Por Raquel Freire, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O Nokia 6 (2018) é o sucessor do Nokia 6 original, celular que marcou a volta da fabricante finlandesa durante seu lançamento na MWC 2017. Na segunda geração, o telefone ganhou lente Zeiss na câmera principal, processador mais potente, novas opções de cores e outras melhorias, mantendo aspectos como tela e memória RAM. Apesar do upgrade, a ficha técnica continua voltada para o mercado de smartphones intermediários.

Os celulares da Nokia não são vendidos no Brasil atualmente, mas tornam-se opções interessantes para consumidores que pensam em importar um smartphone. O TechTudo fez um comparativo da ficha técnica dos dois modelos. Abaixo, saiba quais são as diferenças e semelhanças entre o Nokia 6 (2017) e o Nokia 6 (2018).

Nokia 6 (2018) ganhou lente Zeiss, ausente no modelo de 2017 — Foto: Divulgação/Nokia Nokia 6 (2018) ganhou lente Zeiss, ausente no modelo de 2017 — Foto: Divulgação/Nokia

Nokia 6 (2018) ganhou lente Zeiss, ausente no modelo de 2017 — Foto: Divulgação/Nokia

Design

O Nokia 6 (2018) manteve os traços de sua primeira geração, com cantos levemente arredondados e câmera saltada na traseira. No entanto, o design traz uma das mudanças perceptíveis no modelo mais recente: o leitor de impressão digital, que antes era integrado ao botão Home, agora fica embaixo do flash.

O lançamento ganhou corpo de alumínio série 6000 construído em bloco único, com detalhes nas bordas e em torno da câmera. As opções de cor atuais são preto com enfeite em cobre, branco com cobre, azul com detalhes metálicos, e dourado. Em 2017, o smartphone vinha em cor única, nas variantes preto, prata, azul e cobre.

Nokia 6 (2018) traz novas opções de cores — Foto: Divulgação/Nokia Nokia 6 (2018) traz novas opções de cores — Foto: Divulgação/Nokia

Nokia 6 (2018) traz novas opções de cores — Foto: Divulgação/Nokia

As mudanças nas dimensões praticamente não podem ser notadas. O Nokia 6 (2018) continua com 7,58 mm de largura, diminuiu um pouco – de 154 mm para 148,8 mm – e ficou 0,3 mm mais grosso, chegando aos 8,2 mm (na elevação da câmera, o aparelho apresenta 8,6 mm).

O smartphone deste ano também está um pouco mais pesado que o antecessor, passando de 169 para 172 gramas. Ele é dual chip, com slot híbrido para o segundo cartão e microSD. No Nokia 6 (2017), a fabricante optou por lançar versões single e dual SIM, esta também com entrada híbrida.

Tela

A HDM Global optou por manter o display do Nokia 6 original na segunda geração. Os dois celulares trazem painel IPS LCD de 5,5 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080), apresentando densidade de pixels de 403 ppi.

Até a proteção é idêntica: ambos são revestidos com o vidro Gorilla Glass 3. Contrariando a tendência lançada no ano passado, a tela possui o tradicional formato 16:9.

Nokia manteve display Full HD de 5,5 polegadas do Nokia 6 original — Foto: Divulgação/Nokia Nokia manteve display Full HD de 5,5 polegadas do Nokia 6 original — Foto: Divulgação/Nokia

Nokia manteve display Full HD de 5,5 polegadas do Nokia 6 original — Foto: Divulgação/Nokia

Câmeras

Assim como no primeiro Nokia 6, a câmera principal tem 16 megapixels e lente com abertura f/2.0, mas agora a lente é Zeiss. Ela também ganhou capacidade de gravar em 4K e um novo recurso chamado Dual-Sight, que permite usar as câmeras traseira e frontal ao mesmo tempo.

A câmera traseira manteve o foco por detecção de fase (PDAF) e o flash dual tone. A frontal continua com sensor de 8 megapixels e lente grande-angular de 84º com abertura f/2.0, registrando vídeos com resolução Full HD (1080p).

Câmera de 16 MP do novo Nokia 6 filma em 4K  — Foto: Divulgação/Nokia Câmera de 16 MP do novo Nokia 6 filma em 4K  — Foto: Divulgação/Nokia

Câmera de 16 MP do novo Nokia 6 filma em 4K — Foto: Divulgação/Nokia

Processador, memória RAM e armazenamento

O processador do Nokia 6 (2018) é o Snapdragon 630, com 8 núcleos e velocidade de até 2,2 GHz. O componente deve melhorar o desempenho em relação ao antecessor, que trazia o Snapdragon 430, também com 8 núcleos, mas rodando a 1,4 GHz.

