Campeonatos

Por Gabriel Oliveira, para o TechTudo


A Season 8 da Pro League de Rainbow Six: Siege começou. Pela primeira vez, o campeonato do jogo acontece no formato de liga em partidas online de turno e returno. Times da América do Norte, América Latina, Europa e Ásia disputam entre si por duas vagas nas finais, que acontecem no Rio de Janeiro entre os dias 17 e 18 de outubro.

As primeiras partidas dos qualificatórios regionais já começaram. A região da Ásia/Pacífico será disputada em outubro e terá partidas em LAN disputadas no formato bracket, com eliminação simples. Confira, a seguir, as principais mudanças no regulamento e premiação em jogo. O Brasil está na competição e tem equipes fortes na disputa.

Etapas regionais

Etapas regionais da Pro League serão disputadas em formato de liga  — Foto: Divulgação/ESL Etapas regionais da Pro League serão disputadas em formato de liga  — Foto: Divulgação/ESL

Etapas regionais da Pro League serão disputadas em formato de liga — Foto: Divulgação/ESL

Pela primeira vez, Europa, América do Norte e América Latina disputarão as etapas regionais da Pro League no formato de liga. Em cada região, oito equipes disputarão por duas vagas para as finais mundiais. Todas os times se enfrentarão em turno e returno em partidas melhor de um, que acontecem até o fim de outubro. A premiação total é de US$ 27 mil (cerca de R$ 101 mil).

Os dois primeiros colocados dos qualificatórios não recebem prêmio em dinheiro, uma vez que os participantes das finais mundiais já garantem um prêmio mínimo de US$ 8 mil (aproximadamente R$ 29,9 mil). O terceiro e quarto colocados ganham US$ 6 mil (R$ 22,4 mil). Quinto e sexto lugares levam para casa US$ 4,5 mil (R$ 16,8 mil).

Com uma premiação de US$ 3 mil (R$ 11,2 mil), o sétimo colocado precisa disputar sua permancência na elite regional com o vice-campeão do circuto Challenger. Já o oitavo lugar, que também recebe US$ 3 mil, é rebaixado de forma direta, sendo substituído na Season 9 pelo campeão do Challenger regional.

A única região que não seguirá o novo regulamento é a da Ásia/Pacífico. O torneio qualificatório, disputado em LAN, vai ocorrer em outubro. Oito times participantes vão disputar por duas vagas nas finais mundiais. A exemplo do que ocorre nas finais mundiais da Pro League, os times se enfrentaram no formato bracket, com eliminação simples e partidas melhor de três.

Após pasarem por quartas-de-final e semifinais, os finalistas disputam o posto de cabeça-de-chave regional, o que evita, por exemplo, enfrentar um campeão regional de outro continente na estreia das finais mundiais da Pro League.

Times participantes

  • América Latina: Bootkamp, FaZe Clan, Immortals, Team Liquid, Ninjas in Pyjamas, Team One, Black Dragons e paiN Gaming.
  • América do Norte: Evil Geniuses, mousesports, Obey Alliance, Rogue, SK Gaming, Spacestation, Cloud9 e Noble eports.
  • Europa: Chaos, Millenium, Mock-it Esports, Penta Sports, Team Vitality, i don't know, Supremacy e OrgLess (antiga line up da 1UPeSports).
  • Ásia/Pacífico: a etapa regional será formada por duas equipes da Coréia do Sul, duas do Japão, duas do sudeste da Ásia e dois times de Austrália e Nova Zelândia. Todos os participantes serão definidos em qualificatórios locais.

Finais mundiais

Rio de Janeiro receberá as finais mundiais da Pro League pela primeira vez — Foto: Divulgação/ESL Rio de Janeiro receberá as finais mundiais da Pro League pela primeira vez — Foto: Divulgação/ESL

Rio de Janeiro receberá as finais mundiais da Pro League pela primeira vez — Foto: Divulgação/ESL

As finais mundiais da Pro League vão acontecer entre os dias 17 e 18 de novembro na Jeunesse Arena, Rio de Janeiro. As diputas vão preservar o seu formato clássico, novamente no formato bracket com eliminação simples em partidas melhor de três. A premiação total é de US$ 167 mil (R$ 625,3 mil), sendo US$ 75 mil (R$ 280,8 mil) para o campeão.

