Por Ana Marques, da redação

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Parece difícil imaginar o mundo atual sem smartphones e toda a facilidade da comunicação móvel, mas essa tecnologia é bem recente para a sociedade. A primeira ligação feita a partir de um celular foi feita em 3 de abril de 1973 – portanto, completa 45 anos nesta terça-feira.

Bem antes dos dispositivos inteligentes e da busca por telefones menores e mais finos, o aparelho utilizado para este feito foi um protótipo robusto da Motorola, maior até do que os telefones residenciais aos quais estamos acostumados. A seguir, conheça um pouco da história da primeira chamada feita com um celular.

Martin Cooper e o DynaTAC 8000x, aparelho utilizado na primeira ligação via celular — Foto: Reprodução/The Atlantic Martin Cooper e o DynaTAC 8000x, aparelho utilizado na primeira ligação via celular — Foto: Reprodução/The Atlantic

Martin Cooper e o DynaTAC 8000x, aparelho utilizado na primeira ligação via celular — Foto: Reprodução/The Atlantic

Onde e para quem foi feita a primeira ligação via celular?

No dia 3 de abril de 1973, o engenheiro Martin Cooper fez a primeira ligação via celular. A chamada foi efetuada em Nova York, mais especificamente na Sexta Avenida, entre as ruas 53 e 54. Só foi possível completar a chamada porque uma base de rádio foi instalada nas proximidades.

A ação foi uma provocação a um colega que trabalhava na gigante das telecomunicações AT&T, concorrente da Motorola na época. “Estou ligando para você para saber se minha voz está clara aí do outro lado da linha” – esta foi a primeira frase dita por Cooper na ocasião.

Logo depois, o engenheiro fez mais uma ligação, dessa vez para contar a novidade a um repórter do jornal New York Times.

Motorola DynaTAC 8000x: o aparelho usado na primeira ligação via celular

O dispositivo usado por Martin Cooper na primeira chamada via celular do mundo foi um protótipo do DynaTAC 8000x. O celular, que só foi lançado comercialmente dez anos depois, tinha 33 cm de altura, 4,4 cm de largura e 8,9 de espessura. O peso era 793 gramas – atualmente, o peso dos celulares não chega aos 200 g. Além de fazer ligações, o telefone tinha capacidade para armazenar 30 nomes na agenda.

Evolução dos celulares: de 1983 a 2012 — Foto: Reprodução/GSMArena Evolução dos celulares: de 1983 a 2012 — Foto: Reprodução/GSMArena

Evolução dos celulares: de 1983 a 2012 — Foto: Reprodução/GSMArena

E se você reclama do seu smartphone, que descarrega rápido durante um dia de trabalho, tente imaginar esse cenário: o aparelho tinha capacidade para apenas 30 minutos de bateria, e demorava dez horas para ser carregado completamente.

Esses números podem parecer absurdos hoje em dia, mas nos anos 80, empresas não hesitaram em pagar US$ 3.995 (cerca de R$ 13 mil) para usá-lo.

Com informações: Motorola e The Atlantic

MAIS DO TechTudo