Por Raquel Freire, para o TechTudo


O Xperia XZ2 foi apresentado no MWC 2018 como um celular que leva o entretenimento ao extremo. Para isso, a Sony incluiu uma série de recursos para melhorar a experiência na hora de jogar ou assistir filmes. Entre eles está o novo sistema de vibração dinâmica, que pretende fazer com que o usuário "sinta", na palma da mão, o que está se passando na tela.

A proposta da fabricante japonesa é aumentar a imersão do espectador durante os momentos de diversão. A seguir, o TechTudo explica como funciona o Dynamic Vibration System (DVS) em detalhes e quais foram as mudanças feitas no smartphone para obter esse resultado.

Xperia XZ2; conheça a ficha técnica do celular da Sony

Xperia XZ2; conheça a ficha técnica do celular da Sony

Vibração nos celulares

Os celulares, em geral, vêm com um sistema de vibração, mesmo os que não são smartphones. A ação é desempenhada por um pequeno motor no interior do aparelho, construído de maneira parcialmente desbalanceada. Devido a essa distribuição "irregular" do peso, o telefone mexe quando o motor gira.

A primeira mudança empregada pela Sony foi aumentar o tamanho do motor, fazendo com que o celular consiga tremer muito mais. Essa é uma das razões pelas quais a versão Compact do Xperia XZ2 não traz o sistema de vibração dinâmica: a peça é grande demais para seu corpo.

Motor de vibração do Xperia XZ2 é maior do que o convencional  — Foto: Divulgação/Sony Motor de vibração do Xperia XZ2 é maior do que o convencional  — Foto: Divulgação/Sony

Motor de vibração do Xperia XZ2 é maior do que o convencional — Foto: Divulgação/Sony

O sistema de vibração dinâmica

A segunda parte do sistema de vibração dinâmica está no algoritmo desenvolvido pela Sony. Ele analisa os dados de áudio que estão sendo reproduzidos no Xperia XZ2 e os traduz em vibrações.

Como o motor é grande o suficiente para produzir uma ampla variação de tremidas, o sistema abrange quase qualquer espectro do som – ou pelo menos, essa é a promessa da Sony. Assim, se o usuário estiver jogando um game "calmo", o aparelho vai vibrar pouco; se estiver ouvindo Heavy Metal, o Xperia XZ2 vai vibrar como nenhum outro celular.

Sistema de vibração dinâmica do Xperia XZ2  — Foto: Reprodução/Sony

Sistema de vibração dinâmica do Xperia XZ2 — Foto: Reprodução/Sony

O TechTudo não pôde testar o recurso durante o lançamento na MWC. Por isso, pelo menos por enquanto, temos apenas os relatos da própria Sony. Segundo a empresa, durante a execução do trailer de Homem-Aranha é possível sentir cada colisão que o trem dá sobre os trilhos em uma das cenas. Já jogando Angry Birds, dá para sentir a tensão da catapulta enquanto se alinha a mira.

Naturalmente, nem todo mundo vai gostar de ter essas sensações enquanto vê séries na Netflix ou assiste a vídeos no YouTube. Para evitar inconvenientes, o recurso pode ser desligado pelo usuário a qualquer momento.

Ficha técnica e outros recursos

Outros recursos que vieram no pacote "máximo entretenimento" do Xperia XZ2 são a câmera lenta em Full HD e gravação de vídeos em 4K com HDR. O Xperia XZ2 também ganhou os alto-falantes mais potentes já empregados pela Sony na linha Xperia.

Sua tela de 5,7 polegadas tem resolução Full HD+ (2160 × 1080 pixels) e, como em outros modelos premium, o formato 18:9. O conjunto de câmeras traz sensor traseiro de 19 megapixels e frontal de 5 megapixels. As demais especificações englobam processador Snapdragon 845, memória RAM de 4 GB, armazenamento de 64 GB e suporte a microSD de até 400 GB.

Sony  Xperia XZ2  tem câmera de 19 MP e grava em 4K com HDR — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Sony  Xperia XZ2  tem câmera de 19 MP e grava em 4K com HDR — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Sony Xperia XZ2 tem câmera de 19 MP e grava em 4K com HDR — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O smartphone sai de fábrica com Android 8 Oreo e é equipado com sensor impressões de digitais. A Sony não deu informações sobre a chegada do Xperia XZ2 ao Brasil.

MAIS DO TechTudo