Por Paulo Alves, para o TechTudo

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Em maio, o Google apresentou o Android P, nova versão do sistema, desta vez com foco em inteligência artificial. O universo mobile também ganhou lançamentos da Samsung, Motorola e Sony no Brasil – os smartphones do segmento intermediário chegam com recursos avançados e preços para quase todos os bolsos.

Nos Estados Unidos, o TechTudo fez a cobertura completa da chegada do LG G7 ThinQ, modelo premium da LG. Além disso, houve o início do bloqueio de celulares piratas no Brasil, enquanto a Apple tomou uma nova medida relacionada a baterias defeituosas do iPhone. A seguir, relembre tudo o que marcou o último mês.

Android P: saiba tudo sobre o sistema operacional

Android P: saiba tudo sobre o sistema operacional

Android P

Inteligência artificial é o foco do Android P, sistema anunciado durante o congresso Google I/O 2018. A plataforma passa a usar IA para prever comportamentos do usuário e oferecer recursos úteis, que passam pelo consumo mais eficiente da bateria e ajuste do brilho conforme o histórico de uso. Segundo o Google, o novo Android saberá quais apps priorizar para não gastar energia de maneira desnecessária.

O sistema também irá segmentar aplicativos e oferecer ações. Ao pesquisar por “Uber” no celular, por exemplo, o usuário poderá chamar um carro com um toque, sem precisar abrir o app. Esse tipo de facilidade promete surgir também na tela que concentra todos os programas instalados.

Controle de bateria adaptativa no Android P — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo Controle de bateria adaptativa no Android P — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

Controle de bateria adaptativa no Android P — Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo

Novos celulares intermediários a partir de R$ 899

A Motorola anunciou dois smartphones em maio, começando pelo Moto E5. O celular chegou por R$ 899, mais caro que gerações anteriores, mas com o mesmo apelo: oferecer bateria de longa duração. Segundo a empresa, a carga de 4.000 mAh permite até 32 horas de uso. Outro destaque é a tela no formato 18:9, presente pela primeira vez na linha Moto E.

Câmera do novo Moto E5 tem 13 megapixels — Foto: Divulgação/Motorola Câmera do novo Moto E5 tem 13 megapixels — Foto: Divulgação/Motorola

Câmera do novo Moto E5 tem 13 megapixels — Foto: Divulgação/Motorola

Segundo lançamento do mês, o Moto E5 Plus tem bateria ainda maior, de 5.000 mAh. A promessa da fabricante é uma duração de até 40 horas. O smartphone traz também display de 6 polegadas com formato 18:9, memória RAM de 2 GB e processador Snapdragon 425, de 4 núcleos. O preço é de R$ 949.

Moto E5 Plus com câmera dupla e leitor de digitais na parte traseira — Foto: Divulgação/Motorola Moto E5 Plus com câmera dupla e leitor de digitais na parte traseira — Foto: Divulgação/Motorola

Moto E5 Plus com câmera dupla e leitor de digitais na parte traseira — Foto: Divulgação/Motorola

A Samsung lançou no Brasil o Galaxy J7 Duo, o primeiro da linha J a trazer câmera dupla. O recurso, normalmente presente em modelos mais caros, permite capturar imagens com o Modo Retrato – efeito que desfoca o fundo de uma imagem, deixando uma pessoa em destaque. O J7 Duo tem tela de 5,5 polegadas com painel em Super AMOLED e resolução HD. O preço sugerido é de R$ 1.299.

Galaxy J7 Duos é o primeiro intermediário da Samsung com dual camera — Foto: Reprodução/Samsung Galaxy J7 Duos é o primeiro intermediário da Samsung com dual camera — Foto: Reprodução/Samsung

Galaxy J7 Duos é o primeiro intermediário da Samsung com dual camera — Foto: Reprodução/Samsung

A Sony lançou o Xperia XA2 no no Brasil por R$ 1.699. O smartphone busca atrair usuários ao oferecer na caixa um cartão de memória de 32 GB e fone de ouvido com abafador. A ficha técnica inclui sensor Exmor de 23 MP na câmera traseira, além de câmera frontal de 8 MP. A bateria é de 3.300 mAh e a versão do Android é a mais recente, o Android Oreo.

