Celulares com Android estariam com malware instalados de fábrica, diz Avast

Ameaça teria sido detectada em smartphones de diferentes marcas, como ZTE, Archos e myPhone.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

Especialistas da Avast identificaram uma série celulares com Android vendidos com malwares instalados pelos fabricantes. Segundo a empresa de segurança, centenas de modelos de smartphones diferentes da ZTE, Archos e myPhone são afetados pela prática, que pode se manifestar principalmente em anúncios publicitários intrusivos e aleatórios.

Os profissionais ressaltam ainda que, como os malwares estão instalados no próprio sistema, a remoção se torna muito difícil, mesmo para usuários com conhecimentos avançados.

Chinesa ZTE é uma das afetadas pela pesquisa da Avast (Foto: Luciana Maline/TechTudo) Chinesa ZTE é uma das afetadas pela pesquisa da Avast (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Chinesa ZTE é uma das afetadas pela pesquisa da Avast (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Um usuário com um celular afetado em mãos encontraria uma série de anúncios publicitários bem invasivos, aparecendo nas telas da interface do Android – e não dentro do âmbito de um aplicativo qualquer. Segundo a Avast, caso o usuário ceda à uma oferta e instale um app ou jogo oferecido pelos anúncios, as coisas podem piorar bastante: a instalação do app oferecido pode carregar ainda mais adwares (malwares direcionados para a distribuição de anúncios publicitários).

O mecanismo de acionamento desses aplicativos maliciosos envolve o disparo de uma requisição via rede para a instalação de pacotes a partir da primeira inicialização do celular pelo usuário.

O estudo também mostrou que os malwares são extremamente sofisticados. De acordo com a Avast, eles carregam estruturas de divulgação de publicidade usadas pelo Google, Facebook e Baidu, e são capazes de identificar a presença de antivírus instalados no celular – situação na qual o malware entra num modo de operação de baixa atividade para não ser detectado.

Ações de combate

Malwares instalados se comportam como adwares nos smartphones (Foto: Pond5) Malwares instalados se comportam como adwares nos smartphones (Foto: Pond5)

Malwares instalados se comportam como adwares nos smartphones (Foto: Pond5)

A distribuição dos anúncios irregulares pelos adwares se dá por meio de conexão com a internet e a Avast afirma que foi capaz de derrubar o servidor responsável por distribuir esse conteúdo. Entretanto, depois de algum tempo, um novo servidor entrou no ar.

O pessoal da Avast também declarou que entrou em contato com o Google sobre o problema. A posição da gigante de Mountain View é a de usar políticas de monitoramento e segurança que fazem parte da Google Play Store para identificar esses problemas e desabilitar os malwares antes que eles tenham tempo de causar danos.

Como evitar os malwares

No geral, há boas práticas para que você evite dores de cabeça e infecções de vírus no seu celular. A principal delas é evitar baixar e instalar aplicativos de fontes duvidosas e procurar instalar novos apps apenas a partir da loja oficial do Google. Outra precaução importante é rodar um antivírus no celular de tempos em tempos.

Como remover vírus em um celular Android

Como remover vírus em um celular Android

Com informações: Avast, Engadget

O que significa download pendente na Google Play Store? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo