Starseries i-League Season 5: confira os resultados dos playoffs

Oleksandr "s1mple" Kostyliev foi o principal destaque da campeã Na’Vi ao longo do torneio de CS:GO. Os brasileiros da SK Gaming caíram nas quartas.

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Luiz Felipe Lima, para o TechTudo

A Na’Vi foi a grande campeã da quinta temporada da StarSeries i-League, que aconteceu no último fim de semana. Os ucranianos da Natus Vincere venceram a NRG Esports por 2 a 0 e conquistaram seu primeiro título desde a ESL One: New York 2016. A SK Gaming e a Team Liquid, dos brasileiros Gabriel “FalleN” Toledo e Epitácio “TACO” de Melo, foram eliminadas ainda nas quartas de final do torneio de Counter-Strike Global Offensive. As duas perderam justamente para os dois finalistas: enquanto a SK caiu diante da Na’Vi, a Team Liquid foi derrotada pela NRG Esports.

Natus Vincere vence as playoffs da Starseries i-League Season 5 (Foto: Divulgação/Starladder) Natus Vincere vence as playoffs da Starseries i-League Season 5 (Foto: Divulgação/Starladder)

Natus Vincere vence as playoffs da Starseries i-League Season 5 (Foto: Divulgação/Starladder)

Quartas-de-final (Sábado, 02 de junho)

O primeiro dia de playoffs foi um tanto caótico. Com uma margem de atraso que alcançou quatro horas, os confrontos do sábado viraram a noite e acabaram apenas no dia seguinte. Com séries bastante disputadas, as quartas-de-final demonstraram equilíbrio entre as equipes. O confronto entre SK Gaming e Natus Vincere, por exemplo, teve ares de final antecipada, com direito a prorrogação no mapa Inferno. Os brasileiros saíram na frente, mas foram derrotados nos dois mapas seguintes e acabaram eliminados.

Com a Team Liquid a situação foi parecida. Após a vitória no mapa Inferno logo no começo da série contra a NRG Esports, a equipe do time de TACO foi dominada na Nuke e na Train e perdeu por 16 a 6. O time de Cvetelin “CeRq” Dimitrov não deu chance de recuperação para a Team Liquid e seguiu vivo no torneio.

Porém, o confronto mais acirrado talvez tenha sido entre AGO Esports e North. A série foi a única série da fase de Playoffs em que todas as partidas passaram do round 26, e o confronto entre os times europeus terminou com a vitória da North. No entanto, a equipe dinamarquesa não foi muito longe e acabou eliminada nas semifinais.

Semifinais e Grande Final (Domingo, 03 de junho)

Sem os problemas de atraso enfrentados no sábado, o nível das partidas continuou alto no domingo. A Na’Vi encarou a Mousesports e a NRG enfrentou a North em disputadas acirradas: as duas chegaram ao último mapa possível. Tanto na Nuke da Na’Vi quanto na Inferno da NRG, os respectivos resultados de 16 a 8 e 16 a 9 representaram muito bem a superioridade dos dois times.

Porém, a final foi surpreendente justamente pelo motivo inverso. A Na’Vi atropelou os americanos da NRG, fazendo o único 2 a 0 de toda a fase de playoffs e sem deixar os oponentes alcançarem mais de oito pontos em nenhum dos mapas. Embalada pela torcida ucraniana e em uma final totalmente unilateral, o título da Natus Vincere demonstrou, acima de tudo, o excelente momento que vive Oleksandr "s1mple" Kostyliev. Destaque da equipe, o jogador trouxe mais uma conquista ao ser considerado o MVP do torneio.

Próxima parada: ESL One: Belo Horizonte 2018

O próximo grande torneio de CS:GO será em terras brasileiras. A ESL One: Belo Horizonte 2018 acontecerá entre os dias 15 e 17 de junho, com premiação de US$ 200 mil. As line ups brasileiras da SK Gaming e Não Tem Como já estão classificadas e são as chances de título do país no torneio. O TechTudo vai estar no evento e você acompanha a cobertura completa aqui.

MAIS DO TechTudo