Redes sociais

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O Pinterest ganhou uma nova ferramenta de pesquisa que permite categorizar resultados de acordo com o tom de pele. Ao buscar por conteúdo de beleza e bem-estar, a plataforma exibe imagens que podem ser filtradas com um clique em um novo menu de cores na parte superior. A medida ocorre após a empresa identificar que cerca de 70% das buscas no site têm o propósito de encontrar dicas de maquiagem. O Pinterest planeja categorizar os conteúdos de beleza de maneira mais específica para que, no futuro, todos os tons de pele tenham volume de conteúdo semelhante. A novidade foi liberada em Beta e não está disponível para todos ainda.

Pinterest lança filtro de tom de pele para buscas na rede social — Foto: Divulgação/Pinterest Pinterest lança filtro de tom de pele para buscas na rede social — Foto: Divulgação/Pinterest

Pinterest lança filtro de tom de pele para buscas na rede social — Foto: Divulgação/Pinterest

A nova ferramenta também pretende servir de impulso para incrementar a representatividade do conteúdo exibido no site. À Wired, a chefe de diversidade do Pinterest Candice Morgan disse que o novo filtro teve inspiração em uma experiência pessoal. Segundo ela, embora as sugestões do feed estivessem de acordo com seu perfil – dicas de beleza para mulheres negras –, os resultados da busca manual mostravam majoritariamente mulheres brancas.

A Wired também menciona um estudo brasileiro, da Universidade Federal de Minas Gerais, sobre como algoritmos podem reforçar ideias racistas. Os números levantados por essa pesquisa mostram que 80% das buscas nos motores de Google e Bing com o termo “mulheres bonitas” resultam em fotos de mulheres brancas. Assim, o novo recurso do Pinterest tem como objetivo categorizar as pessoas não por sua raça, mas pelo seu tom de pele. O site reuniu um espectro de 16 diferentes tonalidades para isso.

Segundo o Pinterest, um algoritmo treinado com machine learning é responsável por analisar as fotos e executar a filtragem corretamente. O robô consegue entender o efeito que as condições de luz causam sobre a pele para não confundir, por exemplo, uma mulher branca sob a sombra com uma mulher negra. Segundo o Pinterest, as informações de busca por tom de pele não serão usadas para alimentar redes de anúncios. Ou seja, as pesquisas feitas com a ferramenta não determinarão a publicidade vista pelo usuário no site.

Como compartilhar pins no Facebook? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo