Por Julio César Puiati, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp
League of Legends: LCS Europa anuncia sistema de franquias League of Legends: LCS Europa anuncia sistema de franquias

A League of Legends Championship Series da Europa (LCS EU) anunciou que adotará um sistema de franquias a partir de 2019. A estrutura é semelhante ao modelo já utilizado pela liga norte-americana, em vigor desde o início deste ano. Com esta mudança, os times passam a funcionar como empresas, como funciona, por exemplo, em ligas como a NFL e a NBA. As aplicações já estão abertas para aqueles que estejam interessados em disputar a próxima edição do campeonato europeu.

A Riot Games não divulgou o valor oficial das vagas para cada franquia entrar na competição, mas, de acordo com a revista Forbes, a quantia é de € 10.5 milhões para novas equipes, isto é, aproximadamente R$ 42 milhões. O preço é mais barato para as organizações que já estão atualmente na competição e quiserem permanecer em atividade: € 8 milhões, ou seja, aproximadamente R$ 32 milhões.

Com o novo formato, o rebaixamento e o acesso deixam de existir. Os times sustentarão parcerias que devem durar, no mínimo, três anos. Caso as organizações consigam se manter nos padrões de qualidade impostos pela LCS, os acordos poderão ser renovados. Além disso, o salário mínimo anual dos jogadores aumentou para € 60 mil, cerca de R$ 244 mil.

Outra novidade é a forma como os lucros gerados pelo campeonato serão repartidos. A partir do ano que vem, a renda total será dividida em três partes: 35% para os atletas, 32.5% para a Riot Games e 32.5% para as franquias. A direção da liga também anunciou que investirá mais recursos para o desenvolvimento de novos talentos.

A Clutch foi uma das novidades do sistema de franquias na LCS NA — Foto: Divulgação/Clutch Gaming A Clutch foi uma das novidades do sistema de franquias na LCS NA — Foto: Divulgação/Clutch Gaming

A Clutch foi uma das novidades do sistema de franquias na LCS NA — Foto: Divulgação/Clutch Gaming

As aplicações podem ser feitas até o dia primeiro de julho. As equipes inscritas participarão de entrevistas, questionários e análises. Os times que se encaixarem nos requisitos propostos pelo regulamento serão anunciados em novembro. A expectativa é que dez agremiações sejam escolhidas para disputar a LCS Europa 2019.

Na liga norte-americana, seis equipes já existentes conseguiram carimbar a permanência no modelo de franquias: Cloud9, Counter Logic Gaming, Echo Fox, FlyQuest, Team Liquid e Team SoloMid. Elas se juntaram às novatas Clutch Gaming, Golden Guardians, OpTic Gaming e 100 Thieves. Já há algum tempo no cenário, a Immortals não foi aceita para a edição 2018.

Se no Brasil os clubes de futebol estão começando a explorar o mundo dos esportes eletrônicos, nos Estados Unidos foi a vez dos times de basquete da NBA. As franquias da LCS NA marcaram as entradas de Houston Rockets, Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers em Summoner's Rift.

MAIS DO TechTudo