Spotify Premium vale a pena? Veja a diferença para o app grátis

Veja todas as mudanças anunciadas pela empresa e saiba como fica o comparativo entre as versões Premium e Free do serviço

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Paulo Alves, para o TechTudo

O Spotify mudou a versão gratuita do app para Android e iPhone (iOS) a fim de deixá-la mais atrativa. Na recente atualização do aplicativo do serviço, usuários não pagantes terão mais flexibilidade para ouvir músicas, com funções antes restritas aos assinantes. A medida tem o objetivo de aumentar a base de inscrições gerais na plataforma e, assim, incentivar a adesão de mais pessoas ao serviço pago.

Mas, será que, com a melhoria prometida, vale a pena mesmo investir no Spotify Premium? Confira abaixo oito pontos a serem levados em consideração antes de decidir.

Quatro funções do Spotify que você precisa conhecer

Quatro funções do Spotify que você precisa conhecer

Anúncios

O Spotify grátis é uma versão que exibe anúncios de áudio no meio da reprodução de músicas. Essa característica não muda com a chegada do novo app para celular, então segue como um ponto negativo para quem opta por não assinar o serviço completo. A variante free traz publicidade a cada 30 minutos de música tocada no smartphone ou no PC. A única maneira de remover propagandas é por meio da assinatura do Premium.

Pular faixas

Assinantes do Spotify podem pular, repetir e voltar faixas de forma ilimitada, tanto em playlists e álbuns quanto em perfis de artistas. Embora permaneça restrito, o Spotify Free fica melhor que antes com a atualização mais recente. Em algumas playlists feitas pelo Spotify, é possível pular e repetir ou selecionar manualmente faixas específicas sem limites. As listas abertas não trazem o símbolo de shuffle (aleatório) marcado.

No restante das músicas (com a marcação de shuffle), usuários free seguem com a possibilidade de ouvir apenas em ordem aleatória. Além disso, podem avançar apenas seis vezes a cada hora de reprodução. Segundo o Spotify, o app alerta sobre a quantidade de avanços disponíveis.

Playlists

O novo app do Spotify traz um recurso inteligente capaz de adicionar músicas automaticamente a playlists criadas pelo usuário. Conforme são colocadas novas faixas, o programa adiciona itens de artistas similares para compor a seleção. É possível ver quais canções foram incluídas manualmente e quais foram acrescentadas pelo sistema automatizado. O recurso está presente tanto no Spotify Premium quanto no Free.

Na versão sem custo, porém, somente as playlists geradas automaticamente pelo serviço e sem a marcação de aleatório podem ser reproduzidas livremente.

Rádio

O Spotify Radio é um recurso útil para quem prefere não navegar entre as playlists da plataforma para começar a ouvir um setlist de faixas de determinado estilo musical. No entanto, essa é uma das funções que deixou a versão gratuita. A partir da atualização do aplicativo móvel, apenas assinantes poderão selecionar um artista e criar uma estação personalizada com músicas dele e de cantores e bandas similares.

Função de rádio vira exclusividade do Spotify Premium (Foto: Reprodução/Paulo Alves) Função de rádio vira exclusividade do Spotify Premium (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Função de rádio vira exclusividade do Spotify Premium (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Ouvir offline

Só quem paga pelo Spotify Premium pode baixar playlists, álbuns ou faixas individuais para ouvir sem Internet. A função sempre se manteve presente apenas para assinantes, e não chega aos usuários Free na atualização do aplicativo. Isso significa que quem optar por não desembolsar mensalidade, pode escutar músicas apenas com conexão ativa, seja Wi-Fi ou 4G. Neste último caso, porém, há um novo benefício: usuários pagos ou gratuitos podem ativar um recurso de economia de dados para consumir menos megabytes do plano de celular enquanto usam o serviço.

Só usuários do Premium podem baixar músicas (Foto: Reprodução/Paulo Alves) Só usuários do Premium podem baixar músicas (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Só usuários do Premium podem baixar músicas (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Qualidade

Outra característica que segue exclusividade do Spotify Premium é o streaming em alta qualidade. Com ele, os assinantes podem reproduzir faixas com a qualidade "Extrema", disponível nas configurações do app. Com esse ajuste ativado, o serviço passa a transmitir áudio a 320 kb/s, muito acima dos 96 kb/s definidos por padrão na qualidade "Normal" do Spotify Free. Com um pacote maior enviado via Internet, a música oferece experiência sonora geral mais aprimorada, especialmente na reprodução de graves.

Só com Premium é possível ouvir nas qualidades Alta e Extrema (Foto: Reprodução/Paulo Alves) Só com Premium é possível ouvir nas qualidades Alta e Extrema (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Só com Premium é possível ouvir nas qualidades Alta e Extrema (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Coleção pessoal

A biblioteca pessoal de músicas do usuário deixa de integrar o Spotify na versão gratuita para celular. A partir da alternativa mais recente, as faixas importadas da memória do telefone ficam disponíveis somente no menu de favoritos, e não podem mais ser reproduzidas no modo offline. Isso significa que o Spotify deixa de funcionar como um player de comum de MP3, na falta de uma conexão à internet. O recurso se torna uma exclusividade do pacote Premium.

Preço e custo-benefício

As vantagens do Spotify Premium requerem um investimento mensal de R$ 16,90, com direito a 30 dias grátis. Há ainda outros dois planos: um familiar, com preço de R$ 26,90 para seis pessoas, e a versão estudantil, por R$ 8,50 mensais. Qualquer modalidade traz os mesmos benefícios em termos de funcionalidades.

O Spotify gratuito ficou certamente mais atrativo com as novas funções, mas continua uma alternativa viável apenas para quem tem Internet disponível o tempo todo. Com a conta grátis, é preciso ter Wi-Fi ou 4G ativo para ouvir, já que o aplicativo deixa de ser uma opção para ouvir sua coleção pessoal de MP3. Caso você tenha um plano de dados generoso ou Wi-Fi sempre por perto, as playlists abertas da versão grátis oferecem um motivo a menos para migrar para o Premium.

Qual é o melhor streaming de música? Comente no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo