Times

Por Gabriel Oliveira, para o TechTudo


O anúncio da contratação da antiga line up da Black Dragons pela Ninjas in Pyjamas sacudiu o mercado de Rainbow Six: Siege. A equipe formada por João "Kamikaze" Gomes, Gustavo "Psycho" Rigal, Pedro "pzd" Dutra, Julio "julio" Giacomelli e Wagner "wag" Alfaro conquistou títulos importantes e fez boas campanhas pela org brasileira. Apesar disso, o time bateu na trave na hora de ganhar um título internacional.

Nas linhas a seguir, você confere os melhores momentos da line up desde a sua formação, ainda nos tempos de V3. Veja como a equipe cresceu até se tornar uma das principais forças do Rainbow Six brasileiro e mundial, além dos desafios que estão por vir, a partir de agora, pela organização sueca.

V3 foi a única equipe a tirar um mapa da Penta na ESL Pro League Finals 2017: Season 1  — Foto: Reprodução/YouTube Ubisoft e-Sports V3 foi a única equipe a tirar um mapa da Penta na ESL Pro League Finals 2017: Season 1  — Foto: Reprodução/YouTube Ubisoft e-Sports

V3 foi a única equipe a tirar um mapa da Penta na ESL Pro League Finals 2017: Season 1 — Foto: Reprodução/YouTube Ubisoft e-Sports

Pro League Finals 2017: Season 1 - Semifinalistas (V3)

Psycho, Kamikaze e pzd já formavam a base da atual line up contratada pela NiP. No entanto, em sua primeira competição internacional de Rainbow Six, ainda pela V3 Masters, eles contavam com a companhia de Thiago "Thyy" Nycézio e Rafael "GeRe" Torres. Na season 1 de 2017 das finais mundiais da ESL Pro League, a equipe fez boa campanha e só caiu na semifinal.

Na estreia contra os americanos da Vertical Gaming, a vitória foi tranquila por 2 a 0 (6 x 4 na Border e 5 x 1 na Clubhouse. Na semifinal, a V3 acabaria derrotada pela Penta Sports, mas foi a única equipe no torneio a tirar um mapa dos europeus na derrota por 2 a 1 (5 x 2 na Chalet, 2 x 5 na Consulate e 2 x 5 na Bank.). A equipe conquistou o prêmio de US$ 15 mil (R$ 55,8 mil, em conversão direta).

Brasileirão 2017: Season 1 - Campeões (Black Dragons)

Após campanha praticamente impecável, Black Dragons conquistou o Brasileirão 2017: Season 1 — Foto: Divulgação/Ubisoft e-Sports Após campanha praticamente impecável, Black Dragons conquistou o Brasileirão 2017: Season 1 — Foto: Divulgação/Ubisoft e-Sports

Após campanha praticamente impecável, Black Dragons conquistou o Brasileirão 2017: Season 1 — Foto: Divulgação/Ubisoft e-Sports

Jogando pela Black Dragons e com Nino "ninexT" Pavolini na vaga de GeRe, a equipe fez uma boa campanha em seu primeiro campeonato pela nova organização. Na season 1 do Brasileirão 2017, a BD terminou em segundo lugar no grupo B, após derrota na estreia para a Team Fontt (0 x 2) e duas vitórias sobre Operation Kino (2 x 1) e Merciless Gaming (2 x 0).

Na semifinal, a equipe dominou a paiN Gaming na semifinal por 2 a 0 (5 x 3 na Chalet e 5 x 1 na Consulate). Na grande decisão, a Black Dragons encarou a BRK, de Léo "Zigueira" Duarte e André "nesk" Oliveira, mas não tomou conhecimento das raposas e aplicou um 3 a 0 (5 x 0 na Consulate, 5 x 3 na Border e 5 x 1 na Bank), faturando um prêmio de R$ 18 mil.

Pro League LATAM 2017: Season 3 - Campeões (Black Dragons)

Com julio e wag na formação, Black Dragons conquistou a Pro League LATAM 2017: Seson 3 — Foto: Reprodução/Facebook Black Dragons Com julio e wag na formação, Black Dragons conquistou a Pro League LATAM 2017: Seson 3 — Foto: Reprodução/Facebook Black Dragons

Com julio e wag na formação, Black Dragons conquistou a Pro League LATAM 2017: Seson 3 — Foto: Reprodução/Facebook Black Dragons

Após o título brasileiro, a Black Dragons foi forçada a promover duas mudanças na line up. Com as saídas de Thyy e ninexT do competitivo de Rainbow Six, julio e wag finalmente entraram na equipe que permanece até hoje, e a estreia da nova formação veio com o título invicto da Pro League LATAM 2017: Season 3. Pelo grupo B, o time venceu com tranquilidade as partidas contra paiN Gaming e BRK, ambas por 2 a 0.

Na semifinal, a BD despachou a Encore, de Thiago "S3xyCake" Reis, por 2 a 0 (6 x 4 na Consulate e 5 x 2 na Oregon. A decisão contra a Team Fontt (atual line up da FaZe Clan) foi o único jogo em que a Black Dragons perdeu um mapa. O título e a vaga como cabeça-de-chave nas finais mundiais da Pro League vieram em um 2 a 1 de virada (4 x 6 na Consulate, 5 x 2 na Clubhouse e 5 x 2 na Kafe Dostoyevsky).

Pro League Finals 2017: Season 3 - vice-campeões (Black Dragons)

Black Dragons terminou com vice-campeonato da ESL Pro League 2017: Season 3 após derrota para a ENCE — Foto: Divulgação/ESL Black Dragons terminou com vice-campeonato da ESL Pro League 2017: Season 3 após derrota para a ENCE — Foto: Divulgação/ESL

Black Dragons terminou com vice-campeonato da ESL Pro League 2017: Season 3 após derrota para a ENCE — Foto: Divulgação/ESL

Com direito a Arena MAX5 lotada, em São Paulo, a Black Dragons fez uma grande campanha no primeiro mundial da nova line up, mas não levou o título. Na estreia, o time de Psycho, Kamikaze e companhia atropelou os americanos da 1nFamy por 2 x 0 (6 x 4 na Clubhouse e 5 x 0 na Oregon). Na sequência, a BD surpreendeu a Penta Sports, time mais vencedor da história do Rainbow Six, com um dominante 2 x 0 (5 x 3 na Chalet e 5 x 2 na Clubhouse).

Embalada com a excelente vitória e empurrada pela fanática torcida, a BD chegou como favorita contra os finlandeses da ENCE eSports, mas foi surpreendida na grande decisão. Após perder no mapa Oregon por 5 x 2, os brasileiros chegaram a abrir 4 x 0 na Chalet, mas permitiram uma virada da ENCE para 6 x 4 e terminaram com o vice-campeonato, levando o prêmio de US$ 30 mil (R$ 98,3 mil).

Brasileirão 2017: Season 2 - Vice-campeões (Black Dragons)

Com Psycho, wag, pzd, Kamikaze e Julio, Black Dragons foi vice-campeã do Brasileirão 2017: Season 2 — Foto: Divulgação/Black Dragons Com Psycho, wag, pzd, Kamikaze e Julio, Black Dragons foi vice-campeã do Brasileirão 2017: Season 2 — Foto: Divulgação/Black Dragons

Com Psycho, wag, pzd, Kamikaze e Julio, Black Dragons foi vice-campeã do Brasileirão 2017: Season 2 — Foto: Divulgação/Black Dragons

A temporada de 2017 da Black Dragons se encerrou com mais uma boa campanha e a quarta final no ano da equipe. Dessa vez, porém, o título nacional não veio. Pelo grupo B do Brasileirão 2017: Season 2, a equipe estreou com vitória por 2 a 1 sobre a paiN. Na sequência, duas vitórias por 2 a 0 sobre INTZ e NoX Gaming, e vaga garantida às semifinais.

