Samsung anuncia Exynos 9610, processador para celulares avançados

SoC pode trazer inteligência artificial para câmera e slow motion em 480 fps aos smartphones da linha Galaxy A.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Gabriel Ribeiro, para o TechTudo

A Samsung anunciou, nesta quinta-feira (22), o lançamento de um novo processador da Série 7, voltado para celulares avançados. O Exynos 9610 traz recursos aprimorados para fotografia, como o auxílio da inteligência artificial para detecção mais eficiente de rostos. Outro atributo interessante é a gravação de vídeo em câmera lenta em 480 quadros por segundo em resolução Full HD (1080p).

O chip vai começar a ser produzido em massa a partir do segundo semestre. A fabricante sul-coreana ainda não confirmou quais celulares podem contar com o novo processador. A expectativa é que ele integre alguns smartphones da linha Galaxy A lançados no início de 2019.

Exynos 9610 é construído em 10 nm (Foto: Divulgação/Samsung) Exynos 9610 é construído em 10 nm (Foto: Divulgação/Samsung)

Exynos 9610 é construído em 10 nm (Foto: Divulgação/Samsung)

Enquanto os processadores da Série 9, como o Exynos 9810 do Galaxy S9, são destinados a smartphones superpremium, os chips da Série 7 estão um degrau abaixo, sendo voltados para os modelos intermediários mais avançados. Os celulares da linha Galaxy A são os maiores exemplos desta categoria. Trazem uma construção em material diferenciado e recursos extras, com o preço de lançamento por volta de R$ 2 mil.

O Exynos 9610 chega para dar um salto, tanto em velocidade, quanto na adição de novos recursos em relação ao seu antecessor, o Exynos 7885 presente no Galaxy A8 e A8 Plus. O chip usa o processo de construção FinFet de 10 nm da Samsung e conta com oito núcleos: quatro Cortex A-73 de até 2,3 GHz e outros quatro Cortex A-53 de 1,6 GHz.

Exynos 9610 deve estar presente nos sucessores do Galaxy A8 e A8 Plus (foto). (Foto: Divulgação/Samsung) Exynos 9610 deve estar presente nos sucessores do Galaxy A8 e A8 Plus (foto). (Foto: Divulgação/Samsung)

Exynos 9610 deve estar presente nos sucessores do Galaxy A8 e A8 Plus (foto). (Foto: Divulgação/Samsung)

Para os gráficos, o SoC traz a Mali-G72, GPU desenvolvida pela ARM e presente em alguns top de linha, como o Huawei Mate 10 Pro, lançado durante a CES 2018. Em relação ao desempenho, o novo chip Série 7 promete não decepcionar nas aplicações mais pesadas, incluindo os games mais recentes da Google Play Store.

Há ainda uma espécie de co-processador de baixo consumo de energia baseado no Cortex-M4F. Ele fica responsável por gerenciar os sensores do aparelho sem "acordar" o processador principal, controlando as funções da tela Always On. Com isso, a expectativa é que haja melhor eficiência na economia da bateria.

Fotografia e conectividade

Os celulares com o Exynos 9610 deverão contar com uma série de recursos avançados voltados para multimídia. O principal deles é a possibilidade de gravar em câmera lenta a 480 quadros por segundo em Full HD – com isso, a transição dos quadros fica muito mais suave em slow motion. O chip também permite gravar em 4K a 120 fps.

Já para a câmera, o destaque fica por conta da inteligência artificial. Com o aprendizado de máquina, o Exynos 9610 permite ao sistema reconhecer pessoas mesmo que o rosto esteja encoberto. Outro atributo é a detecção de profundidade. Desta forma é possível criar o efeito bokeh (desfoque do segundo plano) mesmo que o smartphone não seja dual camera. O processador suporta câmeras frontal e traseira de até 24 MP. Para câmera dupla, oferece suporte a dois sensores de até 16 MP.

O chip conta com um modem LTE Cat.12 3CA capaz de chegar a 600 MB/s de velocidade – o mesmo da geração anterior. O Exynos 9610 também traz suporte Bluetooth 5.0, Wi-Fi AC MIMO, Rádio FM e sensores de localização (GPS, GLONASS, BeiDou e Galileo).

Com informações: Samsung, Sam Mobile e GSM Arena

Qual o melhor celular intermediário? Opine no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo