MSN Messenger vs Facebook: ferramenta de chamar atenção continua na memória

Relembre funções do serviço da Microsoft e veja o comparativo com recursos atuais.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo

Ao comparar o MSN com os mensageiros atuais, o Facebook Messenger talvez seja o que mais se aproxima das funções e ferramentas oferecidas pelo programa favorito dos brasileiros no começo dos anos 2000 – a exceção fica por conta do "Chamar atenção", recurso ainda exclusivo do antigo software para PC.

Com opção para enviar figurinhas semelhantes aos Winks e animações do serviço da Microsoft, o aplicativo do Facebook permite também alterar o status, jogar com amigos e enviar documentos e imagens. A seguir, relembre funções do MSN, que teve os serviços encerrados em 2013, e veja em quais pontos o mensageiro se destaca ou se diferencia do Messenger.

MSN ou Facebook Messenger? Veja e relembre as principais funções de cada mensageiro (Foto: Divulgação/MSN Messenger) MSN ou Facebook Messenger? Veja e relembre as principais funções de cada mensageiro (Foto: Divulgação/MSN Messenger)

MSN ou Facebook Messenger? Veja e relembre as principais funções de cada mensageiro (Foto: Divulgação/MSN Messenger)

Popularidade

Segundo dados divulgados pela Microsoft em 2007, o Brasil era o país com mais adeptos ao MSN, com cerca de 30 milhões de pessoas. No mundo, eram por volta de 250 milhões de contas – número expressivo considerando a disseminação incipiente da internet na época. Já a plataforma do Facebook, de acordo com pesquisas de 2017, tem 1,2 bilhão de perfis ativos por mês e 59% dos internautas brasileiros utilizando o mensageiro.

Animações

Os Winks estão entre os recursos mais marcantes do MSN Messenger. Com figuras animadas que pulavam na tela acompanhadas de sons de beijos, um homem arrotando ou uma mulher falando ao telefone, a função aparecia assim que a janela da conversa era aberta, podendo causar incômodo e assustar quem a recebia.

O serviço da Microsoft oferecia também a opção de salvar dentro da pasta de emoticons os caracteres animados — muitas vezes letras com desenhos diferentes, que piscavam e brilhavam. Cadastradas com códigos respectivos, bastava digitar dentro do texto para os itens aparecerem, também gerando desconforto em quem recebia por conta da mistura de imagens.

Winks ocupavam grande parte da tela do computador e eram enviados com som  (Foto: Reprodução/MSN) Winks ocupavam grande parte da tela do computador e eram enviados com som  (Foto: Reprodução/MSN)

Winks ocupavam grande parte da tela do computador e eram enviados com som (Foto: Reprodução/MSN)

O Facebook Messenger não fica atrás na categoria de animações, e oferece hoje três opções: figurinhas, emojis e GIFs. As primeiras ficam disponíveis em pacotes de acordo com temas, como Marvel, Tartarugas Ninjas, gatos ou futebol, e podem ser baixadas de graça no aplicativo e na versão desktop.

Já os GIFs estão disponíveis assim como no WhatsApp, Instagram ou Twitter. Basta fazer uma busca por uma palavra-chave para encontrar o que deseja ou visualizar as animações que estão em destaque no dia. O processo é feito sem a instalação de plugins.

Figurinhas, GIFs e emojis no Facebook Messenger cumprem função dos Winks e emoticons no MSN (Foto: Reprodução/André Sugai) Figurinhas, GIFs e emojis no Facebook Messenger cumprem função dos Winks e emoticons no MSN (Foto: Reprodução/André Sugai)

Figurinhas, GIFs e emojis no Facebook Messenger cumprem função dos Winks e emoticons no MSN (Foto: Reprodução/André Sugai)

Perfil

Além do nick, espaço para os usuários colocarem nomes ou apelidos, o MSN Messenger oferecia também a opção para adicionar um subnick, uma espécie de mensagem pessoal para completar o perfil. Quando estava escutando música no Windows Media Player, também era possível adicionar automaticamente o nome da canção e o artista para que todos os amigos soubessem o que estava ouvindo.

Dentro da conta, uma recordação também marcante do programa da Microsoft era o endereço que os usuários colocavam no Hotmail — principal forma de acessar o MSN. Muitos adotavam apelidos e termos curiosos, que atualmente costumam gerar desconfortos para quem ainda utiliza o serviço de e-mail.

Abaixo do nickname era possível exibir música que estava ouvindo no computador (Foto: Reprodução/MSN) Abaixo do nickname era possível exibir música que estava ouvindo no computador (Foto: Reprodução/MSN)

Abaixo do nickname era possível exibir música que estava ouvindo no computador (Foto: Reprodução/MSN)

No caso do Messenger, o serviço é vinculado ao Facebook (mesmo que precise de um aplicativo separado para rodar no Android e no iPhone). Dessa forma, todas as informações de perfil podem ser conferidas na própria conta dos usuários na rede social, incluindo nome completo, publicações, amigos, eventos e páginas curtidas.

Notificação de status

Outra função que deixa saudades quando o assunto é MSN é a notificação que subia na tela dos amigos quando o usuário ficava online no mensageiro. Muitas pessoas utilizavam o recurso para divulgar alguma notícia, chamar atenção ou até mesmo comemorar um gol do time de futebol.