O vencedor de cada região (América Latina, América do Norte, Europa e Ásia/Pacífico) entra na condição de cabeça-de-chave e enfrenta o vice-campeão de outro continente, em duelos definidos por sorteio. Todas as partidas de quartas-de-final vão acontecer no sábado (17), enquanto as semifinais e finais serão no domingo (18).

O vice campeão leva US$ 30 mil (R$ 112,3 mil). Os semifinalistas faturam US$ 15 mil (R$ 56,1 mil), enquanto os times eliminados nas quartas-de-final garantem US$ 8 mil (R$ 29,9 mil).

Equipes favoritas

Team Liquid (América Latina)

Atual campeã da Pro League, Team Liquid é uma das favoritas no qualificatório da América Latina — Foto: Divulgação/ESL Atual campeã da Pro League, Team Liquid é uma das favoritas no qualificatório da América Latina — Foto: Divulgação/ESL

Atual campeã da Pro League, Team Liquid é uma das favoritas no qualificatório da América Latina — Foto: Divulgação/ESL

Atual campeã mundial, a Team Liquid chega com moral para a etapa regional da Pro League Season 8. Após bater a Penta, equipe mais vencedora da história do Rainbow Six, na grande decisão, o time dos brasileiros Léo "Zigueira" Duarte", André "nesk" Oliveira, Thiago "S3xyCake" Reis, José "Bullet" Victor e Paulo "psk" Lourenço se consolidou como uma das principais forças do cenário LATAM e sem dúvidas é uma das grandes favoritas da temporada.

Ninjas in Pyjamas (América Latina)

Ninjas in Pyjamas entrou no cenário competitvo de Rainbow Six com a antiga line up brasileira da Black Dragons — Foto: Divulgação/Ninjas in Pyjamas Ninjas in Pyjamas entrou no cenário competitvo de Rainbow Six com a antiga line up brasileira da Black Dragons — Foto: Divulgação/Ninjas in Pyjamas

Ninjas in Pyjamas entrou no cenário competitvo de Rainbow Six com a antiga line up brasileira da Black Dragons — Foto: Divulgação/Ninjas in Pyjamas

Recém-chegada ao cenário de Rainbow Six, a Ninjas in Pyjamas investiu alto na contratação da antiga line up Black Dragons. O time de Gustavo "Psycho" Rigal, João "Kamikaze" Gomes, Pedro "pzd" Dutra, Julio "julio" Giacomelli e Wagner "wag" Alfaro foi campeão brasileiro na Season 1 de 2017, vice na Season 2, campeão da Season 3 da Pro League LATAM 2017, vice-campeão das finais mundiais da Pro League 2017 Season 3 e semifinalista do Six Invitational 2018. Com essas credenciais, a equipe busca agora seu primeiro título mundial.

FaZe Clan (América Latina)

Equipe de Rainbow Six da FaZe Clan em visita aos estúdios da Ubisoft Montreal — Foto: Reprodução/Twitter Equipe de Rainbow Six da FaZe Clan em visita aos estúdios da Ubisoft Montreal — Foto: Reprodução/Twitter

Equipe de Rainbow Six da FaZe Clan em visita aos estúdios da Ubisoft Montreal — Foto: Reprodução/Twitter

Atual campeã brasileira e da Pro League LATAM, a line up da FaZe já deu muitas provas de sua força a nível regional. Contudo, o time de Guilherme "gohaN" Alf, Leonardo "Astro" Luís, Gabriel "cameram4n" Hespanhol, Rafael "mav" Freitas" e João "HSnamuringa" Deam quer finalmente repetir em um mundial o domínio apresentado em competições domésticas. As eliminações para a Evil Geniuses, no Six Invitational, e para Millenium, na Season 7 da Pro League, foram duros golpes recentes para a equipe.

Evil Geniuses (América do Norte)

Evil Geniuses é a grande favorita do qualificatório da América do Norte — Foto: Divulgação/DreamHack Evil Geniuses é a grande favorita do qualificatório da América do Norte — Foto: Divulgação/DreamHack

Evil Geniuses é a grande favorita do qualificatório da América do Norte — Foto: Divulgação/DreamHack

Campeã do Six Invitational 2017 e vice-campeã do Six Invitational 2018, a atual line up Evil Geniuses é a favorita da América do Norte, e não deve ter dificuldades em passar pela etapa regional. O time de Troy "Canadian" Jaroslawski, Ammar "Necrox" Albanna, Nathan "nvK" Valenti, Brandon "BC" Carr e Austin "Yung" Trexler perdeu o útlimo Six Invitational e foi eliminado na estreia da Pro League Season 7 para a Penta, mas já mostrou ser um adversário duríssimo para qualquer equipe do cenário.

Rogue (América do Norte)

Rogue vive momento de ascensão no Rainbow Six — Foto: Divulgação/ESL Rogue vive momento de ascensão no Rainbow Six — Foto: Divulgação/ESL

Rogue vive momento de ascensão no Rainbow Six — Foto: Divulgação/ESL

A Rogue é a segunda força da América do Norte. No Six Invitational 2018, o time caiu nas semifinais após um duelo equilibrado com a Evil Geniuses, e repetiu a campanha na Pro League Season 7, quando também caiu nas semis, dessa vez para a Penta. A equipe de Tyler "Ecl9pse" McMullin, Oliver "Slashug" Spencer, Bryan "Bryan" Agema, Kevin "Easilyy" Skokowski e Emilio "Geoometrics" Cuevas agora tenta provar que não só pode encarar os melhores times do mundo de igual para igual, como também vencê-los.

Penta Sports (Europa)

Tricampeã da Pro League e atual campeã do Six Invitational, Penta chega mais uma vez como favorita no regional europeu — Foto: Divulgação/Ubisoft Tricampeã da Pro League e atual campeã do Six Invitational, Penta chega mais uma vez como favorita no regional europeu — Foto: Divulgação/Ubisoft

Tricampeã da Pro League e atual campeã do Six Invitational, Penta chega mais uma vez como favorita no regional europeu — Foto: Divulgação/Ubisoft

Campeã das Seasons 1 e 2 da finais mundiais da Pro League em 2017, grande vencedora do Six Invitational 2018 e atual vice-campeã da Pro League, a Penta Sports nunca ficou fora das finais mundiais do evento do qual é tricampeã, e mais uma vez chega como fortíssima candidata ao título. O time de Niclas "Pengu" Mouritzen, Joonas "jOONAS" Savolainen, Daniel "Goga" Romero, Fabian "Fabian" Hällsten e Juhani "Kanto" Toivonen deve passar com facilidade pelo regional europeu para novamente brigar pelo troféu da Pro League.

Millenium (Europa)

Após boa campanha na Season 7, Millenium chega como segunda força da Europa — Foto: Divulgação/DreamHack Após boa campanha na Season 7, Millenium chega como segunda força da Europa — Foto: Divulgação/DreamHack

Após boa campanha na Season 7, Millenium chega como segunda força da Europa — Foto: Divulgação/DreamHack

Se a Penta é a grande favorita a ficar com a primeira vaga da Europa, a Millenium é a melhor cotada para ficar com o vice. Semifinalista das finais mundiais da Pro League Season 7 e campeã da DreamHack Austin 2018 sobre a Evil Geniuses, o time de Nolan "Joghurtzz" Crouzery, Olivier "Renshiro" Vandroux, Gaël "Liven" Gruyere, Théophile "Hicks" Dupont e Valentin "risze" Liradelfo vem embalado para a Season 8 da Pro League.

Mais do TechTudo