Por Lucas Schuenck, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp
NTC vence Isurus e se aproxima da vaga na ESL One: Belo Horizonte NTC vence Isurus e se aproxima da vaga na ESL One: Belo Horizonte

A equipe brasileira de CS:GO da Não Tem Como derrotou a line up argentina da Isurus Gaming, na noite desta quinta-feira (3), e se manteve viva na disputa da vaga única para a ESL One: Belo Horizonte. O time de Lincoln "fnx" Lau venceu a série, válida pela qualificatória sulamericana do torneio que distribuirá US$ 200 mil, cerca de R$ 850 mil em premiações, por dois a um, com boa atuação contra os hermanos.

Com atuação coletiva impecável e rounds de impacto de todos os jogadores brasileiros, a NTC iniciou sua vitória na Overpass, mapa de escolha da Isurus. Começando do lado contra-terrorista, fnx, Marcelo "chelo" Cespedes, João "felps" Vasconcelos, Bruno "bit" Lima, Vito "kNg" Giuseppe e o técnico Alessandro "Apoka" Marcucci mostraram o quanto querem participar do campeonato que acontecerá no Brasil. Sem dar nenhum tipo de espaço para o adversário, venceram a primeira metade de forma quase perfeita: 12 rounds a três.

Na virada, o ímpeto não diminuiu. Garantindo o pistol e cedendo apenas um round, a equipe brasileira fechou o primeiro mapa da série de forma esmagadora: 16x4.

Na Train, segundo jogo da série, a NTC começou do lado terrorista, reconhecido por ser o menos favorecido do mapa. A equipe, entretanto, não se intimidou e mostrou que está em excelente sinergia ao colecionar boas entradas em ambos os bombs, com todos seus jogadores mantendo as boas atuações apresentadas na Overpass: 11x4.

A Isurus acordou. Ao ser dominada por praticamente um mapa e meio, a equipe argentina demonstrou o porque de ser uma das melhores equipes da América do Sul. Liderados por Nicolas "NikoM" Miozzi, os hermanos buscaram o jogo e, com um lado terrorista impecável, empataram a série ao vencer o mapa por 16 rounds a 13.

No sufoco

Nada melhor para uma série equilibrada que um mapa final equilibrado. Este foi o tom que reinou na Mirage, que definiu a vitória da Não Tem Como. Começando do lado contra-terrorista, em uma longa troca de rounds de ambos os lados, a equipe brasileira virou na frente: nove rounds a seis.

Na virada, a Isurus venceu o pistol mas perdeu o round anti econômico, o que garantiu a vantagem para fnx e companhia. Foi a vez de kNg aparecer. Com muitas eliminações e alto impacto de jogo, o jogador liderou a NTC para a vitória, por 16 rounds a nove. Para garantir a vaga, entretanto, a Não Tem Como precisará superar a FURIA na grande final das qualificatórias, que acontecerá no dia nove de maio.

Experiência em jogo

Bruno "bit" Lima protagonizou a jogada mais bonita da série contra a Isurus Gaming — Foto: Reprodução/Facebook Bruno "bit" Lima protagonizou a jogada mais bonita da série contra a Isurus Gaming — Foto: Reprodução/Facebook

Bruno "bit" Lima protagonizou a jogada mais bonita da série contra a Isurus Gaming — Foto: Reprodução/Facebook

A jogada de destaque do jogo ficou por conta de Bruno "bit" Lima. Com apenas um ponto de vida e uma glock, o jogador eliminou três oponentes para garantir o round de pistolas para a NTC. Em um time de jogadores muito habilidosos, bit é um jogador com papel de liderança e experiência, que agrega ao jogo com sua leitura de anos de CS:GO. O capitão mostrou que também não deve ser subestimado e que, para cima dele, também Não Tem Como.

MAIS DO TechTudo