No duelo contra a Encore, a BD teve uma boa atuação e aplicou um duplo 5 x 0 nos mapas Oregeon e Border. No entanto, a decisão contra a FaZe foi marcada pelo domínio completo dos adversários, que aplicaram um sonoro 3 a 0 (5 x 1 na Consulate, 6 x 4 na Clubhouse e 5 x 2 na Oregon. Com o vice-campeonato, os dragões faturaram R$ 10 mil.

Six Invitational 2018 - Semifinalistas (Black Dragons)

Black Dragons foi o time brasileiro de melhor campanha no Six Invitational 2018 — Foto: Divulgação/Black Dragons Black Dragons foi o time brasileiro de melhor campanha no Six Invitational 2018 — Foto: Divulgação/Black Dragons

Black Dragons foi o time brasileiro de melhor campanha no Six Invitational 2018 — Foto: Divulgação/Black Dragons

O último torneio internacional da equipe de Psycho, Kamikaze, pzd, julio e wag pela Black Dragons foi marcado por mais uma boa campanha, mas o título mundial não veio. Pelo Six Invitational 2018, a equipe terminou a primeira fase como líder do grupo C, após vitórias de 2 a 1 sobre os compatriotas da YEAH! Gaming e de 2 a 0 em cima dos franceses da Supremacy.

Nas quartas-de-final, a BD teve sua melhor atuação no torneio sobre os australianos da Mindfrak (atual Fnatic), com um excelente 2 a 0 (5 x 1 na Consulate e 5 x 0 na Oregon). Na semifinal, os brasileiros encararam a Penta, mas não houve espaço para uma nova vitória sobre o "dream team" da Europa, que dominou o jogo e venceu por 2 a 0 (5 x 2 na Bank e 5 x 3 na Border). A equipe se despdiu da competição com um prêmio de US$ 40 mil (R$ 129,5 mil).

Último compromisso pela BD e desafios com a NiP

Brasileirão de Rainbow Six será a última competição de Psycho, Kamikaze, pzd, julio e wag pela Black Dragons — Foto: Divulgação/Ubisfot eSports Brasileirão de Rainbow Six será a última competição de Psycho, Kamikaze, pzd, julio e wag pela Black Dragons — Foto: Divulgação/Ubisfot eSports

Brasileirão de Rainbow Six será a última competição de Psycho, Kamikaze, pzd, julio e wag pela Black Dragons — Foto: Divulgação/Ubisfot eSports

Mesmo com o anúncio da contratação pela Ninjas in Pyjamas, Psycho, Kamikaze, pzd, julio e wag ainda defenderão a BD até o fim do Brasileirão 2018, que só termina em setembro. Como já garantiu a segunda melhor campanha na fase de pontos, a equipe já está classificada automaticamente para a semifinal da competição.

Paralelamente, a nova line up da NiP já tem o seu primeiro compromisso pela organização sueca: a Pro League LATAM Season 8. O campeonato será disputado de 20 junho a 24 de outubro, pela primeira vez em formato de liga, e garante duas vagas, para campeão e vice, às finais mundiais da Pro League, que serão realizadas entre 17 e 18 de novembro no Rio de Janeiro.

Além disso, a equipe também participará do qualificatório latino-americano do Six Major Paris, torneio que será realizado de 13 a 19 de agosto na capital francesa e distribuirá em premiação US$ 350 mil (R$ 1,344 milhão, na cotação atual). Somente o campeão se classifica.

Outra forma de garantir a vaga no segundo torneio de premiação mais alta no Rainbow Six é com título da DreamHack Valencia, que ocorre entre 13 e 14 de julho, na Espanha. O torneio distribui US$ 50 mil (R$ 190,5 mil) em premiação, sendo US$ 25 mil (R$ 95,3 mil) ao campeão.

Qual é o melhor jogo de tiro FPS? Comente no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo