Como funciona o Chromecast 2: saiba tudo sobre o aparelho da Google

Dongle, que já pode ser comprado no Brasil por cerca de R$ 150, precisa apenas de Wi-Fi e uma entrada HDMI para funcionar

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo

O Chromecast 2 é um aparelho da Google que transforma uma televisão comum em smart TV. Lançado no Brasil em 2016 por R$ 399, o dongle já pode ser encontrado pelo preço médio de R$ 150 no mercado nacional e espelha conteúdos de aplicativos populares como Netflix, YouTube, Spotify, Facebook e Chrome.

A seguir, saiba tudo sobre a 2ª geração do Chromecast e entenda como o equipamento funciona, para quais usuários é indicado, como deve ser configurado e quais são seus principais concorrentes.

Chromecast: dicas para quem quer comprar o aparelho

Chromecast: dicas para quem quer comprar o aparelho

Como funciona o Google Chromecast 2?

O Chromecast 2 funciona a partir da conexão do aparelho ao Wi-Fi enquanto estiver plugado em uma entrada HDMI do televisor. O dongle também tem uma saída USB para conectar na TV ou em uma tomada com porta compatível.

Atualizado da 1ª para a 2ª geração, o Chromecast 2 trabalha com suporte para redes Wi-Fi 802.11ac com duas frequências (2,4 e 5 GHz), que devem ser mais rápidas e estáveis do que no modelo anterior. Três antenas embutidas no dongle também ajudam a reduzir os travamentos nas transmissões, principalmente em vídeos no YouTube e Netflix.

Chromecast 2 tem entrada HDMI e três antenas embutidas para evitar travamentos (Foto: Caio Bersot/TechTudo) Chromecast 2 tem entrada HDMI e três antenas embutidas para evitar travamentos (Foto: Caio Bersot/TechTudo)

Chromecast 2 tem entrada HDMI e três antenas embutidas para evitar travamentos (Foto: Caio Bersot/TechTudo)

As imagens podem ser exibidas em resolução máxima de Full HD (1080p), uma configuração abaixo da 4K Ultra HD. Para armazenar conteúdos no aparelho e assistir sem precisar de uma rede Wi-Fi por perto há memória interna disponível de 256 MB.

Para quem é o Chromecast 2?

O dongle é compatível com Android, iPhone (iOS), Windows e macOS. Assim, usuários de qualquer um desses sistemas operacionais podem configurar o Chromecast 2 em seu dispositivo e espelhar as imagens na tela grande.

Tela do celular pode ser visualizada facilmente na TV com o Chromecast (Foto: Paulo Alves/TechTudo) Tela do celular pode ser visualizada facilmente na TV com o Chromecast (Foto: Paulo Alves/TechTudo)

Tela do celular pode ser visualizada facilmente na TV com o Chromecast (Foto: Paulo Alves/TechTudo)

Pelas funcionalidades do aparelho, ele é indicado para quem quer economizar dinheiro e, ao mesmo tempo, ter uma TV inteligente. Isso porque o Chromecast 2 é muito mais barato do que uma smart TV nova e pode ser instalado facilmente em um televisor que o usuário já possui em casa.

Como instalar, configurar e usar?

A instalação do Chromecast 2 é simples. Ao conectar o aparelho na entrada HDMI da TV e o cabo de alimentação na porta USB ou na tomada, abra o aplicativo Google Home e configure o aparelho. Tanto o dispositivo quanto o dongle precisam estar conectados à mesma rede Wi-Fi.

Conecte o Chromecast 2 na porta HDMI no televisor e o cabo USB também na TV ou em uma tomada (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo  ) Conecte o Chromecast 2 na porta HDMI no televisor e o cabo USB também na TV ou em uma tomada (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo  )

Conecte o Chromecast 2 na porta HDMI no televisor e o cabo USB também na TV ou em uma tomada (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo )

Após a configuração, basta abrir um aplicativo compatível com o Chromecast 2 e clicar no ícone de transmissão indicado por um retângulo com o símbolo de Wi-Fi na lateral esquerda. Se a conexão estiver funcionando, automaticamente o conteúdo exibido no celular será espelhado na TV.

Ao assistir a um filme, escutar músicas, apresentar slides e navegar por redes sociais é possível clicar nos botões e ajustar as funções normalmente pelo smartphone sem que a transmissão para o Chromecast seja interrompida.

Ícone para espelhar conteúdo no Chromecast é indicado por um retângulo e um símbolo de Wi-Fi (Foto: Paulo Alves/TechTudo) Ícone para espelhar conteúdo no Chromecast é indicado por um retângulo e um símbolo de Wi-Fi (Foto: Paulo Alves/TechTudo)

Ícone para espelhar conteúdo no Chromecast é indicado por um retângulo e um símbolo de Wi-Fi (Foto: Paulo Alves/TechTudo)

O modelo de segunda geração funciona com a maior parte dos aplicativos, redes sociais e jogos disponíveis para os sistemas compatíveis. No site do Google, é possível encontrar a lista completa com os softwares que podem ser habilitados para fazer o espelhamento.

Preço no Brasil

O Chromecast 2 chegou ao Brasil em abril de 2016 custando R$ 399, quase o dobro de seu antecessor. No entanto, com o passar do tempo, o dongle teve uma queda brusca no preço e em 2018 já pode ser encontrado em lojas físicas e online por cerca de R$ 150.

Vale ressaltar que, pelo preço baixo, alguns modelos falsos do aparelho do Google surgiram no mercado. Assim, antes de comprar, é essencial analisar a embalagem e o design do aparelho, além de sempre desconfiar de valores muito abaixo das outras lojas.

Concorrentes

Os principais rivais do Chromecast 2 são a Apple TV, o Microsoft Wireless Display Adapter e o Roku. O primeiro está à venda no Brasil nas versões de 4ª geração e 4K, lançada em 2017 e com mais diferenciais em relação ao aparelho do Google por conta da resolução de imagem. Os equipamentos da Apple custam cerca de R$ 1.200 e têm suporte a HDR10 para transmitir cores mais vivas na tela grande.

Apple TV é opção mais cara, mas com mais recursos e qualidade de imagem superior (Foto: Divulgação/Apple) Apple TV é opção mais cara, mas com mais recursos e qualidade de imagem superior (Foto: Divulgação/Apple)

Apple TV é opção mais cara, mas com mais recursos e qualidade de imagem superior (Foto: Divulgação/Apple)

Já o dispositivo da Microsoft, pode ser encontrado no mercado brasileiro por R$ 200 e é compatível com Windows 10 e Windows 8.1, além de algumas versões de Android. O funcionamento é semelhante ao do Chromecast, apesar de ser compatível com menos sistemas operacionais.

No caso do Roku, mais popular nos Estados Unidos, o aparelho deve ser importado para o Brasil, custando por volta de R$ 500 incluindo o valor do produto, frete e possíveis impostos. O modelo tem como diferencial uma entrada para cartão de memória para levar filmes e séries para onde quiser sem depender de uma rede Wi-Fi.

Aparelho popular nos Estados Unidos pode ser usado como media center e importado para o Brasil (Foto: Divulgação/Roku) Aparelho popular nos Estados Unidos pode ser usado como media center e importado para o Brasil (Foto: Divulgação/Roku)

Aparelho popular nos Estados Unidos pode ser usado como media center e importado para o Brasil (Foto: Divulgação/Roku)

Via Google

Vale a pena comprar um Chromecast? Saiba no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo