EVOS e Flash Wolves se classificam para a fase de grupos do MSI 2018

Vietnamitas e taiwaneses carimbaram últimas duas vagas da fase de entrada. Competição volta no dia 11 de maio

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Julio César Puiati, para o TechTudo

EVOS Esports e Flash Wolves carimbaram as últimas duas vagas para a fase de grupos do Mid-Season Invitational 2018 de League of Legends. Vietnamitas e taiwaneses venceram os seus respectivos duelos contra SuperMassive e Gambit Esports, no formato MD5, para confirmar o favoritismo na última etapa da fase de entrada.

Vale lembrar que ambos os classificados não disputaram o primeiro round da fase de entrada, já que são considerados oponentes de regiões mais fortes do cenário competitivo. Wolves e EVOS aguardaram as definições dos grupos A e B para entrar de vez no mundialito da Riot Games. Eles se juntam às já garantidas RNG (China), Team Liquid (USA), Fnatic (Europa) e KingZone (Coreia do Sul).

EVOS Esports 3-1 SuperMassive

Atletas da EVO Esports comemoram a classificação (Foto: Divulgação/Riot Games) Atletas da EVO Esports comemoram a classificação (Foto: Divulgação/Riot Games)

Atletas da EVO Esports comemoram a classificação (Foto: Divulgação/Riot Games)

A organização vietnamita foi a campo com Phan "Stark" Công (topo), Nguyễn "YiJin" Lê (caçador), Đoàn "Warzone" Văn (meio), Nguyễn "Slay" Ngọc (atirador) e Lê "RonOP" Thiên (suporte). Nenhuma alteração em relação ao elenco que conquistou o primeiro split da Vietnam Championship Series (VCS) em cima da famosa GIGABYTE Marines.

Também sem surpresas, a SuperMassive apostou as fichas mais uma vez na line up vencedora da primeira fase: Asım "fabFabulous" Karakaya (topo), Furkan "Stomaged" Güngör (caçador), Lee "GBM" Chang-seok (meio), No "SnowFlower" Hoi-jong (suporte) e o craque Berkay "Zeitnot" Aşıkuzun (atirador).

O primeiro duelo da série MD5 foi o mais acelerado do Mid-Season Invitational 2018 até aqui. Ambas as equipe souberam rodar bem o mapa, conquistar objetivos primários e garantir abates em todas as rotas até os 33 minutos de partida. O placar de ouro global manteve-se equilibrado durante todo esse périodo.

O confronto ganhou contornos finais após vacilo dos turcos, que já haviam derrubado um inibidor adversário, mas acabaram se estendendo demais na ofensiva. As eliminações de SnowFlower e fabFabulous abriram espaço o suficiente para que os vietnamitas invadissem a base inimiga e confirmassem a primeira vitória do dia.

Zeitnot e seus companheiros bateram na trave (Foto: Divulgação/Riot Games) Zeitnot e seus companheiros bateram na trave (Foto: Divulgação/Riot Games)

Zeitnot e seus companheiros bateram na trave (Foto: Divulgação/Riot Games)

A SuperMassive alcançou o empate após atuações impecáveis de fabFabulous e Zeitnot – as duas grandes estrelas da organização turca – em team fights de late game. O segundo duelo começou mais estático, com as duas equipes inaugurando o placar de abates apenas aos 17 minutos. A paciência, portanto, tornou-se um fator decisivo para os vencedores.

Além das boas lutas, o time turco também soube garantir outra condição de vitória ao abater todos os dragões elementais do jogo – sendo um deles infernal. O bônus ofensivo ajudou a SuperMassive a continuar vencendo batalhas, acumular recursos e partir em direção ao nexus da EVO. O confronto acabou com 34 minutos cravados.

Os representantes do Vietnã voltaram mais agressivos e conquistaram mais duas vitórias para selar a classificação. Desta vez com mais tranqulidade. Com direito a quadra kill de Slay e triple kill de YiJin nos terceiros e quartos duelos, respectivamente, a EVO Esports não deu chances para a Turquia. O jovem caçador de apenas 17 anos foi eleito o grande MVP da série.

Flash Wolves 3-0 Gambit

Figurinha carimbada nos torneios internacionais da Riot Games desde 2015, a Flash Wolves estreou no Mid-Season Invitational 2018 com a seguinte formação: Su "Hanabi" Chia-Hsiang (topo), Kim "Moojin" Moo-jin (selva), Huang "Maple" Yi-Tang (meio), Lu "Betty" Yu-Hung (atirador) e Hu "SwordArt" Shuo-Chieh (suporte).

A Gambit Espots do técnico Igors "ATRemains" Radkevič voltou a Summoner's Rift após garantir a liderança do grupo A sem maiores mudanças. Foram a campo o topo Alexander "PvPStejos" Glazkov, o caçador Danil "Diamondprox" Reshetnikov, o meio Mykhailo "Kira" Harmash, o atirador Stanislav "Lodik" Kornelyuk e o suporte Edward "Edward" Abgaryan.

O jovem topo Hanabi foi um dos grandes destaques da Flash Wolves (Foto: Divulgação/Riot Games) O jovem topo Hanabi foi um dos grandes destaques da Flash Wolves (Foto: Divulgação/Riot Games)

O jovem topo Hanabi foi um dos grandes destaques da Flash Wolves (Foto: Divulgação/Riot Games)

Os representantes do leste europeu chegaram para a série MD5 como franco-atiradores, mas não facilitaram a vida dos taiwaneses no primeiro duelo do dia. Embora tenham sofrido o first brick e perdido todos os dragões elementais do jogo, a equipe da Comunidade dos Estados Independentes se manteve firme na partida e até chegou a virar o placar de ouro.

A Gambit parecia estar perto da vitória, mas tudo foi por água abaixo após roubo de Barão aos 35 minutos. O caçador Moojin contornou o covil do monstro, pulou no momento certo com o seu Kha'Zix e conseguiu a milagrosa vantagem para o time. O bônus foi o suficiente para a Flash Wolves invadir a base adversária e confirmar o triunfo.

Os Lobos apostaram em uma composição com os campeões Gankplank, Trundle, Swain, Varus e Alistar para o segundo confronto. Com 24 minutos no relógio, a organização de Taiwan já estava com dois mil de ouro de vantagem, 6-1 no placar de abates e dois dragões derrotados. Foi só questão de tempo para que os favoritos da série fechassem a segunda vitória.

A uma derrota da eminente eliminação – e já visivelmente sem esperanças – os europeus da Gambit não encontraram maneiras para sobreviver. Os campeões da League of Legends Continental League (LCL) cederam vantagem atrás de vantagem na terceira partida e ficaram atrás no placar de ouro desde o início do jogo.

A Gambit lutou, mas não conseguiu a sonhada classificação (Foto: Divulgação/Riot Games) A Gambit lutou, mas não conseguiu a sonhada classificação (Foto: Divulgação/Riot Games)

A Gambit lutou, mas não conseguiu a sonhada classificação (Foto: Divulgação/Riot Games)

Ao contrário do primeiro duelo, o confronto que carimbou a classificação da equipe taiwanesa foi dominante. A Flash Wolves controlou bem os objetivos, executou boas lutas e não deu chances para os adversários. Moojin, SwordArt, Maple e seus companheiros fecharam a série aos 24 minutos após ótima chamada de Barão.

As seis melhores equipes do cenário competitivo de League of Legends se enfrentam na fase de grupos do MSI 2018 a partir do dia 11 de maio. Classificam-se para os playoffs os quatro melhores colocados, que medirão forças em partidas MD5 até a grande final. O campeão leva para a casa um prêmio de US$ 385 mil, cerca de R$ 1.3 milhão em conversão direta.

MAIS DO TechTudo