Campeonatos

Por Lucas Schuenck, para o TechTudo


A equipe majoritariamente brasileira de Counter-Strike: Global Offensive da SK Gaming, venceu, nesta quinta (24), a zebra AVANGAR na final da Adrenaline Cyber League 2018 por três mapas a um. A conquista é o primeiro título no ano do time de Marcelo “coldzera” David, que terminou 2017 na primeira colocação do ranking da HLTV.

Para sagrar-se campeã, a equipe SK Gaming, que conta hoje com os brasileiros coldzera, Gabriel “FalleN” Toledo, Fernando “fer” Alvarenga, Ricardo “boltz” Prass e com o americano Jacke “Stewie2K” Yip teve que se superar. O início da série final, que foi uma melhor de cinco mapas, começou a favor da AVANGAR que dominou a Cache, com alta contribuição de Ali “Jame” Djami, que somou 21 eliminações e apenas oito mortes: 16 rounds a 7.

FalleN foi o destaque da Mirage na final da ACL 2018 — Foto: Reprodução/Twitter FalleN FalleN foi o destaque da Mirage na final da ACL 2018 — Foto: Reprodução/Twitter FalleN

FalleN foi o destaque da Mirage na final da ACL 2018 — Foto: Reprodução/Twitter FalleN

O segundo embate aconteceu na Mirage e foi a vez do verdadeiro provar seu valor. Em sua melhor partida desde que passou o posto de capitão para coldzera, FalleN comandou o empate da equipe contribuindo com 20 eliminações e morrendo apenas 13 vezes.

Em destaque, o sniper brasileiro também foi capaz de se superar em uma situação de clutch: sozinho, contra três inimigos na região do bombsite B, eliminou dois, plantou a bomba e concluiu o abate do terceiro. O mapa consolidou o empate da SK Gaming, vencendo por 16 rounds a 9.

De volta ao caminho das vitórias

O mapa de desempate ficou por conta da Inferno. A equipe brasileira, muito mais à vontade do que nos últimos dois mapas, concretizou a virada contando com boas atuações de coldzera e fer. O atual capitão da equipe dominou ambos os lados CT e TR, com uma diferença de frag de +19 (29 eliminações contra 10 mortes). Com todas as peças fundamentais do time jogando em alto nível, a AVANGAR não teve chance e assistiu, apática, a solidez do time adversário: 16 a 6.

Coldzera dominou o mapa da Inferno e deu a chance da SK conquistar o primeiro título do ano — Foto: Reprodução/Facebook SK Gaming Coldzera dominou o mapa da Inferno e deu a chance da SK conquistar o primeiro título do ano — Foto: Reprodução/Facebook SK Gaming

Coldzera dominou o mapa da Inferno e deu a chance da SK conquistar o primeiro título do ano — Foto: Reprodução/Facebook SK Gaming

Ao conquistar a vantagem de dois mapas a um, a SK Gaming teve a chance de conquista seu primeiro título em 2018 – e não a desperdiçou. Em atuação de gala, a equipe majoritariamente brasileira massacrou seus adversários, não ficando atrás do placar em nenhum momento: 16 rounds a 3.

O título do campeonato, embora não tenha sido de nível premiere, serve para a retomada de confiança da equipe, que vinha passando por um mal momento. Além disso, como premiação, levaram para casa a quantia de US$ 65 mil, cerca de R$ 230 mil.

Confira as pontuações de todos os jogadores da série

SK Gaming

Marcelo "coldzera" David 82/52
Fernando "fer" Alvarenga 77/59
Jake "Stewie2K" Yip 71/61
Gabriel "FalleN" Toledo 61/48
Ricardo "boltz" Prass 53/57

AVANGAR

Ali "Jame" Djami 59/56
Dmitry "dimasick" Matvienko 57/72
Timur "buster" Tulepov 56/70
Alexey "qikert" Golubev 50/71
Aidyn "KrizzeN" Turlybekov 55/75
Mais do TechTudo