Por Luiz Felipe Lima, para o TechTudo


A equipe do Brasil MIBR conquistou sua primeira vitória na ELEAGUE CS:GO Premier 2018 nesta terça-feira (24). A disputa foi contra a Cloud9, e teve performance convincente do elenco, composto por Gabriel “Fallen” Toledo, Marcelo “coldzera” David, Fernando “fer” Alvarenga, Jake "Stewie2K" Yip e Tarik “tarik” Celik. Na primeira disputa do time na competição de Counter Strike: Global Offensive, a Made in Brazil perdeu para a Team Liquid. Essa também foi a primeira vitória do elenco depois que Tarik "tarik" Celik entrou no lugar de Ricardo “Boltz” Prass.

Mesmo com falhas de comunicação ao longo da série, a MIBR conseguiu um resultado positivo e teve como grande destaque as atuações individuais dos jogadores, principalmente coldzera, FalleN e Stewie2K. A vitória foi de 2-0 na Inferno e Cache. A Cloud9, que havia perdido para Astralis, deixa o campeonato.

Após estreia com derrota, Tarik "tarik" Celik conseguiu sua primeira vitória com a camisa da Made in Brazil — Foto: Divulgação/MIBR Após estreia com derrota, Tarik "tarik" Celik conseguiu sua primeira vitória com a camisa da Made in Brazil — Foto: Divulgação/MIBR

Após estreia com derrota, Tarik "tarik" Celik conseguiu sua primeira vitória com a camisa da Made in Brazil — Foto: Divulgação/MIBR

Inferno (16-5)

A MIBR começou muito bem no mapa Inferno, escolhido pela Cloud9. Os brasileiros venceram o pistol round e os dois rounds consecutivos, no início da série, com atuação de gala de FalleN, que eliminou três jogadores concorrentes no primeiro e segundo rounds. Na sequência, Cloud9 conseguiu fazer pouco, e mesmo com algumas falhas de comunicação que permitiram ao time de STYKO pontuar, coldzera e FalleN brilharam ao longo da primeira metade e garantiram a vantagem na virada.

Na segunda metade da Inferno, mais uma vez os brasileiros tiveram um início sólido. A MIBR venceu novamente o pistol round e as duas rodadas subsequentes e, assim, abriu uma vantagem difícil de ser superada pela Cloud9: a rodada fechou em 16-5.

Cache (19-17)

Na Cache, mais uma vez a MIBR saiu na frente com um triple kill por parte de fer, que garantiu a vitória no pistol round. No entanto, mesmo com o benefício do resultado ao longo dos rounds, a MIBR sempre perdia muitos jogadores. Isso prejudicou, aos poucos, a economia do time e atingiu o ponto crítico no round 10: sem dinheiro, os brasileiros tiveram que fazer uma partida forçada e econômica, o que permitiu à Cloud9 encostar no placar. Mesmo assim, os brasileiros fecharam a primeira metade à frente no placar, com 10-5.

Pela quarta vez na série, a Made In Brazil venceu o pistol round, desta vez no lado CT da Cache. Mas, ao contrário do que aconteceu antes, o time de FalleN perdeu o round econômico e garantiu a sobrevida da Cloud9 na série. Os americanos alcançaram o map point no round 23 e conseguiram empatar o mapa em 15-15. Porém, não foi o suficiente: no overtime, a Made In Brazil fez 19-17 e cravou a conquista na série por 2-0.

Fallen e Coldzera foram grandes destaques na série contra a Cloud9 — Foto: Divulgação/ESL Fallen e Coldzera foram grandes destaques na série contra a Cloud9 — Foto: Divulgação/ESL

Fallen e Coldzera foram grandes destaques na série contra a Cloud9 — Foto: Divulgação/ESL

Agora, a Made In Brazil irá enfrentar a Team Liquid novamente nesta quarta-feira (25). Os concorrentes perderam o confronto para a Astralis na final da chave principal. Quem vencer avança para a próxima fase do torneio e encara a Natus Vincere. Nesta terça-feira (24), ainda ocorre o embate decisivo do Grupo B entre Fnatic e FaZe, no qual o derrotado dá adeus à ELEAGUE CS:GO Premier 2018. O campeonato v US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,7 milhões) em prêmios.

MAIS DO TechTudo