Por Bruna Telles, para o TechTudo


Fortnite está prestes a ficar ainda maior. Nesta segunda-feira (21) a Epic Games divulgou que planeja investir US$ 100 milhões, aproximadamente R$ 370 milhões, em competições do jogo.

Apesar da força entre os produtores de conteúdo, Fortnite ainda tem partidas privadas amplamente disponíveis, e não desenvolveu seu próprio cenário competitivo. Ainda assim a EnVyUs, time tradicional de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), anunciou, no último dia 2, o streamer KingRichard como líder do futuro time de Fortnite.

Com tanto interesse no jogo, e o grande anúncio milionário, é questão de tempo até a cena competitiva do jogo se formar.

Quanto dinheiro os torneios de outros jogos pagam?

Astralis levou US$ 250 mil de premiação na ESL Pro League — Foto: Divulgação/ESL Astralis levou US$ 250 mil de premiação na ESL Pro League — Foto: Divulgação/ESL

Astralis levou US$ 250 mil de premiação na ESL Pro League — Foto: Divulgação/ESL

Fazendo um comparativo, a ESL Pro League de CS:GO que no último domingo (20) viu a Astralis como campeã da sétima temporada, premiou o time dinamarquês com US$ 250 mil (R$ 922 mil). O mesmo valor foi faturado pelo dominicano MenaRD em 2017, após sagrar-se campeão da Capcom Cup de Street Fighter V. No último a RNG faturou US$ 385 mil (R$ 1,42 milhão) ao vencer o Mid-Season Invitational 2018 de League of Legends.

Do lado das maiores premiações da história, DotA 2 comanda a lista dos 20 valores mais altos mais distribuídos, com o mundial de 2017 tendo distribuído US$ 24,8 milhões (R$ 91,5 milhões) em prêmios. Em menos de duas semanas a arrecadação para o mundial de 2018 já supera o R$ 30 milhões.

A lista dos 100 valores mais altos mais ainda inclui competições tais como o mundial 2015 de SMITE, cuja premiação foi de quase R$ 10 milhões, e o mundial de Halo 5: Guardians, que em 2016 ofereceu mais de R$ 9 milhões.

Manter o interesse para fazer base de jogadores crescer

“Iremos oferecer um apoio gigantesco às partidas competitivas, mas nossa abordagem será diferente," diz o texto de anúncio da Epic. "Planejamos ser mais inclusivos e focados no prazer de jogar e assistir ao jogo." Com o valor US$ 100 milhões, a empresa quer reforçar as áreas como publicidade e organização.

Epic investirá pesado nos esports — Foto: Divulgação/Epic Games Epic investirá pesado nos esports — Foto: Divulgação/Epic Games

Epic investirá pesado nos esports — Foto: Divulgação/Epic Games

Embora o anúncio tenha tido informações vagas, é prova do interesse óbvio em manter o jogo com suporte, interessante, e fazendo a base de jogadores crescer cada vez mais.

No dia 15 de março o streamer Ninja bateu o recorde absoluto de pessoas assistindo uma transmissão, quando ele e o rapper Drake se reuniram para jogar Fortnite. Como resultado, 628 mil pessoas assistiram ao momento histórico. Mesmo o streamer DrDisRespect, jogador assíduo de PlayerUnknown's Battlegrounds, transmite partidas de Fortnite para uma média de 10 mil pessoas.

Mas quantas pessoas jogam Fortnite?

Em janeiro de 2018, após os 100 primeiros dias do Battle Royale, a Epic Games revelou que Fortnite tinha 45 milhões de jogadores. O número inclui todos os jogadores de PC, PlayStation 4 e Xbox One, um número que com o futuro lançamento da versão para Android (a de iOS já foi lançada), certamente aumentará.

A última vez que a Epic divulgou algum número oficial sobre a quantidade de players foi em fevereiro desse ano, e eles eram de 3,4 milhões de jogadores simultâneos, o que trouxe problemas e quedas de servidores em grandes proporções. Não admira que o próximo passo sejam os esports, nem tão pouco se duvida do tanto de fãs que Fortnite irá gerar por meio da entrada de fato na cena competitiva.

Mais do TechTudo