Jogos de RPG

Por Marlon Câmara, de São Francisco, Califórnia*

Elder Scrolls Online: Summerset vale a pena? Testamos a nova expansão Elder Scrolls Online: Summerset vale a pena? Testamos a nova expansão

The Elder Scrolls Online ganha um novo capítulo em 2018. Chamado de Summerset, o episódio para PS4, Xbox One e PC chega para adicionar um mapa, magias e aventuras ao universo do jogo. A convite da Bethesda, o TechTudo teve acesso ao conteúdo antes do lançamento. Embora ainda esteja distante da versão final, já que traz bugs, ausência de algumas vozes e erros no cenário, Summerset já consegue mostrar a que veio: tentar atrair jogadores veteranos e iniciantes. A expansão será vendida pelo preço de US$ 39,99 (R$ 134, em conversão direta). O game completo, com a atualização inclusa, sai por US$ 59,99 (R$ 201).

O DLC, que está previsto para o dia 5 de junho, tem uma grande preocupação com os novos jogadores. De cara, ele vem com um tutorial que, apesar de curto, é completo a ponto de te deixar confiante para explorar a enorme ilha. Mas, ao entrar de vez no conteúdo, é a aparência que surpreende: tudo muito bonito, com castelos enormes e cenários naturais que merecem um tempo de apreciação.

Confira os destaques da expansão em gameplay exclusivo:

Elder Scrolls Online: veja destaques do game

Elder Scrolls Online: veja destaques do game

Começando para valer, as primeiras missões são aquelas básicas: alguém pede para você falar com outro personagem ou para entregar alguma coisa específica. Porém, quando você começa a explorar o ambiente para achar o que busca, é que a coisa vai ficando divertida. As criaturas pelo caminho são bem impressionantes, incluindo lobos, grifos e até um unicórnio branco enorme. Tudo muito bem espalhado pelo ambiente, então não dá para ficar parado em lugar nenhum com tranquilidade.

Um dos pontos mais interessantes é o zoológico, ao sul da região principal. Ali, é possível ver um número enorme de seres mágicos, presos para estudo. Mas vários pontos do território chamam a atenção. Em um pequeno passeio por Summerset, já é possível esbarrar com portas, cavernas e locais escondidos que dão gosto de serem explorados. É possível encontrar criaturas muito poderosas, que vão demandar que você chame um amigo para desafiá-las ao seu lado. Durante o teste, essa luta contra um monstro mais difícil, ao lado de mais pessoas, se mostrou o mais divertido.

The Elder Scrolls Online: Summerset começa com missões básicas — Foto: Divulgação/Bethesda The Elder Scrolls Online: Summerset começa com missões básicas — Foto: Divulgação/Bethesda

The Elder Scrolls Online: Summerset começa com missões básicas — Foto: Divulgação/Bethesda

Nas poucas horas de teste, porém, deu para sentir falta de missões mais legais. Até por ser o começo, nenhuma delas cativa muito. É aquele mais do mesmo de conversar e pegar itens soltos para ir ganhando objetos sem muita importância em troca (e experiência, claro). Mais para frente, provavelmente, isso deve ir ganhando níveis de dificuldade maiores e as recompensas também deve valer mais a pena. Mas nesse primeiro momento, fez falta.

Nesta versão beta, algumas coisas já mostraram precisar de melhoras. Por exemplo: se você bate em um dos guardas, eles te perseguem sem parar e te matam seguidamente, sem nunca esquecer o que aconteceu. Quando finalmente você consegue barganhar a liberdade, percebe que não tem dinheiro e volta tudo de novo.

The Elder Scrolls Online: Summerset demanda trabalho em grupo para enfrentar algumas criaturas — Foto: Divulgação/Bethesda The Elder Scrolls Online: Summerset demanda trabalho em grupo para enfrentar algumas criaturas — Foto: Divulgação/Bethesda

The Elder Scrolls Online: Summerset demanda trabalho em grupo para enfrentar algumas criaturas — Foto: Divulgação/Bethesda

Além do mapa gigante e das várias criaturas, outros destaques da expansão são as novas habilidades e personagens com os quais você se envolve. Summerset é povoada pelos High Elves, e aqui você tem a possibilidade de finalmente interagir com os misteriosos membros da Psijic Order. São eles, por exemplo, que ensinam a habilidade inédita de voltar alguns segundos. Embora não tenha dado para achar muitos deles e nem aprender as magias, esse tem tudo para ser um dos grandes diferenciais do episódio.

Summerset é um conteúdo que acrescenta bastante em Elder Scrolls Online. Com essa aposta, a Bethesda mostra que tem interesse não só em agradar os fãs, como trazer as pessoas que ainda não jogaram: os cenários, os locais e as criaturas são muito atraentes para se encontrar em um RPG online. Apesar de algumas falhas nesse primeiro momento, tem tudo para ser uma das melhores expansões de ESO - ou pelo menos bem superior a Morrowind, que foi o capítulo lançado em 2017.

* O jornalista viajou a São Francisco a convite da Bethesda.

Mais do TechTudo