Drone GoPro Karma é bom? Veja análise de recursos e preço no Brasil

Quadricóptero passou por recall logo após o lançamento e, em 2018, teve o fim da produção anunciado; saiba se ainda vale a pena comprar

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo

O Karma é o drone da GoPro, com design dobrável para facilitar o transporte e suporte para acoplar as principais câmeras de ação da fabricante. Lançado em 2016, o modelo passou por um recall por conta de uma falha grave na bateria logo após o início das vendas. Em janeiro de 2018, a marca anunciou que o produto seria descontinuado, uma vez que "não foi capaz de superar a competitividade do mercado de dispositivos aéreos". Apesar disso, o quadricóptero continua disponível até que acabem os estoques.

No Brasil, o equipamento começou a ser vendido por R$ 8 mil, mas atualmente é possível encontrá-lo por cerca de R$ 4 mil – ou R$ 6 mil, junto à Hero6 Black. Antes de investir no GoPro Karma, confira a análise completa dos recursos do drone e saiba se ainda vale a pena comprar.

GoPro Karma: confira as primeiras impressões

GoPro Karma: confira as primeiras impressões

Ficha técnica

  • Lançamento: setembro de 2016
  • Preço no Brasil: R$ 4 mil (R$ 6 mil com a Hero6 Black)
  • Tamanho aberto: 30,3 x 41,1 x 11,7 cm
  • Tamanho dobrado: 36,5 x 22,4 x 3,9 cm
  • Peso: 1 kg
  • Velocidade máxima: 54 km/h
  • Distância máxima: 3 km
  • Altitude máxima: 3.200 km
  • Tempo de voo: 20 minutos

Design

O design do Karma promete ser um diferencial: dobrável, o modelo tem transporte fácil para qualquer lugar de voo e gravação. Fechado, o drone mede 36,5 x 22,4 x 3,9 cm, tamanho que deve caber em uma mochila tradicional. Quando aberto, o modelo fica com 30,3 cm x 41,1 x 11,7 cm.

GoPro Karma tem corpo dobrável para facilitar o transporte e acompanha controle remoto (Foto: Viviane Werneck/TechTudo) GoPro Karma tem corpo dobrável para facilitar o transporte e acompanha controle remoto (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

GoPro Karma tem corpo dobrável para facilitar o transporte e acompanha controle remoto (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

O drone tem o corpo nas cores branca e preta, quatro hélices em preto e peso de 1 kg. Há ainda um controle remoto que lembra o design de um joystick de videogame e um estabilizador que devem acompanhar o equipamento, além da case para transporte.

Câmera

O Karma não tem câmera embutida. Por ser da GoPro, o aparelho funciona com as action cams da fabricante, que podem ser acopladas em uma peça na parte da frente do quadricóptero. Dessa forma, a resolução depende sempre do equipamento escolhido para integrar ao drone.

A Hero4 Silver, Hero4 Black, Hero5 Black e Hero6 Black são as câmeras compatíveis com o Karma. Os modelos estão à venda no Brasil por preços que vão de R$ 1.200 a R$ 2.300. Entre as opções estão aparelhos com gravação 4K, resistência à água, comandos de voz e microfones de alta qualidade para captação de áudio mesmo durante os voos.

GoPro Hero 6 Black e Hero 5 Black estão entre câmeras compatíveis com o Karma com gravações em 4K (Foto: Luciana Maline/ Techtudo) GoPro Hero 6 Black e Hero 5 Black estão entre câmeras compatíveis com o Karma com gravações em 4K (Foto: Luciana Maline/ Techtudo)

GoPro Hero 6 Black e Hero 5 Black estão entre câmeras compatíveis com o Karma com gravações em 4K (Foto: Luciana Maline/ Techtudo)

Estabilização

O drone da GoPro conta com um estabilizador de três eixos embutido, o que significa que as imagens podem ser feitas de diferentes ângulos sem que ocorram trepidações graves nos vídeos. Além disso, os modelos mais recentes de câmeras da fabricante também contam com estabilização, que devem entregar frames ainda mais naturais durante movimentos.