No que diz respeito à memória, o Nokia 6 (2017) foi lançado em duas variantes. Os modelos preto, prata, azul e cobre inicialmente tinham 32 GB de armazenamento e 3 GB de RAM, enquanto a versão Arte Black trazia 64 GB de espaço e RAM de 4 GB. Mais tarde, a Nokia disponibilizou para o mercado ocidental um modelo com capacidade de 32 GB e 4 GB de RAM.

O Nokia 6 de 2018 também traz essas duas variações – de 32 GB de armazenamento com 3 GB de memória RAM, e 64 GB de armazenamento com memória RAM de 4 GB. A diferença é que não há distinção por cores. Os modelos com menos memória começarão a ser vendidos primeiro, em abril, em todas as opções de acabamento. As duas gerações suportam microSD de até 128 GB.

Bateria

A capacidade de bateria se manteve a mesma da geração anterior: os dois smartphones têm 3.000 mAh. Em termos práticos, não é possível definir se o número é eficiente, já que esse fator depende de uma série de outros componentes de hardware e software. Além disso, nenhuma estimativa de autonomia foi revelada pela Nokia.

Nokia 6 (2018) tem bateria de 3.000 mAh — Foto: Divulgação/Nokia Nokia 6 (2018) tem bateria de 3.000 mAh — Foto: Divulgação/Nokia

Nokia 6 (2018) tem bateria de 3.000 mAh — Foto: Divulgação/Nokia

Versão do Android

O Nokia 6 (2017) sai de fábrica com Android 7.1.1 Nougat e pode ser atualizado para o Android 8.0 Oreo. A geração 2018 já vem com o Android O, mas a principal mudança não é essa; agora o smartphone integra o Android One, iniciativa do Google para lançar aparelhos com o sistema realmente "puro", sem modificações.

Recursos e conexões

A Nokia modificou o sistema de áudio na segunda geração do Nokia 6. Enquanto o original trazia alto falante duplo com amplificador inteligente, o smartphone de 2018 vem com alto falante único, mas compensa entregando dois microfones.

A porta USB ainda é 2.0, mas o conector é tipo C, e o Bluetooth saltou do 4.1 para o 5.0. O restante está igual: rede 4G, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n, NFC e entrada de 3,5 mm para fone de ouvido estão presentes nos dois celulares.

Nokia 6 (2018) ganhou USB tipo C e Bluetooth 5.0 — Foto: Divulgação/Nokia Nokia 6 (2018) ganhou USB tipo C e Bluetooth 5.0 — Foto: Divulgação/Nokia

Nokia 6 (2018) ganhou USB tipo C e Bluetooth 5.0 — Foto: Divulgação/Nokia

Preço e custo-benefício

Atualmente, a Nokia não vende seus smartphones no Brasil. A versão de 32 GB do Nokia 6 (2018), que começará a ser vendida em abril, foi anunciada por 279 euros (cerca de R$ 1,1 mil, em conversão direta). A variante de 64 GB ainda não teve o preço para o mercado europeu divulgado e, na China, custará 1.699 Yuan (aproximadamente R$ 870).

O Nokia 6 (2017) foi lançado por 229 euros (R$ 925, na cotação de hoje) na versão de 32 GB, e 299 euros (R$ 1,2 mil) na Arte Black, de 64 GB. Meses mais tarde, a Nokia lançou no Brasil a variante de 32 GB e 4 GB de RAM que, hoje, está saindo por R$ 1,3 mil, em média.

Ficha ténica dos Nokia 6 (2017) e Nokia 6 (2018)

Especificação Nokia 6 (2017) Nokia 6 (2018)
Data de lançamento Fevereiro de 2017 (Europa) Fevereiro de 2018 (Europa)
Preço de lançamento 229 euros (cerca de R$ 925 em conversão direta) 279 euros (cerca de R$ 1,1 mil em conversão direta)
Tamanho da Tela 5,5 polegadas 5,5 poelgadas
Resolução da Tela Full HD (1920 x 1080 pixels) Full HD (1920 x 1080 pixels)
Sistema operacional Android 7 Nougat, com atualização par o Android 8 Oreo Android 8 Oreo (Android One)
Processador Snapdragon 430 Snapdragon 630
Memória RAM 3 GB ou 4 GB 3 GB ou 4 GB
Armazenamento 32 GB ou 64 GB 32 GB ou 64 GB
MicroSD Sim, até 128 GB Sim, até 128 GB
Câmera traseira 16 megapixels 16 megapixels
Câmera frontal 8 megapixels 8 megapixels
Bateria 3.000 mAh 3.000 mAh
Dimensões e peso 154 x 75,8 x 7,9 mm; 169 g 148,8 x 75,8 x 8,2 mm; 172 g
Cores Preto, azul, prata, cobre Preto, cobre e branco, cinza e azul, dourado

Nokia 8: vale a pena importar o celular? Opine no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo