Não Tem Como e SK poderão competir na ESL One: Belo Horizonte

Diretor de torneios da ESL negou que haja conflito de interesses depois da aparente compra da NTC pela SK Gaming

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Gabriel Oliveira, para o TechTudo

A série de especulações sobre um possível conflito de interesses causado pela participação da Não Tem Como e da SK Gaming na ESL One: Belo Horizonte, devido à provável transferência da line up de Lincoln "fnx" Lau e companhia para a organização alemã no segundo semestre, parece ter tido resposta. O diretor de torneios da ESL, Jonas "bsl" Alasker veio a público para garantir a participação das duas equipes na competição.

Em entrevista à HLTV, Alasker pôs fim às especulações de que a participação das duas equipes causaria um conflito de interesses, uma vez que o torneio, que será realizado no Mineirinho, entre 13 e 17 de junho, ocorrerá algumas semanas antes da provável transferência dos atletas da NTC para a SK. Em julho, a line up de Gabriel "Fallen" Toledo deverá assinar com a Immortals, mas para defender a tag da lendária miBR, cujos direitos foram adquiridos pela organização americana.

Atual line up da Não Tem Como deverá defender a SK Gaming no segundo semestre (Foto: Reprodução/Twitter Lincoln "fnx" Lau) Atual line up da Não Tem Como deverá defender a SK Gaming no segundo semestre (Foto: Reprodução/Twitter Lincoln "fnx" Lau)

Atual line up da Não Tem Como deverá defender a SK Gaming no segundo semestre (Foto: Reprodução/Twitter Lincoln "fnx" Lau)

Questionado sobre uma possível quebra no regulamento, que diz que cada organização só pode adquirir uma licença por campeonato, Alasker afirmou à HLTV que "ambos os times estarão autorizados a jogar, já que nenhuma organização tem interesse em contar com mais de uma equipe durante a competição".

Na prática, a declaração de Alasker significa que qualquer assinatura de contrato dos atletas da Não Tem Como com a SK Gaming só poderá ser feita após o término da ESL One: Belo Horizonte. Apontado como um dos times mais promissores do cenário, a NTC conta na sua formação com fnx, João "Felps" Vasconcellos, Vito "kNg" Giuseppe, Bruno "bit" Lima e Marcelo "chelo" Cespedes.

SK Gaming vai ter a line up na ESL One: Belo Horizonte (Foto: Divulgação/DreamHack) SK Gaming vai ter a line up na ESL One: Belo Horizonte (Foto: Divulgação/DreamHack)

SK Gaming vai ter a line up na ESL One: Belo Horizonte (Foto: Divulgação/DreamHack)

A equipe de Fallen, por sua vez, vem sendo especulada na Immortals desde o começo de 2018. Vivendo um momento turbulento, com uma série de eliminações precoces em campeonatos e nenhuma final disputada em 2018, a equipe promoveu algumas mudanças recentemente, como a vinda de Jacky "Stewie2K" Yip para o lugar de Epitácio "TACO" de Melo (atualmente na Team Liquid) e a promoção de Marcelo "coldzera" David ao posto de IGL na maior parte dos mapas, exceto Inferno e Cache, nos quais Fallen seguirá como o capitão do time.

Além da SK Gaming e da Não Tem Como, a ESL One Belo Horizonte contará com a partipação das convidadas FaZe Clan, mousesports e Team Liquid; Big e Space Soldiers, que conquistaram a vaga pelo qualificatório europeu, e Torqued, classificada da América do Norte. A premiação total da competição será de US$ 200 mil (R$ 736 mil, aproximadamente).

MAIS DO TechTudo