Testamos a GoPro Fusion: câmera 360 tem ficha técnica potente e preço alto  Testamos a GoPro Fusion: câmera 360 tem ficha técnica potente e preço alto 

Por Luciana Maline, de São Paulo*

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A GoPro Fusion já está entre nós. A câmera 360° top de linha aterrissou no Brasil pelo salgado valor de R$ 3.999, o que equivale a quase R$ 1,5 mil a mais do que a irmã Hero6 Black. Mas o preço alto é facilmente explicado: a máquina alcança resoluções inéditas para uma GoPro. São 18 megapixels para fotos e 5,2k a 30 frames por segundo ou 3k a 60 fps para vídeos. Isto somado a uma experiência em realidade virtual, melhor estabilização e um áudio inteligente, que captura som de diferentes ângulos sem gerar conflitos.

Por outro lado, o design adaptado para a proposta 360 ganha um aspecto menos portátil, com um conjunto de medidas mais robustas do que os modelos anteriores. Além disso, a câmera perdeu o monitor touchscreen, recurso presente desde a Hero4 Silver. O TechTudo esteve com a câmera de ação em evento e conta suas primeiras impressões.

GoPro Fusion: veja teste com preço e ficha técnica

GoPro Fusion: veja teste com preço e ficha técnica

Desempenho

Para começo de conversa, a GoPro Fusion cumpre o que promete: faz fotos e vídeos em 360° sem deixar aquelas bordas grosseiras e evidentes, espaços em preto ou imagens sobrepostas. Isto porque a câmera conta com duas lentes capazes de capturar mais do que 180° cada que são costuradas de modo inteligente a fim de gerar a experiência VR.

A consequência natural é um bem-sucedido efeito little planet, que gera aquelas fotos esféricas que simulam um "pequeno mundo" e fazem o maior sucesso nas redes sociais. Durante os testes, no entanto, algumas imagens com o little planet não foram tão precisas e apresentaram algumas distorções no centro.

Foto feita com a GoPro Fusion: efeito little planet — Foto: Luciana Maline/ TechTudo Foto feita com a GoPro Fusion: efeito little planet — Foto: Luciana Maline/ TechTudo

Foto feita com a GoPro Fusion: efeito little planet — Foto: Luciana Maline/ TechTudo

No mais, ela conta com os recursos bastante conhecidos por quem já teve uma GoPro recente, como os modos "Lapso de tempo", "Lapso Noturno", "Disparo contínuo", "Foto única" e "Foto noturna". Além disso, o novo modelo também traz melhorias no alcance dinâmico, tal qual a Hero6. Com isso, é possível gerar imagens mais claras em ambiente de pouca luz.

Ainda para somar à experiência de VR, a GoPro Fusion conta com seis microfones distribuídos por toda a máquina. A estrutura garante o sistema de áudio 360° que também é novidade do modelo e é capaz de capturar sons de diferentes ângulos sem que haja conflito.

O áudio da fusion tem captura em 360 — Foto: Luciana Maline/ TechTudo O áudio da fusion tem captura em 360 — Foto: Luciana Maline/ TechTudo

O áudio da fusion tem captura em 360 — Foto: Luciana Maline/ TechTudo

OverCapture

Para quem quer achar o melhor ângulo na hora de tirar uma imagem, o OverCapture nasceu para você. O recurso destaca um frame de seu vídeo em 360 e transforma em uma fotografia convencional no estilo fisheye (olho de peixe), panorâmica ou little planet. Até o ano passado, o programa estava disponível apenas para computadores, mas, neste ano, chegou para celulares e ficou muito mais fácil para postar no Instagram ou Facebook. Apesar do pouco tempo de teste, a função não deixou nada a desejar em termos de desempenho e ainda é uma ótima pós-produção, já que oferece o processo de escolha do melhor ângulo mesmo depois da captura realizada.

OverCapture permite que o usuário printe um frame do vídeo sem perder a qualidade — Foto: Luciana Maline/TechTudo OverCapture permite que o usuário printe um frame do vídeo sem perder a qualidade — Foto: Luciana Maline/TechTudo

OverCapture permite que o usuário printe um frame do vídeo sem perder a qualidade — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Aliás, por falar em imagens em movimentos, vale destacar o desempenho do processador. A Fusion deixou de lado o novo GP1 para usar um chip próprio, mas o resultado não decepciona nesta função. Ele tem respostas rápidas e, durante o período em que estivemos com a câmera em mãos, não houve engasgos ou travamentos. O modelo também foi bem competente quando o assunto foi comando de voz, com identificação precisa de comandos em português mesmo em lugares com maior poluição sonora.