Xperia XA2 tem leitor de digitais na parte de trás — Foto: Divulgação / Sony Xperia XA2 tem leitor de digitais na parte de trás — Foto: Divulgação / Sony

Xperia XA2 tem leitor de digitais na parte de trás — Foto: Divulgação / Sony

Lançamento do LG G7: especificações potentes e duas edições

A LG apresentou sua nova aposta para o segmento de celulares premium, o LG G7 ThinQ. O modelo com recursos similares ao rival Galaxy S9 traz ficha técnica compatível com os melhores modelos do mercado em 2018, incluindo o processador Snapdragon 845 e a câmera aprimorada com inteligência artificial. Ao tirar fotos, o smartphone analisa o cenário de maneira inteligente para efetuar ajustes automaticamente.

Outro destaque está na tela mais alongada (formato 19:5) que traz o polêmico recorte do iPhone X. O aparelho também recebeu certificação IP68 para suportar mergulho em água doce por alguns minutos. Outra mudança está na presença de duas edições: uma normal, com memória RAM de 4 GB e armazenamento de 64 GB, e uma Plus, com 6 GB de memória RAM e 128 GB de espaço interno.

LG G7: conheça a ficha técnica do top de linha da LG de 2018

LG G7: conheça a ficha técnica do top de linha da LG de 2018

Bloqueio de celulares piratas

A Anatel iniciou, em maio, o bloqueio a celulares piratas no Brasil. A operação teve início em Goiás e no Distrito Federal. Smartphones não-certificados ou que têm o IMEI clonado, habilitados a partir de 22 de fevereiro, perderam acesso à rede celular – impossibilitando o uso de internet móvel e ligações. Os aparelhos ficam apenas disponíveis para o uso em redes Wi-Fi.

A medida visa conter a venda de aparelhos piratas, vistos como prejudiciais à saúde do usuário e às redes celulares do país. É esperada também a diminuição de furtos e roubos de aparelhos com o objetivo de adulterar o IMEI para revenda. Celulares certificados por órgãos estrangeiros equivalentes à Anatel não passam pelo bloqueio, livrando fabricantes como Xiaomi, Huawei e Oppo.

Anatel começou a bloquear celulares piratas no Brasil começando por Goiás e DF — Foto: Divulgação/Anatel Anatel começou a bloquear celulares piratas no Brasil começando por Goiás e DF — Foto: Divulgação/Anatel

Anatel começou a bloquear celulares piratas no Brasil começando por Goiás e DF — Foto: Divulgação/Anatel

Cartões de crédito digitais

O TechTudo fez um apanhado de informações sobre serviços de cartão de crédito digital, que viraram febre nas mãos de empresas como Nubank e, mais recentemente, Agibank e Credicard Zero. A diferença está principalmente na forma de solicitar o plástico, que é completamente online e sem burocracia.

Além disso, os produtos apostam na isenção de anuidade, ausência de taxas de manutenção e atendimento unicamente via celular. Nubank, Agibank, Pag e Credicard Zero trazem aplicativos para Android e iPhone (iOS), por onde o cliente solicita a abertura de crédito e faz todas as operações financeiras sem precisar se deslocar para uma agência.

Cartões virtuais como o da Nubank funcionam pelo celular — Foto: Barbara Mannara/TechTudo Cartões virtuais como o da Nubank funcionam pelo celular — Foto: Barbara Mannara/TechTudo

Cartões virtuais como o da Nubank funcionam pelo celular — Foto: Barbara Mannara/TechTudo

Reembolso da Apple

A Apple decidiu reembolsar consumidores brasileiros que pagaram do próprio bolso para trocar a bateria de celulares a partir do iPhone 6. A medida veio após a polêmica em torno da redução proposital da velocidade de celulares com bateria degradada.

Antes, a empresa já havia reduzido o preço de baterias de reposição. Quem comprou uma nova bateria nas lojas oficiais da Apple antes da redução de preço poderá solicitar reembolso de R$ 300. O benefício vale para reparos realizados ao longo de 2017.

iPhone: quatro dicas para aumentar a duração da bateria

iPhone: quatro dicas para aumentar a duração da bateria

Qual o smartphone com melhor processador? Usuários trocam dicas no Fórum TechTudo

MAIS DO TechTudo