Ficar entrando e saindo do MSN para chamar atenção era uma prática comum  (Foto: Reprodução/MSN) Ficar entrando e saindo do MSN para chamar atenção era uma prática comum  (Foto: Reprodução/MSN)

Ficar entrando e saindo do MSN para chamar atenção era uma prática comum (Foto: Reprodução/MSN)

Para não ser notado quando entrasse no software era necessário configurar a conta para entrar como ausente, ocupado ou invisível. Essa última opção fazia com quem seus amigos não vissem que está online, podendo conversar apenas se você iniciasse o bate-papo.

De uma forma mais simples, o Facebook Messenger permite ver apenas quem está online e quem está com o chat desativado. É possível forçar a configuração para não aparecer disponível, assim como o invisível do MSN, para todos os amigos ou somente para pessoas específicas.

No Facebook Messenger, ferramenta My Day funciona com histórias do Instagram ou Status do WhatsApp (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo) No Facebook Messenger, ferramenta My Day funciona com histórias do Instagram ou Status do WhatsApp (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo)

No Facebook Messenger, ferramenta My Day funciona com histórias do Instagram ou Status do WhatsApp (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo)

Além disso, uma forma de visualizar o que o contato está fazendo no momento é com a ferramenta My Day, as histórias com duração de 24 horas do Facebook Messenger. Semelhante ao Instagram, WhatsApp e Snapchat, o recurso permite publicar fotos e vídeos com desenhos, filtros e etiquetas de localização.

Além do texto

Chamadas de vídeo ou ligações ficaram disponíveis apenas no Facebook Messenger (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso) Chamadas de vídeo ou ligações ficaram disponíveis apenas no Facebook Messenger (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)

Chamadas de vídeo ou ligações ficaram disponíveis apenas no Facebook Messenger (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)

Mesmo que os textos ainda sejam o principal recurso em um mensageiro, tanto o MSN quanto o Facebook Messenger liberaram funções para enviar vídeos, áudios e arquivos para amigos dentro das conversas. No entanto, por conta das conexões que ainda caminhavam lentamente na época, no serviço da Microsoft os processos de compartilhamento eram sempre lentos e demandavam paciência.

Já no aplicativo ou na versão web do Facebook Messenger, além de poder trocar arquivos rapidamente — desde que esteja em uma boa conexão 3G ou Wi-Fi, é claro — é possível também enviar localizações e fazer chamadas de vídeo e ligações somente com áudio.

Jogos

Você poderia jogar online com seus contatos no MSN Messenger (Foto: Reprodução/Microsoft) Você poderia jogar online com seus contatos no MSN Messenger (Foto: Reprodução/Microsoft)

Você poderia jogar online com seus contatos no MSN Messenger (Foto: Reprodução/Microsoft)

Uma semelhança interessante entre o MSN e o Facebook Messenger é a possibilidade de jogar com amigos online. No mensageiro da Microsoft era possível brincar em dupla ou em grupo. Entre os games disponíveis estavam Campo Minado, Paciência, Xadrez, Damas e Jogo da Velha.

Já no software do Facebook, os usuários podem aproveitar a ferramenta para jogar tanto sozinho quanto com amigos. O Instat Games, que está disponível nos aplicativos para smartphone e na versão web, oferece jogos clássicos como Pac-Man e Snake, além de games mais recentes e populares como Cut the Rope e Song Pop Arcade.

No Facebook Messenger, com o Instant Games, é possível jogar desde clássicos até novos games  (Foto: Ana Marques/TechTudo) No Facebook Messenger, com o Instant Games, é possível jogar desde clássicos até novos games  (Foto: Ana Marques/TechTudo)

No Facebook Messenger, com o Instant Games, é possível jogar desde clássicos até novos games (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Bloqueio

Para deixar os usuários livres de incômodos, o MSN Messenger permitia bloquear ou excluir pessoas da sua rede de contatos. Quem sofria a ação não tinha mais acesso ao status e nem podia iniciar uma conversa.

Já no mensageiro do Facebook, além de bloquear alguém, também é possível arquivar a conversa e marcar como spam, o que é útil para perfis que enviam propagandas ou mensagens repetidas. Além disso, os usuários podem etiquetar conversas como não lidas para se organizar.

Recursos extras

Ao chamar atenção no MSN Messenger, toda a tela da conversa tremia  (Foto: Reprodução/MSN) Ao chamar atenção no MSN Messenger, toda a tela da conversa tremia  (Foto: Reprodução/MSN)

Ao chamar atenção no MSN Messenger, toda a tela da conversa tremia (Foto: Reprodução/MSN)

O recurso "Chamar atenção" do MSN ainda é bastante lembrado pelos usuários que ficaram órfãos do serviço. Ao clicar no botão, a conversa aparecia automaticamente na tela do seu contato, acompanhada de um efeito que parecia balançar o bate-papo e também um som alto para fazer o alerta completo, muitas vezes assustando quem não estava esperando pela notificação.

Do outro lado, o Facebook Messenger traz entre seus destaques a câmera com filtros e opções para editar imagens, além de extensões para fazer integrações com aplicativos externos e o Messenger Lite, um app para Android que permite usar a maioria das funções do programa, mas gastando menos dados de internet.

Messenger Lite permite economizar dados com as mesmas funções do aplicativo principal (Foto: Divulgação/Facebook) Messenger Lite permite economizar dados com as mesmas funções do aplicativo principal (Foto: Divulgação/Facebook)

Messenger Lite permite economizar dados com as mesmas funções do aplicativo principal (Foto: Divulgação/Facebook)

MAIS DO TechTudo