Por Filipe Garrett, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O termo 4K faz parte de um amplo conjunto de tecnologias e funcionalidades, que ajudam na classificação de dispositivos e conteúdos a partir da qualidade de imagem. O recurso está relacionado com sistemas e plataformas diferentes, desde smartphones, consoles de videogames e câmeras de ação até às TVs e monitores mais avançados do mercado.

No entanto, o 4K não se resume aos pixels de tais aparelhos. A seguir, entenda o significado da resolução 4K, termos, tecnologias, definições de UHD, 8K, HDR e outras informações sobre a área.

Smart TV: o que você precisa saber para comprar um aparelho novo

Smart TV: o que você precisa saber para comprar um aparelho novo

O que é 4K?

A palavra 4K se refere a um padrão de resolução para telas e dispositivos de gravação, como câmeras fotográficas e celulares, no que diz respeito ao total de pixels exibidos na tela, quase 4 milhões – daí o nome 4K. Costuma-se entender por 4K uma tela com resolução de 3840 x 2160 pixels, exatamente o dobro do Full HD (1920 x 1080).

Essa dimensão vale para câmeras domésticas, de smartphones, assim como telas de TV e monitores de computador. Porém, existem outras medidas de resolução que podem ser chamadas de 4K, embora tenham diferenças na contagem de pixels, em comparação com o padrão de referência aceito.

4K se refere a resoluções diferentes para telas, cinema e Blu-Ray — Foto: Thássius Veloso/TechTudo 4K se refere a resoluções diferentes para telas, cinema e Blu-Ray — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

4K se refere a resoluções diferentes para telas, cinema e Blu-Ray — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Monitores ultrawide, com proporção de tela 21:9, terão 3840 x 1600 pixels. A contagem de pixels verticais é bem menor que os 2160 do padrão convencional, mas ainda assim esse tipo de tela pode ser considerada 4K, de tipo ultrawide. Outra contagem possível de pixels é o 4K usado por profissionais de audiovisual e produções cinematográficas. Neste cálculo, o valor sobe para 4096 x 2160 pixels. Essa medida também serve para Blu-Rays 4K e para câmeras profissionais de cinema.

Vantagem na qualidade de imagem

Resolução 4K significa tela capaz de exibir imagens com maior riqueza de detalhes — Foto: Divulgação/Samsung Resolução 4K significa tela capaz de exibir imagens com maior riqueza de detalhes — Foto: Divulgação/Samsung

Resolução 4K significa tela capaz de exibir imagens com maior riqueza de detalhes — Foto: Divulgação/Samsung

Podem existir várias razões para a melhor entrega de imagem de uma tela 4K (a partir do padrão UHD), em comparação com o modelo Full HD. No entanto, o motivo básico está no fato dos 3840 x 2160 pixels. A tela tem o dobro de pontos individuais que teria nos 1920 x 1080 pixels do Full HD para formar imagens. Uma maior quantidade de pixels permite imagens com mais detalhes e maior nitidez.

Na prática, uma tela 4K se distingue da Full HD pela maior quantidade de pixels usados para exibir imagens mais ricas em detalhes e nitidez. Do ponto de vista da gravação, vale o mesmo conceito: uma câmera capaz de gravar em 4K possui sensores e potencial de processamento que permitem o registro de milhões de pixels, várias vezes por segundo, quando compõem o registro.

UHD e 4K

Montagem da Adobe dá ideia do efeito do HDR em uma tela: à esquerda, a imagem sem HDR. Nos quadros ao centro e direita, a foto tem efeitos que simulam o HDR em uma tela normal — Foto: Divulgação/Adobe Montagem da Adobe dá ideia do efeito do HDR em uma tela: à esquerda, a imagem sem HDR. Nos quadros ao centro e direita, a foto tem efeitos que simulam o HDR em uma tela normal — Foto: Divulgação/Adobe

Montagem da Adobe dá ideia do efeito do HDR em uma tela: à esquerda, a imagem sem HDR. Nos quadros ao centro e direita, a foto tem efeitos que simulam o HDR em uma tela normal — Foto: Divulgação/Adobe

Logo, o 4K é uma maneira de classificar a quantidade de pixels de uma tela ou de um conteúdo em vídeo. Ele pode variar conforme o tipo de dispositivo e material. Por isso, a indústria se organizou para estabelecer alguns padrões gerais, que classificam melhor a tecnologia sob o ponto de vista do consumidor.

Um exemplo dessas iniciativas é o chamado UHD (Ultra HD). Modelo concebido por grandes fabricantes de telas e TVs, o UHD determina condições necessária para que um produto seja considerado 4K de qualidade. Também define características importantes em relação ao material em vídeo. Desta forma, produtores, estúdios de cinemas e canais de TVs têm guias para desenvolverem seu conteúdo e atenderem a esses requisitos mínimos de qualidade.

Essas condições consistem em resolução mínima de 3840 x 2160 pixels, uma série de parâmetros referentes à fidelidade de cor e suporte ao HDR para níveis de contraste mais intensos. Além disso, há um conjunto extenso de atributos a serem respeitados na produção e transmissão do material para o usuário final.

Portanto, um monitor ou televisor pode ser 4K, mas não ser UHD por insuficiência ao suporte ao HDR, eventuais divergências na contagem de pixels, entre outros motivos. Esse detalhe é relevante para o consumidor em busca de produtos com tal recurso. O selo UHD é um elemento fundamental para determinar a qualidade geral de um produto e o nível de compromisso tecnológico da indústria em relação ao padrão mínimo da resolução.

4K e câmeras

As mesmas medidas de pixels valem para a gravação em 4K. No uso em câmeras, a maior vantagem de gravar em resolução mais alta está no aumento de qualidade de imagem em relação ao detalhamento visível. A gravação em 4K pode ser usada como uma técnica para garantir que vídeos comprimidos a resoluções menores tenham mais nitidez.

Assim como televisores e monitores, câmeras também podem ser compatíveis com padrões UHD. Isso garante qualidades mínimas de fidelidade de cor, suporte ao HDR e bitrates (o volume de informação do arquivo de vídeo a cada segundo) adequados para uma imagem ideal.

5K, 8K e além

8K já é realidade no Japão — Foto: Divulgação/Sharp 8K já é realidade no Japão — Foto: Divulgação/Sharp

8K já é realidade no Japão — Foto: Divulgação/Sharp

Usuários dos iMacs já dispõem de telas em resolução 5K. Entretanto, o grande salto no que diz respeito à definição de imagem nas telas deve ocorrer com a popularização dos displays 8K. A tecnologia é uma realidade em mercados mais avançados, como o Japão, onde canais de TV já transmitem no dobro do 4K — com suporte à versão 8K do UHD.

Embora o avanço de resolução seja importante para o mercado, os maiores passos quanto a TVs, monitores e câmeras devem ocorrer atrelados a recursos inovadores e novas tecnologias de telas. Exemplos dessas tendências são o suporte ao HDR em vídeo e jogos, a chegada do ray tracing aos videogames do futuro, além de desdobramentos em hardware, como telas de pontos quânticos e os novos micro LEDs.

Qual é a melhor TV 4K? Descubra no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo