Por Felipe Vinha, para o TechTudo


Fallout 76 teve todas as suas principais novidades destrinchadas pela Bethesda, em sua coletiva de imprensa, na E3 2018. A informação mais importante é que este será um jogo online, com interação entre jogadores do mundo todo, mas também com a possibilidade de jogar sozinho ou apenas com amigos. A intenção da produtora não é te forçar a ficar sempre conectado, pois não se trata de um MMORPG, e sim uma aventura onde você constrói sua história, enquanto tenta sobreviver ao mundo pós-apocalíptico da série. O título será lançado em 14 de novembro, para PS4, Xbox One e PC.

Além de confirmar se tratar de um jogo online, a Bethesda também revelou que ele será abertamente voltado para personalizações. A liberdade em Fallout 76 será imensa – você poderá construir equipamentos, roupas e deixar seu personagem da forma que bem entender, sem muitas limitações.

Fallout 76 será um jogo online, mas não será MMORPG — Foto: Divulgação/Bethesda Fallout 76 será um jogo online, mas não será MMORPG — Foto: Divulgação/Bethesda

Fallout 76 será um jogo online, mas não será MMORPG — Foto: Divulgação/Bethesda

Na verdade, a liberdade se estende ao “gameplay”. O jogo permite realizar missões com amigos de maneira diversificada – seja eliminando gigantescos monstros ou apenas lidando com outro jogador, que esteja criando um certo clima hostil na região. Será possível até mesmo ativar uma bomba nuclear no mapa, se você reunir as peças corretas para isso, com mais de um participante no grupo, de tão variadas que são as opções.

O estúdio mencionou ainda que o mapa, e o conteúdo geral, é pelo menos quatro vezes maior do que Fallout 4, que já era imenso. Cronologicamente falando, porém, Fallout 76 será o "primeiro" Fallout, em termos de história. Tudo começa na chamada Vault 76, que é narrada nos outros games como um dos primeiros abrigos, que sobreviveu ao apocalipse generalizado.

Qual o melhor jogo da Bethesda? Comente no Fórum do TechTudo!

MAIS DO TechTudo