A Fusion com uma bateria removível de 2.620 mAh — Foto: Luciana Maline/ TechTudo A Fusion com uma bateria removível de 2.620 mAh — Foto: Luciana Maline/ TechTudo

A Fusion com uma bateria removível de 2.620 mAh — Foto: Luciana Maline/ TechTudo

Para suportar todos estes recursos, a GoPro deu um upgrade na potência da bateria removível. Nas Hero5 e Hero6 a potência era de 1.220 mAh, enquanto na Fusion é de 2.620 mAh. Dentro no nosso intervalo de testes que durou entre uma hora e meia com uso intenso, a bateria foi consumida em cerca de 50%, com gravação de vídeos em 3k/ 60 fps e produção de fotos.

Compartilhamento e pós-produção

A GoPro fez de tudo para gerar a melhor experiência para compartilhamento em redes sociais do conteúdo produzido pela Fusion. Ao fim da edição pelo aplicativo da GoPro, ele oferece a possibilidade de compartilhar no Facebook, Instagram ou YouTube, no caso de vídeos.

GoPro Fusion permite captar imagens em 360º em altíssima definição — Foto: Luciana Maline/TechTudo GoPro Fusion permite captar imagens em 360º em altíssima definição — Foto: Luciana Maline/TechTudo

GoPro Fusion permite captar imagens em 360º em altíssima definição — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Para quem pretende levar o efeito VR para vídeos mais profissionais, a GoPro oferece um programa próprio e gratuito chamado GoPro Fusion Studio, além de plug-ins específicos para o Adobe Premiere e o After Effects. Porém, os usuários de demais softwares de edição, como o Final Cut Pro ou o Avid Media Composer, terão que buscar meios alternativos para incluir as características de 360° em seus vídeos.

Design adaptado

O design surpreende em um primeiro olhar, mas não é o suficiente para você não reconhecer que se trata de uma GoPro. Para quem estava acostumado com os modelos anteriores, cujo formato retangular e medidas mais compactas, vai se surpreender com o design quadrado (75 x 74 mm) e medidas quase duplicadas. A mudança se justifica: a câmera carrega dentro de si duas lentes para garantir a qualidade da imagem em 360° e sensação de imersão.

Nova GoPro Fusion filma em até 5K — Foto: Luciana Maline/TechTudo Nova GoPro Fusion filma em até 5K — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Nova GoPro Fusion filma em até 5K — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Ainda assim, não podemos deixar de assinalar que ela é menos portátil do que uma Hero6, por exemplo. Apesar disso, não houve qualquer prejuízo na facilidade de uso. Permanecem os mesmos três botões: liga/desliga e de configurações. Ela também mantém a identidade visual da irmã Hero6 Black e garante o mesmo lugar dos botões, de entradas e bateria. Uma segunda desvantagem da adaptação do modelo para a linguagem 360° é a ausência do monitor, que já acompanhava a evolução das GoPros desde a Hero4 Silver.

Com especificações melhores, GoPro Fusion tem design mais robusto em comparação com os modelos Hero — Foto: Luciana Maline/TechTudo Com especificações melhores, GoPro Fusion tem design mais robusto em comparação com os modelos Hero — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Com especificações melhores, GoPro Fusion tem design mais robusto em comparação com os modelos Hero — Foto: Luciana Maline/TechTudo

Já no quesito resistência, a câmera ficou menos sensível aos fatores ambientais e a colisões. Em sua ficha técnica, a câmera aguenta só 5 metros embaixo d'água, enquanto a Hero6 Black suporta 10 metros e promete melhores imagens em mergulhos. Porém, segundo a GoPro, não é recomendado deixar a Fusion totalmente submersa: a possibilidade waterproof só funciona de modo eficiente para respingos d'água. Para quem costuma comprar a action cam para viagens e passeios, a Fusion não parece ser a melhor opção.

Preço e disponibilidade

A GoPro Fusion está à venda no Brasil por R$ 4 mil nas lojas oficiais da marca e varejo. Junto à câmera, é possível adquirir adesivos de suportes, o case de proteção, grip que vira tripé e uma bateria extra. Vale lembrar que GoPro Fusion foi lançada em setembro de 2017, nos EUA, junto a irmã GoPro Hero6 Black. Hoje, a Hero6 sai por cerca de R$ 2,5 mil nas lojas oficiais.

De olho na concorrência, a câmera disputa na categoria 360 com a Samsung Gear 360 e LG 360 Cam. Ambas as câmeras concorrentes custam entre R$ 1,5 mil e R$ 2 mil, mas contam com especificações mais humildes do que a GoPro e restritas à resolução de vídeo em 4k e foto a 8,4 e 13 megapixels, respectivamente.

*A jornalista viajou para São Paulo a convite da GoPro

MAIS DO TechTudo