Por Raquel Freire, para o TechTudo


O Wireless Display Adapter é o dispositivo da Microsoft para concorrer com o Chromecast do Google. Ele traz a promessa de transformar TVs comuns em smart, embora o gadget não conecte o televisor à Internet. O streaming de mídia acontece por Wi-Fi Direct, permitindo assistir na telona tudo o que está no celular, tablet ou computador.

Trabalhando com a tecnologia Miracast, o dongle HDMI da Microsoft traz vantagens e desvantagens em relação aos rivais. O TechTudo explica abaixo três aspectos positivos e três negativos do Wireless Display Adapter, que devem ser considerados antes de comprar o aparelho.

Chromecast: dicas para quem quer comprar o aparelho

Chromecast: dicas para quem quer comprar o aparelho

PONTOS POSITIVOS

1. Sem restrição de apps

Como o Wireless Display Adapter opera com a tecnologia Miracast, qualquer app instalado no dispositivo de origem será reproduzido na TV conectada ao dongle da Microsoft. Não é necessário instalar nenhum aplicativo. É uma vantagem em relação do rival Chromecast, que só executa os apps disponíveis no Google Home.

Conheça prós e contras do Wireless Display Adapter, dongle HDMI da Microsoft — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo Conheça prós e contras do Wireless Display Adapter, dongle HDMI da Microsoft — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

Conheça prós e contras do Wireless Display Adapter, dongle HDMI da Microsoft — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

2. Design

O Wireless Display Adapter possui conectores USB e HDMI, um em cada ponta do cabo, sendo que os dois são plugados diretamente na TV. O design é muito mais simples do que o de outros dongles, cuja alimentação de energia é feita por um cabo USB externo, vindo da tomada.

Essa característica poderia ser um problema em televisores com entradas HDMI e USB muito distantes uma da outra. Mas a Microsoft inclui na caixa um extensor para evitar que isso ocorra, resultando em menos fios e mais organização atrás da telona.

Dongle da Microsoft usa TV como fonte de energia  — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo Dongle da Microsoft usa TV como fonte de energia  — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

Dongle da Microsoft usa TV como fonte de energia — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

3. Preço

O aparelho foi lançado no Brasil por R$ 349, o que era um pouco caro em relação ao concorrente Chromecast. Atualmente, porém, o preço é menor e já é possível comprá-lo por R$ 200. O produto também é fácil de encontrar no varejo nacional, embora a maioria das lojas pratique valores acima desse mínimo.

PONTOS NEGATIVOS

1. Somente espelhamento

O Wireless Display Adapter não transforma a TV realmente em smart, pois ela não fica conectada à Internet. Em vez disso, ele apenas espelha o que está passando na tela do celular ou computador na televisão por meio de uma conexão por Wi-Fi Direct Miracast. Isso significa que o usuário não poderá mexer no smartphone enquanto estiver reproduzindo conteúdo na TV.

Microsoft Wireless Display Adapter apenas transmite o que está na tela para a TV   — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo Microsoft Wireless Display Adapter apenas transmite o que está na tela para a TV   — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

Microsoft Wireless Display Adapter apenas transmite o que está na tela para a TV — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

2. Suporte apenas Windows 10 ou 8.1

A primeira versão do Wireless Display Adapter era compatível também com Android, mas o novo modelo, que está à venda atualmente, suporta apenas dispositivos Windows 8.1 e Windows 10. Isso restringe muito as possibilidades de uso, principalmente após a Microsoft ter encerrado o Windows Phone.

É verdade que, com alguns truques, é possível conseguir realizar a transmissão a partir de um celular ou tablet Android que tenha Miracast – como foi o caso no teste do Wireless Display Adapter realizado pelo TechTudo. Ainda assim, a versão do sistema precisa ter espelhamento de tela nativo, o que pode não ocorrer.

Novo Wireless Display Adapter perdeu suporte nativo ao Android — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo Novo Wireless Display Adapter perdeu suporte nativo ao Android — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

Novo Wireless Display Adapter perdeu suporte nativo ao Android — Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo

3. Não funciona em longas distâncias

As especificações oficiais da Microsoft informam que o aparelho funciona em até 7 metros de distância do dispositivo transmissor, o que já não é muito. E, durante os testes do TechTudo, a transmissão apresentou oscilação ao afastar o celular da TV.

MAIS DO TechTudo