Por Gabriel Ribeiro, para o TechTudo


O iPhone X tem 85% de aprovação entre seus usuários, segundo uma pesquisa da Creative Strategies. Os recursos mais bem avaliados são o design do smartphone, a velocidade e a qualidade das fotos, com níveis de aprovação acima de 90%. A Siri, assistente virtual do iOS, teve a menor nota, de apenas 20%.

Ainda assim, o smartphone não é o mais comercializado pela Apple nos Estados Unidos. O iPhone 8 e o iPhone 8 Plus lideram as vendas no país no primeiro trimestre de 2018, com 44%. O iPhone X alcança apenas 16%, de acordo com a Consumer Intelligence Research Partners (CIRP).

Face ID desbloqueia iPhone X com detecção 3D do rosto do usuário — Foto: Thássius Veloso/TechTudo Face ID desbloqueia iPhone X com detecção 3D do rosto do usuário — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Face ID desbloqueia iPhone X com detecção 3D do rosto do usuário — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A pesquisa da Creative Strategies avaliou os principais aspectos do iPhone X, como design, desempenho, câmera e bateria, que teve alto índice de satisfação entre os usuários. Os recursos exclusivos, como suporte a gestos para substituir o botão de início e o Face ID, tecnologia de desbloqueio facial, também alcançaram boas notas de aprovação, acima de 90%.

O design foi apontado como um dos principais pontos positivos. Embora bastante criticado durante o anúncio oficial, a presença do "entalhe" na tela, moldura que envolve a câmera frontal e os sensores, não se tornou um problema entre os usuários. Em 2018, outras fabricantes repetiram o recorte no display, como o Asus Zenfone 5 e o Huawei P20.

O Modo Retrato, que aplica efeitos de profundidade e iluminação, também teve boa recepção entre os usuários. No entanto, para selfies, a satisfação do recurso fica abaixo dos 70%. A ferramenta, também presente no iPhone 8 e iPhone 8 Plus, foi um dos recursos mais anunciados pela Apple para promover o smartphone.

A Siri foi o recurso que mais decepcionou os usuários, de acordo com a pesquisa, com apenas 20% de aprovação. A Apple foi uma das primeiras empresas a levar uma assistente virtual para um smartphone, em 2011. No entanto, outros concorrentes evoluíram mais rápido com o passar do tempo, como a Alexa, da Amazon, e a Google Assistente.

iPhone X: testamos o celular e respondemos as suas perguntas

iPhone X: testamos o celular e respondemos as suas perguntas

iPhone 8 lidera vendas nos Estados Unidos

Por outro lado, as mudanças e funções extras não foram capazes de desbancar o número de vendas no início de 2018. Líderes, o iPhone 8 concentrou 23% dos smartphones da Apple mais comercializados nos Estados Unidos, ao lado do iPhone 8 Plus com 21%. O iPhone X ficou em terceiro lugar, com apenas 16%.

Um dos principais motivos para o iPhone X não ser o mais vendido está no preço. Segundo o relatório da CIRP, os consumidores preferem comprar celulares mais antigos por um preço menor, mesmo que eles não tragam todas as inovações. O iPhone SE, por exemplo, alcançou 8% das vendas.

Uma das principais críticas durante o lançamento, o iPhone X é caro até mesmo para os padrões americanos, com preços a partir de US$ 999, contra US$ 699 do iPhone 8 e US$ 749 do iPhone 8 Plus. No Brasil, o iPhone X custa a partir de R$ 6.999.

MAIS DO TechTudo