Por Taysa Coelho, Para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Muito antes do Instagram surgir e virar uma febre, os anos 2000 contavam com outras redes sociais de fotos populares entre os brasileiros, como VibeFlog, Flogão e Fotolog. Essa última, em especial, foi a de maior sucesso, passando da marca de 22 milhões de contas ativas em 2018. Contudo, seu limite de cadastros diários fez com que as pessoas recorressem a plataformas alternativas que ofereciam opções de personalização até então inovadoras.

Entre elas, havia a inclusão de trilha sonora, customização de plano de fundo e até mesmo o uso de imagens animadas no lugar do título. Se você foi adepto de uma dessas redes, relembre como elas funcionavam a seguir.

Redes sociais que (quase) todo mundo já usou

Redes sociais que (quase) todo mundo já usou

Fotolog

O Fotolog.net (que mais tarde virou Fotolog.com) era a mais famosa rede de compartilhamento de fotos do mundo dos anos 2000. No entanto, fazer parte dessa comunidade de fotologuers não era fácil: no início, o serviço disponibilizava somente 500 novos usuários gratuitos por dia em cada país. Esse número, no entanto, passou a ser ilimitado a partir de agosto de 2016.

Quem usava o serviço gratuitamente só conseguia postar uma foto por dia e o número de comentários era limitado a dez (e, posteriormente, aumentou para 20). Já os adeptos do “Gold Camera patrons” podiam publicar até seis imagens todos os dias, que tinham capacidade de receber até 200 comentários cada.

O Fotolog ainda pode ser acessado — Foto: Reprodução/Taysa Coelho O Fotolog ainda pode ser acessado — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

O Fotolog ainda pode ser acessado — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

Segundo a Wikipédia, em setembro de 2008 o Chile tinha o maior número de contas da rede (4.827.387), seguido pela Argentina (4.225.209 contas) e pelo Brasil, com 1.443.474 de usuários. O Fotolog declarou, nesse mesmo ano, ter 22 milhões de usuários cadastrados e 19,1 milhões de visitas únicas por mês. Em fevereiro de 2016, quem acessava o site visualizava uma mensagem informando que o serviço seria descontinuado. No entanto, a página continua no ar e ainda é possível acessar os perfis e conferir as imagens das contas.

Flogão

O Flogão surgiu no Brasil como alternativa para quem nunca conseguia ser um dos 500 usuários gratuitos diários do Fotolog. A rede social tem até o nome do rival em seu slogan (“O Fotolog do seu jeito”). Assim como a plataforma que serviu de inspiração, ele conta (até hoje) com duas versões do serviço: uma gratuita e outra paga.

O Flogão foi um dos sites de fotolog que marcaram a época — Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso O Flogão foi um dos sites de fotolog que marcaram a época — Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso

O Flogão foi um dos sites de fotolog que marcaram a época — Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso

A "versão brasileira do Fotolog" dispunha de mais recursos do que a original. No Flogão, os usuários podem inserir títulos animados, trilha sonora e imagens de fundo. Apesar de manter o mesmo layout dos tempos áureos, o site ainda conta com usuários ativos que, inclusive, publicam mais de uma foto por dia. Dentre eles, há muitos perfis voltados para fotos de caminhões, o que parece ter virado uma tendência que ganhou adeptos por lá.

FlogVip

FlogVip em 2018 — Foto: Reprodução/Taysa Coelho FlogVip em 2018 — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

FlogVip em 2018 — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

O FlogVip é outra alternativa nacional ao Fotolog, e prometia ao usuário ser o lugar “onde a estrela é você”, conforme diz seu slogan. Diferente do rival, não possuía limite de número de fotos por dia, nem de comentários. A maior novidade da plataforma eram as inúmeras possibilidades de personalização, como colocar músicas e animações nas fotos, incluir imagens no título, mudar o papel de parede, alterar o cursor do mouse, entre outras. De acordo com o blog do desenvolvedor, o site tinha 85 mil usuários ativos e 15.000 visitas únicas diárias em 2009. A rede social ainda existe e apresenta o mesmo layout de antigamente (o que pode causar estranheza nos dias de hoje).

Meadd

Meadd também mantém um visual antiguinho — Foto: Reprodução/Taysa Coelho Meadd também mantém um visual antiguinho — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

Meadd também mantém um visual antiguinho — Foto: Reprodução/Taysa Coelho

Com um nome bastante sugestivo, o Meadd foi outra rede que surgiu após a popularização do Fotolog. Seu recursos de personalização são bastante parecidos com os do Flogão e do FlogVip: permite usar imagens com animação no título, alterar plano de fundo, incluir trilha sonora, entre outros.

Criado em 2007, o serviço continua no ar e, atualmente, são populares as contas que homenageiam artistas e séries de sucesso. Assim como os concorrentes, ele também oferece aos usuários opções de assinaturas gratuitas e pagas.

Quais foram as maiores febres da Internet nos anos 2000? Deixe sua opinião no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo