Por Felipe Vinha, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Battlefield 5 foi anunciado pela EA e tem seu lançamento confirmado para 19 de outubro, no PS4, Xbox One e PC, via Origin, prometendo uma nova interpretação realista da Segunda Guerra Mundial. O game chega após o sucesso de Battlefied 1, lançado em 2016, mas trata de mudar uma série de aspectos entre ele e este novo título, a começar pelo cenário principal. Além disso, outra mudança de grande destaque está na forma como a empresa escolheu monetizar a aventura, sem cobrar por pacotes adicionais de conteúdo. Saiba as principais mudanças e fique por dentro das novidades:

Battlefield V será lançado em outubro — Foto: Divulgação/EA Battlefield V será lançado em outubro — Foto: Divulgação/EA

Battlefield V será lançado em outubro — Foto: Divulgação/EA

Ambientação

A mudança mais óbvia de todas está no cenário principal da aventura. Battlefield 1 se passa na Primeira Guerra Mundial, um conflito extremamente importante para a história do mundo, mas muito mais antigo – no mundo real, ele ocorreu entre 1914 e 1918.

Battlefield 5 — Foto: Divulgação/EA Battlefield 5 — Foto: Divulgação/EA

Battlefield 5 — Foto: Divulgação/EA

Já Battefield 5 avança um pouquinho nos anos e se volta para a Segunda Guerra Mundial, da década de 40. A nova ambientação também é um retorno às raízes da saga, já que os títulos mais recentes mostravam apenas conflitos modernos – e isso inclui o concorrente, Call of Duty.

Extras pagos

Como anunciado pela EA, Battlefield 5 não terá extras pagos: isto é, nada de pagar por pacotes de mapas adicionais ou lidar com microtransações. Vale lembrar que a empresa teve grandes problemas com este tipo de aproximação em Star Wars Battlefront 2 e se viu obrigada a remover as cobranças do game.

Battlefield 5 — Foto: Divulgação/EA Battlefield 5 — Foto: Divulgação/EA

Battlefield 5 — Foto: Divulgação/EA

Em Battlefield 1, pelo menos quatro expansões foram lançadas: They Shall Not Pass, In The Name of the Tsar, Turning Tides e Apocalypse. De acordo com a EA, a remoção de cobranças também ajuda a não dividir a comunidade do game, que pode jogar unida, sempre, o multiplayer.

Mais voltado para o multiplayer

Battlefield 5 ainda terá campanha para um jogador, ou algo que parece muito com isso, como foi visto no primeiro trailer. Porém, ele será muito mais voltado para a experiência multiplayer, principalmente para jogar em grupos, ou em uma “party”, como os norte-americanos chamam. Assim, ele terá o sistema de Companhias, para agregar jogadores e personagens diversos.

Battlefield 5 — Foto: Divulgação/EA Battlefield 5 — Foto: Divulgação/EA

Battlefield 5 — Foto: Divulgação/EA

Já Battlefield 1 também teve um imenso foco no multiplayer, mas de maneira um pouco mais tradicional, menos inovadora do que o novo título promete ser – por mais que tenha sido uma experiência caprichada.

Por ora, estas são as principais diferenças confirmadas entre os dois títulos. Com o tempo, mais elementos vão surgir, conforme a EA revelar mais detalhes sobre o jogo e os primeiros testes locais ocorrerem.

Qual game é melhor: Battlefield ou Call Of Duty? Diga sua opinião no fórum do TechTudo!

MAIS DO TechTudo