Por Gabriel Ribeiro, para o TechTudo


A Xiaomi marcou o lançamento do Mi 6X, o provável Mi A2, para o dia 25 de abril. O sucessor do Mi A1 – celular que chegou ao mercado asiático como Mi 5X, em 2017 – tem a responsabilidade de manter a boa reputação da geração anterior, que conquistou os consumidores por trazer o Android One, ficha técnica avançada e preço baixo.

No banner de anúncio divulgado pela fabricante, o smartphone aparece com visual renovado. Também há melhorias no processador e no conjunto de câmeras – que inclui sensor frontal de 20 megapixels. A seguir, saiba o que esperar do Xiaomi Mi A2.

Imagem de divulgação mostra Mi 6X (Mi A2) com câmera dupla na vertical — Foto: Reprodução/Weibo Imagem de divulgação mostra Mi 6X (Mi A2) com câmera dupla na vertical — Foto: Reprodução/Weibo

Imagem de divulgação mostra Mi 6X (Mi A2) com câmera dupla na vertical — Foto: Reprodução/Weibo

O teaser de divulgação da Xiaomi mostra um aparelho com algumas mudanças pontuais em relação ao Mi A1. A câmera dupla passa da horizontal para a vertical, como já visto no iPhone X. O sensor de digitais continua na parte de trás. Por outro lado, há uma nova cor. O azul marca presença na nova geração – sinal de que a Xiaomi escutou o pedido dos fãs para incluir a opção.

A câmera deve ser um dos pontos fortes do Xiaomi Mi A2. O banner deu detalhes sobre o conjunto fotográfico do celular, com destaque para a resolução. Há a expectativa que o modelo chegue com uma câmera dupla de 12 MP e 20 MP e abertura de lente f/1.8, além de sensor frontal de 20 MP para selfies, com abertura f/2.2. Um salto, especialmente para a câmera frontal, que no modelo anterior é de 5 MP.

Opções de cores do Mi 6X (Mi A2) — Foto: Divulgação/Xiaomi Opções de cores do Mi 6X (Mi A2) — Foto: Divulgação/Xiaomi

Opções de cores do Mi 6X (Mi A2) — Foto: Divulgação/Xiaomi

A imagem não mostra detalhes do hardware do smartphone. Porém, vazamentos nas últimas semanas – inclusive na TEENA, órgão chinês equivalente à Anatel – mostra que o Mi A2 vai trazer uma ficha técnica de respeito para brigar no segmento de smartphones intermediários.

O Mi A2 deve apresentar uma tela LCD de 5,99 polegadas e resolução Full HD+ (2160 x 1080 pixels). Ao todo, serão três configurações de memória RAM e armazenamento: 4 GB/32 GB; 6 GB/64 GB e 6 GB/128 GB.

O processador está cotado para ser o Snapdragon 660, com 8 núcleos rodando a até 2 GHz. O chip é compatível com a plataforma de inteligência artificial da Qualcomm e traz o Adreno 512 como placa gráfica. Com esta configuração, o aparelho não deve decepcionar até mesmo em aplicações mais pesadas, como no uso multitarefa e nos jogos mais exigentes da Google Play Store.

Mi A2 deve ser o sucesso do Mi A1 (foto), um dos modelos da Xiaomi de maior sucesso entre os brasileiros — Foto: Isabela Cabral/TechTudo Mi A2 deve ser o sucesso do Mi A1 (foto), um dos modelos da Xiaomi de maior sucesso entre os brasileiros — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

Mi A2 deve ser o sucesso do Mi A1 (foto), um dos modelos da Xiaomi de maior sucesso entre os brasileiros — Foto: Isabela Cabral/TechTudo

A bateria, até agora, tem sido considerada uma das maiores controvérsias do Xiaomi Mi A2. Isso porque os rumores apontam que o aparelho traga apenas 2.910 mAh, menos do que o Mi A1, com 3.080 mAh.

O Mi A1 foi o primeiro modelo Android One da Xiaomi. O sistema mais enxuto e sem modificações na interface, um dos grandes atrativos do aparelho, também deve vir de fábrica no Mi A2. Vale lembrar que a Xiaomi não vende oficialmente seus produtos no Brasil desde o final de 2016. No entanto, seus celulares são opções bastante buscadas para importação.

Com informações: TechRadar, Gadgets 360, Beebom

Qual é o melhor celular de até R$ 1 mil? Opine no Fórum TechTudo.

MAIS DO TechTudo