Por Gabriel Ribeiro, para o TechTudo


A Wi-Fi Alliance, entidade que supervisiona o padrão Wi-Fi, anunciou na última segunda-feira (14) uma nova certificação que promete ajudar no avanço do uso de roteadores Mesh. O EasyMesh permitirá que o usuário utilize pontos de acesso de diferentes fabricantes para integrar uma única rede.

A ideia é oferecer aos consumidores a possibilidade de escolher os equipamentos que devem integrar a rede mesh. Por enquanto, os dispositivos para Wi-Fi Mesh são vendidos em kits de uma única fabricante, como os modelos TP-Link Deco M5 e o Google Wifi. Vale lembrar, porém, que apenas o conjunto da TP-Link está disponível no Brasil.

 TP-Link Deco M5 é roteador mesh à venda no Brasil — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo  TP-Link Deco M5 é roteador mesh à venda no Brasil — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

TP-Link Deco M5 é roteador mesh à venda no Brasil — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

O que é rede mesh?

O Wi-Fi Mesh é uma solução interessante para quem procura ampliar a cobertura da rede wireless, especialmente em escritórios e casas grandes. A proposta consiste em montar pontos de acessos interligados em áreas onde o sinal não chegaria. O sistema faz o gerenciamento inteligente dos dispositivos e os conecta ao ponto mais próximo, sem que o usuário perceba.

Diferente dos repetidores, um kit desse tipo traz uma instalação bastante simplificada. Nele, todos os pontos de acesso se comunicam entre si de forma automática e fazem o gerenciamento dos aparelhos conectados.

Deco M5 é compatível com rede mesh — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo Deco M5 é compatível com rede mesh — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

Deco M5 é compatível com rede mesh — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

Como funciona o EasyMesh?

A proposta da Wi-Fi Alliance pode ajudar a popularizar ainda mais esse tipo de rede. Os roteadores certificados como EasyMesh vão poder se comunicar, mesmo sendo de marcas diferentes. Essa medida pode baratear a tecnologia e acabar com a exclusividade dos kits. No Brasil, por exemplo, o Deco M5 custa cerca de R$ 1.200, o que acaba dificultando a difusão da tecnologia.

Entretanto, a Wi-Fi Alliance ainda não confirmou quando os primeiros roteadores com a certificação devem chegar ao mercado. O EasyMesh não é um protocolo obrigatório, ou seja, cada empresa pode decidir se vai ou não incluir nos seus roteadores. Além disso, como lembra o The Verge, a adoção pode esbarrar em estratégias comerciais das próprias fabricantes. Uma empresa poderia optar que o seu ecossistema de Wi-Mesh permaneça fechado, por exemplo.

Como melhorar o sinal da rede Wi-Fi? Descubra no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo