Por Julio César Puiati, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp
KingZone DragonX conquista LCK de League of Legends KingZone DragonX conquista LCK de League of Legends

A KingZone DragonX é a grande campeã do torneio sul-coreano de League of Legends. A organização conquistou o primeiro split da League of Legends Championship Korea (LCK) após vencer a Afreeca Freecs na final pelo placar de três a um. Os vencedores faturaram cerca de R$ 317 mil e carimbaram vaga para a disputa do Mid-Season Invitational em maio, na Europa.

A antiga Longzhu Gaming liderou a competição de forma incontestável. Os comandados do técnico Kang "Hirai" Dong-hoon terminaram a temporada regular em primeiro lugar com 16 vitórias e apenas duas derrotas. Assim como no CBLoL, o formato de escalada poupou a KingZone da fase de mata-mata, já que o tim foi dono da melhor campanha.

Com apenas uma modificação em relação à antiga line up da Longzhu, a KingZone disputou a maior parte do torneio com os seguintes jogadores: o topo Kim "Khan" Dong-ha, o caçador Han "Peanut" Wang-ho, o meio Gwak "Bdd" Bo-seong, o atirador Kim "PraY" Jong-in e o suporte Kang "GorillA" Beom-hyeon. Bdd foi eleito o melhor jogador da fase de pontos.

Afreeca abre o placar, mas sofre virada

Os vice-campeões abriraram a série com uma vitória convincente. O time composto pelo topo Kim "Kiin" Gi-in, pelo caçador Lee "Spirit" Da-yoon, pelo meio Lee "Kuro" Seo-haeng, pelo atirador Ha "Kramer" Jong-hun e pelo habilidoso suporte Park "TusiN" Jong-ik conquistou o primeiro abate após vacilo de Peanut na selva e soube ampliar a vantagem em ouro a partir daí.

A Afreeca Freecs manteve-se à frente no placar de abates desde o início, mas só conseguiu deslanchar aos 25 minutos. Após ótima chamada de Barão, a equipe treinada por Choi "iloveoov" Yeon-sung acumulou recursos o suficiente para conquistar objetivos e, pouco a pouco, invadir a base adversária. Spirit foi um dos grandes destaques do jogo com três abates e apenas uma morte.

Pray foi o melhor jogador dos playoffs e da grande final — Foto: Reprodução/Fomos/Kenzi Pray foi o melhor jogador dos playoffs e da grande final — Foto: Reprodução/Fomos/Kenzi

Pray foi o melhor jogador dos playoffs e da grande final — Foto: Reprodução/Fomos/Kenzi

Acostumada a chegar longe em campeonatos nacionais, a KingZone não se intimidou com o revés e logo empatou a série na segunda partida. O confronto foi mais uma vez equilibrado no início, mas Peanut e companhia não vacilaram dessa vez. A composição bem sucedida fortaleceu a campeã Kai'Sa do atirador PraY, que foi o grande nome da batalha final já na base inimiga.

PraY repetiu a dose no terceiro jogo. O carregador da KingZone apostou novamente em Kai'Sa para dominar a rota inferior e ser útil durante as lutas em grupo. Novamente decisivo, o atirador fez a diferença na grande virada: conquistou um triple kill aos 35 minutos, acentuou a diferença de ouro global e saiu de Summoner's Rift com dez abates e apenas duas mortes.

A KingZone fez o dever de casa na quarta e derradeira partida. O ótimo trabalho do comandante Hirai durante o draft foi crucial para que os jogadores vencessem suas respectivas rotas no início do duelo. Com a pressão do early game muito bem executada pelos adversários, a Afreeca Freecs não conseguiu correr atrás do prejuízo em nenhum momento e derrubaram apenas uma torre.

O caçador Peanut conquistou o seu terceiro título de LCK — Foto: Reprodução/Fomos/Kenzi O caçador Peanut conquistou o seu terceiro título de LCK — Foto: Reprodução/Fomos/Kenzi

O caçador Peanut conquistou o seu terceiro título de LCK — Foto: Reprodução/Fomos/Kenzi

Os campeões da LCK conseguiram todos os dragões do confronto e um Barão decisivo aos 31 minutos, mesmo atrás no placar de abates. A Afreeca até tentou incomodar com uma composição de split push liderada pela Camille de Kiin, mas a ausência do topo na luta final foi determinante para o sucesso e posterior título da KingZone. PraY foi eleito o melhor jogador dos playoffs.

Mais um título coreano no MSI?

A KingZone é a representante da Coreia do Sul no Mid-Season Invitational 2018. A organização se junta as já classificadas Ascension Gaming (Ásia), Dire Wolves (Oceania), EVOS Esports (Vietnã), Fnatic (Europa), Gambit Esports (Comunidade dos Estados Independentes), KaBuM e-Sports (Brasil), Kaos Latin Gamers (América Latina Sul), Pentagram (Japão) e Team Liquid (América do Norte).

O MSI é uma espécie de mundialito que reúne os melhores de cada região. O torneio ocorre todos os anos na metade da temporada, mas não tem o mesmo peso do Mundial. As partidas desta temporada serão disputadas entre os dias três e 20 de maio em Berlim (Alemanha) e Paris (França). A SK Telecom T1, que vem em surpreendente queda, é a maior vencedora da competição com dois títulos.

Confira a entrevista do TechTudo com os agora jogadores do CBLoL, Evrot e SirT, do Flamengo:

Entrevista: Danniel

Entrevista: Danniel "Evrot" Franco e Thúlio "SirT" Carlos, craques do Flamengo

MAIS DO TechTudo