha presidencial nos Estados Unidos em 2016, supostamente em favor de Donald Trump, eleito na ocasião.

Além da expansão do programa de recompensas, Zuckerberg também anunciou a análise de apps suspeitos e a limitação do acesso de desenvolvedores de aplicativos aos dados de usuários. O Facebook investiga aplicações que coletam muitas informações das pessoas.

Via CNET

Facebook: dicas para evitar que curiosos olhem suas informações

Facebook: dicas para evitar que curiosos olhem suas informações

MAIS DO TechTudo