Recursos

Um controle remoto com tela e controladores semelhantes ao de um joystick acompanham o Karma para auxiliar nos voos. Além do acessório, o drone pode ser controlado por um aplicativo disponível para Android e iPhone (iOS). A ferramenta é útil para gravações complexas, em que uma pessoa pode ficar responsável por pilotar e outra por ajustar a câmera para melhores ângulos, por exemplo.

Karma tem controle remoto e simulação de voo para que iniciantes treinem antes de pilotar de verdade (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo) Karma tem controle remoto e simulação de voo para que iniciantes treinem antes de pilotar de verdade (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Karma tem controle remoto e simulação de voo para que iniciantes treinem antes de pilotar de verdade (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

O GoPro Karma promete também comandos fáceis para que qualquer um possa pilotar e pousar o aparelho. Nas configurações, há também a opção de simulação de voos com o controle remoto para aumentar o nível de confiança do usuário iniciante antes de começar a usar o drone.

Bateria

Assim como em outros drones, a bateria de um quadricóptero raramente é um diferencial. O Karma conta com autonomia para 20 minutos de voo. Segundo a GoPro, a recarga leva até uma hora. O controle remoto que acompanha o aparelho tem bateria de quatro horas com carregador USB-C.

Concorrentes

Mavic Air é um dos concorrentes do GoPro Karma com vídeos em 4K e design dobrável (Foto: Divulgação/DJI) Mavic Air é um dos concorrentes do GoPro Karma com vídeos em 4K e design dobrável (Foto: Divulgação/DJI)

Mavic Air é um dos concorrentes do GoPro Karma com vídeos em 4K e design dobrável (Foto: Divulgação/DJI)

Os novos drones da DJI com design dobrável e diferentes modos de voos são os principais concorrentes do Karma. O Mavic Air, por exemplo, é um modelo que grava em 4K com câmera de 12 megapixels HDR e pode chegar até 67 km/h, enquanto o equipamento da GoPro tem velocidade máxima de 54 km/h.

Um concorrente mais simples, o DJI Spark, que mede 14 x 5 cm e pesa 300 g, filma em até Full HD e tem bateria para até 16 minutos de voo. O preço é mais baixo que o do Karma, custando US$ 499 (aproximadamente R$ 1.880 na cotação atual e sem impostos) nos Estados Unidos, contra os US$ 599 (R$ 2.260) do quadricóptero da GoPro sem a câmera embutida.

Preço

O Karma foi lançado em 2016 por US$ 799 (aproximadamente R$ 3.020) sem a GoPro. Com a Hero5 Session, o drone saía por US$ 999 (R$ 3.770); e com a Hero5 Black, por US$ 1.099 (R$ 4.150). Após o recall e o fim da fabricação do drone, o preço do modelo caiu para US$ 599 (R$ 2.260) no site oficial da empresa nos Estados Unidos.

No Brasil, lojas de varejo vendem o aparelho sozinho por R$ 4 mil. Acompanhado por uma GoPro Hero5 Black, o preço passa para cerca de R$ 4.900. Caso opte por uma Hero6 Black, a mais recente da companhia, o valor chega em R$ 6 mil no mercado nacional. Logo após ser lançado, o Karma podia ser encontrado no país por R$ 8 mil.

Karma precisou passar por recall logo após o lançamento e em 2018 teve fim da produção anunciado (Foto: Anna Kellen Bull) Karma precisou passar por recall logo após o lançamento e em 2018 teve fim da produção anunciado (Foto: Anna Kellen Bull)

Karma precisou passar por recall logo após o lançamento e em 2018 teve fim da produção anunciado (Foto: Anna Kellen Bull)

Qual é o melhor drone para comprar no Brasil? Descubra no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo