Por Sabrina Pascoal, para o TechTudo

Overwatch: como a chegada de Brigitte muda o metagame? Overwatch: como a chegada de Brigitte muda o metagame?

A nova personagem de Overwatch, Brigitte Lindholm, chegou com a promessa de atordoar as estruturas do metagame. Oficialmente revelada pela Blizzard Entertainment em 28 de fevereiro, a heroína classificada como suporte conta com um kit de habilidades incrível para ajudar a sua equipe e promete frear o dive meta e possibilitar novas composições.

Nova heroína Brigitte Lindholm — Foto: Divulgação/Blizzard Nova heroína Brigitte Lindholm — Foto: Divulgação/Blizzard

Nova heroína Brigitte Lindholm — Foto: Divulgação/Blizzard

A união faz a força

Devido às novas possibilidades que se abrem com a chegada da personagem, aposta-se que Brigitte terá uma ótima sinergia com tanques, como Zarya e Reinhardt, e suportes, como Lúcio. Assim como os jogadores profissionais Fissure, BigGoose e Surefour da L.A Gladiators, há quem aposte na volta do meta de três tanques, com D.va sendo apontada como uma possível candidata ao terceiro lugar. No entanto, fala-se também de Brigitte assumir a posição, atuando como um off-tanque e abrindo espaço para o uso de outros dois suportes.

Com essas novas composições, há possibilidade de outros DPS se tornarem mais presentes no jogo. Para trabalhar ao lado Brigitte em configurações como as citadas acima, podemos pensar em personagens como Junkrat, McCree e Soldier 76. Já para anulá-la, é possível que personagens como Sombra, Pharah, Junkrat e Reaper estejam mais presentes. Reaper pode não parecer uma escolha óbvia, mas, além de possuir 250 de vida, ele pode causar bastante dano, devido à hitbox da heroína, e utilizar sua Forma fantasma para escapar quando a situação se complicar.

Todas essas mudanças acontecem porque Brigitte é ótima contra personagens de alta mobilidade muito presentes no meta atual (como Genji, Tracer, Winston, D.va) e, para que a equipe consiga aproveitar ao máximo as habilidades que ela tem a oferecer, a melhor maneira de utilizá-la é montar uma composição mais estática, em que a equipe trabalha sempre junto.

As composições estáticas, apesar de ainda existirem, saíram há algumas temporadas do meta devido à dificuldade de parar a invasão devastadora proporcionada pelo dive. E é aí que Brigitte tem a oportunidade de brilhar.

Você não vai se decepcionar!

Em vista do kit de habilidades que traz para o jogo, Brigitte é considerada um suporte híbrido, uma mescla entre suporte e tanque. Na sua mão direita, carrega um mangual para causar dano e, na esquerda, um escudo para se defender. Com essas armas, ela pode utilizar cinco habilidades:

• O Mangual a jato é a arma de combate corpo a corpo de Brigitte. Ele causa 35 de dano por golpe, numa velocidade de ataque de 0,6 segundos e possui características especiais, como ignorar barreiras.

• A Barreira de escudo é uma barreira pessoal que absorve até 600 de dano e se regenera após 2 segundos sem receber dano numa velocidade de 100 pontos de barreira por segundo. A movimentação da personagem fica mais lenta quando o escudo está ativo.

• O Golpe de escudo é uma investida curta que Brigitte dá nos inimigos quando seu escudo está levantado, deixando-os atordoados. A habilidade tem cooldown de 5 segundos, alcance de 7 metros e causa 50 de dano no inimigo atingido.

• O Disparo açoitador é quando a heroína arremessa o mangual a uma distância máxima de 20 metros, causando 70 de dano no alvo e empurrando o inimigo para longe. A habilidade só pode ser usada novamente após 4 segundos.

• Seu Kit de reparos tem o objetivo de curar um aliado que está em um alcance de até 30 metros. Oferece 150 de vida e qualquer sobrecura é utilizada como armadura. No entanto, a armadura concedida por esta habilidade é limitada a até 75 e tem duração de 5 segundos quando não recebe dano. O cooldown é de 6 segundos.

• Sua habilidade suprema se chama Reagrupar e, quando ativada, alcança um raio de 7 metros. Nela, Brigitte anda mais rápido e concede 30 de armadura por segundo a si mesma e a todos os aliados presentes nessa área ao longo de 10 segundos. O limite máximo de armadura é de 150. A armadura adquirida com a suprema só é destruída ao receber dano.

• Brigitte também conta com uma habilidade passiva chamada Inspirar. Essa habilidade é uma cura em área e é ativada por 5 segundos sempre que a personagem causa dano a um inimigo. Tem um raio de 20 metros e cura 80 de vida ao longo desses 5 segundos, ou seja, 16 de vida por segundo.

Brigitte em batalha — Foto: Divulgação/Blizzard Brigitte em batalha — Foto: Divulgação/Blizzard

Brigitte em batalha — Foto: Divulgação/Blizzard

Como utilizar Brigitte com eficácia

A nova heroína é altamente eficaz contra personagens como Genji e Tracer, cuja função é, entre outras coisas, incomodar a backline. Em situações como essa, Brigitte pode levantar seu escudo para se defender ou se colocar na frente de um aliado para servir como barreira e, em seguida, atacar com o Golpe de escudo. Além de causar dano, isso atordoará o inimigo, deixando-o vulnerável para ataques com Mangual a jato ou Disparo açoitador. É o que acontece com o caso de Tracer, por exemplo, em que, para causar danos, a personagem precisa chegar muito perto do inimigo.

Ainda em relação ao meta atual, Brigitte pode usar o Disparo açoitador contra o inimigo Winston que está pulando para iniciar confronto. Além de empurrá-lo para trás, isso interrompe imediatamente o pulo e é uma maneira bastante eficiente de parar ataques da composição dive.

A nova suporte também consegue interromper a trajetória do mecha explosivo de D.va utilizando o seu escudo e é capaz de proteger aliados contra a explosão ao se posicionar na frente deles.

Com um pouco de coordenação, Brigitte pode ser uma grande aliada de seu padrinho no momento da suprema: antes de Reinhardt utilizar essa habilidade contra outro Reinhardt, Brigitte faz uma investida contra o tanque da outra equipe e, desse modo, ele não poderá usar seu escudo para segurar o Abalo terrestre.

Como se não bastasse, a personagem também é capaz de interromper a suprema de alguns de seus adversários utilizando a habilidade Golpe de escudo para atordoar os inimigos. Alguns personagens que podem ser interrompidos são: Genji, McCree, Reaper, Roadhog, Soldado 76, Pharah e Reinhardt.

É importante mencionar que Brigitte também funciona muito bem contra outros tipos de composição. Zarya pode utilizar a sua Barreira projetada para permitir que a nova heroína seja mais agressiva contra tanques da equipe inimiga. Além de causar dano e poder atordoar inimigos, deixando-os brevemente imóveis, essa é uma ótima maneira de garantir que a passiva de cura esteja sempre ativa. Portanto, engana-se quem acredita que Brigitte dificulta apenas a vida de tanques de alta mobilidade.

Venham comigo!

Combinada com aumento de velocidade de Lúcio, a suprema de Brigitte é uma ótima maneira de iniciar um combate definitivo ou a captura de um objetivo. Já para a defesa, Reagrupar aumenta a velocidade da personagem, permitindo que ela se mova rapidamente e se posicione com o escudo na frente de algum companheiro, e proporciona proteção aos aliados devido à armadura concedida.

Essas armaduras são importantíssimas contra tanques como D.va e Winston, por exemplo, pois reduzem o dano causado por esses personagens pela metade. Por esse mesmo motivo, vale ressaltar que armaduras também são excelentes contra burst damage.

A formação de uma heroína

Filha do habilidoso designer de armas, Torbjörn Lindholm, e afilhada de Reinhardt Wilhelm, Brigitte é uma jovem engenheira mecânica que cresceu na oficina do pai e ouvindo as fantásticas histórias de seu padrinho sobre um passado de guerras, honra e glória. Mas é apenas muito tempo depois da queda da Overwatch, quando Reinhardt decide partir rumo a uma jornada de justiça, que Brigitte tem a oportunidade de participar ativamente desse mundo.

Brigitte cuida de Reinhardt — Foto: Divulgação/Blizzard Brigitte cuida de Reinhardt — Foto: Divulgação/Blizzard

Brigitte cuida de Reinhardt — Foto: Divulgação/Blizzard

Como sua escudeira, era responsável pela manutenção da armadura do tanque, mas, com o tempo, viu a necessidade de cuidar de Reinhardt e proteger a ele e a seus aliados. Enquanto aprendia habilidades de combate com seu padrinho, criava sua armadura secretamente e, assim, tornou-se uma guerreira que atua na linha de frente.

Brigitte já está entre nós para provar o seu valor

A heroína foi oficialmente lançada aos servidores em 20 de março para jogos casuais e será disponibilizada para o modo de jogo competitivo apenas na 10ª temporada. Entretanto, há possibilidades de que essa decisão seja reconsiderada devido ao feedback da comunidade. Caso a decisão permaneça, especula-se que Brigitte não será vista nos cenários profissionais da OWL até a Fase 4, programada para iniciar em 16 de maio.

Embora a proposta de Brigitte seja excelente, apenas o futuro dirá se as estruturas do meta serão realmente abaladas e como essa mudança virá. Com tempo de sobra para dominar a nova personagem, estamos ansiosos ver quais estratégias serão criadas pela comunidade.

MAIS DO TechTudo