Conheça os novos Ryzen Pro, processadores da AMD para notebooks e PCs

AMD reforça linha de processadores com novos modelos para notebooks e desktops; Threadripper 2 está em fase final de desenvolvimento

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

A AMD anunciou na última segunda (14) sete novos processadores Ryzen Pro, destinados principalmente para desktops e notebooks com perfil profissional. Os modelos são divididos em quatro produtos para computadores de mesa e três versões para portáteis, todos com arquitetura de segunda geração e processador gráfico integrado da linha Vega – o que fortalece os produtos diante das opções da concorrente Intel.

A fabricante também falou sobre o desenvolvimento da segunda geração do Threadripper, que chega ao mercado no segundo semestre. Por enquanto, a fabricante não divulgou informações a respeito do preço das novidades.

Novos Ryzen Pro combinam processador de segunda geração com gráficos Vega (Foto: Divulgação/AMD) Novos Ryzen Pro combinam processador de segunda geração com gráficos Vega (Foto: Divulgação/AMD)

Novos Ryzen Pro combinam processador de segunda geração com gráficos Vega (Foto: Divulgação/AMD)

São três novos Ryzen Pro para notebooks, sendo o Ryzen 3 Pro 2300U o mais simples da lista. O modelo tem quatro núcleos, sem SMT (o “Hyper Threading" da AMD), seis unidades computacionais da placa gráfica e velocidade que oscila entre 2,5 e 3,4 GHz.

Um pouco acima está o Ryzen 5 Pro 2500U, que também é quad-core, mas tem SMT ativado, podendo atuar como octa-core em certas situações. O número de unidades de processamento gráfico também sobe para oito e as velocidades ficam entre 2,0 e 3,6 GHz.

AMD afirma que Ryzen 7 Pro 2700U é mais rápido que o i7 8550U da Intel (Foto: Divulgação/AMD) AMD afirma que Ryzen 7 Pro 2700U é mais rápido que o i7 8550U da Intel (Foto: Divulgação/AMD)

AMD afirma que Ryzen 7 Pro 2700U é mais rápido que o i7 8550U da Intel (Foto: Divulgação/AMD)

Por fim, o Ryzen 7 Pro 2700U, com os mesmos quatro núcleos e SMT ativado, tem como grande diferencial o reforço da GPU, que soma 10 unidades computacionais. As velocidades também são mais altas, com intervalo que vai de 2,2 a 3,8 GHz. Segundo a AMD, o Pro 2700U é 22% mais rápido que o Core i7 8550U, o modelo premium da Intel para portáteis no momento.

Vale lembrar que, por serem voltados para notebooks, os processadores não podem ser comprados separadamente – diferente dos modelos para desktop. De acordo com a AMD, fabricantes como Dell, HP e Lenovo devem apresentar produtos com esses processadores ao longo dos próximos dias.

Nos desktops

Processadores para desktops também têm quatro núcleos e gráficos Vega (Foto: Divulgação/AMD) Processadores para desktops também têm quatro núcleos e gráficos Vega (Foto: Divulgação/AMD)

Processadores para desktops também têm quatro núcleos e gráficos Vega (Foto: Divulgação/AMD)

A linha de chips para desktop é formada pelos Ryzen 3 Pro 2200G e 2200GE, além dos Ryzen 5 Pro 2400G e 2400GE. Os dois primeiros são quad-core, sem SMT ativado e têm GPU Vega de oito núcleos, sendo diferentes apenas nas velocidades, com 3,2 a 3,6 GHz para o 2200GE e 3,5 a 3,7 para o 2200G.

Já os Ryzen 5 Pro têm quatro núcleos, que, com a ativação do SMT, têm desempenho de octa-core. Os processadores contam também com 11 núcleos de processamento gráfico na GPU integrada Vega. Mais uma vez, as velocidades são o diferencial: os 3,2 a 3,8 GHz do 2400 GE e os 3,6 e 3,9 GHz do 2400G

Threadripper 2 vem aí

A AMD foi econômica a respeito da nova geração dos processadores de alto desempenho da linha Threadripper. A companhia anunciou que está enviando amostras do novo produto aos consumidores selecionados para testes.

Esse tipo de processo sinaliza o fim do ciclo de desenvolvimento e proximidade de lançamento comercial. Além disso, trata-se de um hábito bastante comum na indústria de semicondutores em momentos de transição de arquitetura, como é o caso. O novo Threadripper será fabricado em processo de 12 nm (Zen+), menor que o anterior, com litografia de 14 nm (Zen).

Como seria o processador ideal? Saiba no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo