Astralis conquista DreamHack Masters Marseille 2018 de CS:GO

Equipe de Nicolai "device" Reedtz bateu a Na'Vi na final e deram fim a jejum de 13 meses sem títulos

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Julio César Puiati, para o TechTudo

A Astralis é a grande campeã da DreamHack Masters Marseille de Counter Strike: Global Offensive. Os dinamarqueses bateram a Natus Vincere na grande final por dois a zero e acabaram com o jejum de 13 meses sem títulos. A organização europeia levou para casa US$ 100 mil em premiações (cerca de R$ 340 mil em conversão direta).

Os campeões foram impecáveis na série valendo o título. A equipe, treinada por Danny "zonic" Sorensen, derrotou os adversários nos mapas Nuke e Inferno pelos placares de 16-4 e 16-11, respectivamente. Lukas "gla1ve" Rossander foi um dos grandes destaques do confronto com 40 abates e 29 mortes.

Astralis comemora título da DreamHack Masters Marseille (Foto: Divulgação/DreamHack) Astralis comemora título da DreamHack Masters Marseille (Foto: Divulgação/DreamHack)

Astralis comemora título da DreamHack Masters Marseille (Foto: Divulgação/DreamHack)

A taça coroa a grande campanha da Astralis no Masters, que aconteceu entre os dias 18 e 22 de abril em Marselha, na França. O time se classificou em primeiro lugar no grupo D, varreu a FaZe Clan nas quartas de final e não encontrou dificuldades para triunfar sobre a Fnatic nas semis. Os dinamarqueses finalizaram o campeonato com 100% de aproveitamento.

A Na'Vi trilhou caminho parecido. Os comandados pelo técnico Mykhail "kane" Blagin finalizaram a primeira fase na liderança do grupo C, derrotaram mousesports e Gambit Esports nos playoffs e só perderam na grande final da competição. Vale lembrar que a organização do leste europeu ainda não conquistou títulos em 2018.

Elencos

Astralis Na'Vi
Nicolai "dev1ce" Reedtz Ioann "Edward" Sukhariev
Peter "dupreeh" Rothmann Egor "flamie" Vasilyev
Andreas "Xyp9x" Højsleth Oleksandr "s1mple" Kostyliev
Lukas "gla1ve" Rossander Danylo "Zeus" Teslenko
Emil "Magisk" Reif Denis "electronic" Sharipov

Cloud9 e Ninjas in Pyjamas foram líderes de seus grupos e também avançaram para as partidas de mata-mata. Já a brasileira SK Gaming ficou pelo caminho. Gabriel “FalleN” Toledo, Marcelo "coldzera" David, Jacky "Stewie2K" Yip, Ricardo "boltz" Prass e Fernando "fer" Alvarenga perderam dois jogos e não conseguiram se classificar no grupo B.

As melhores equipes do cenário competitivo de CS:GO voltam a se enfrentar nas divisões norte-americana e europeias da ESL Pro League e da ECS Season 5.

MAIS DO TechTudo