Por Taysa Coelho, Para o TechTudo


Em 2017, a App Store, loja de aplicativos da Apple para iOS, teve a primeira perda no número de apps disponíveis. De acordo com a companhia de análise de dados Appfigures, a loja começou o ano com 2,2 milhões de apps e terminou com 2,1 milhões. A redução de cerca de 5% teria ocorrido devido à remoção de programas antigos e não compatíveis com os modelos mais recentes de iPhone (não desenvolvidos na arquitetura de 64-bits), bem como aqueles que não seguiam as atualizações de diretrizes da empresa.

App Store decresceu 29% em relação a 2016 — Foto: Reprodução/Apple App Store decresceu 29% em relação a 2016 — Foto: Reprodução/Apple

App Store decresceu 29% em relação a 2016 — Foto: Reprodução/Apple

Um dos motivos para a queda pode estar relacionado à remoção de aplicativos de varredura de vírus, clones de outros apps e de baixa qualidade, que atravancavam a sua loja. Os esforços em manter programas de qualidade, no entanto, não foram a única razão para a redução. A quantidade de novos apps adicionados à plataforma foi 29% menor em relação a 2016, sendo a primeira queda desde 2008, ano de lançamento da App Store.

Evolução das lojas de aplicativos ao longo dos últimos anos — Foto: Divulgação/ Appfigures Evolução das lojas de aplicativos ao longo dos últimos anos — Foto: Divulgação/ Appfigures

Evolução das lojas de aplicativos ao longo dos últimos anos — Foto: Divulgação/ Appfigures

No mesmo período, a Google Play, loja de aplicativos para smartphones Android, cresceu 17%, garantindo 1,5 milhão de novos programas. O que, no entanto, não significa que os desenvolvedores estejam criando menos aplicativos para iOS. Há a possibilidade de que a Apple esteja sendo mais criteriosa ao aceitar novos apps.

Novos apps ao longo dos anos  — Foto: Divulgação/ Appfigures Novos apps ao longo dos anos  — Foto: Divulgação/ Appfigures

Novos apps ao longo dos anos — Foto: Divulgação/ Appfigures

O relatório mostra, ainda, dados sobre a portabilidade entre plataformas e o número de apps para iOS, que ganharam versão para Android. O resultado foi mais que o dobro se comparado com aplicativos que fizeram o "caminho contrário": 7,5 mil contra quase 17,5 mil. O estudo revela, também, a dificuldade para as empresas menores de desenvolvimento em criar softwares multiplataforma, uma vez que apenas 8,5% deles (ou 450 mil) são voltados para os usuários dos sistemas do Google e da Apple.

Gráfico mostra apps que tiveram origem em uma plataforma e ganharam versão em outra — Foto: Divulgação/ Appfigures Gráfico mostra apps que tiveram origem em uma plataforma e ganharam versão em outra — Foto: Divulgação/ Appfigures

Gráfico mostra apps que tiveram origem em uma plataforma e ganharam versão em outra — Foto: Divulgação/ Appfigures

Qual o melhor app que você tem no seu celular? Comente no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo