Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo


A Flip 4 é a caixa de som Bluetooth da JBL com bateria de 12 horas, potência de 16 watts e dois alto-falantes de 40 mm cada. À venda no Brasil com o preço oficial de R$ 699, o modelo está na promoção, com 40% de desconto, para a versão verde água, por R$ 419 na loja da fabricante.

Antes de comprar a sucessora da popular Flip 3, confira as especificações da caixa de som e conheça três pontos positivos e três negativos do aparelho. A Flip 4 é resistente à água e está disponível em diversas cores, apesar de não contar com botões e acessórios importantes para o uso.

Caixa de som Bluetooth: cinco dicas para usar melhor

Caixa de som Bluetooth: cinco dicas para usar melhor

Ficha técnica

  • Lançamento no Brasil: junho de 2017
  • Preço: R$ 699 (R$ 419 em verde água)
  • Cores: camuflada, vermelha com azul, verde água, preto, azul, vermelho e branco
  • Conectividade: Bluetooth 4.2
  • Bateria: 3.000 mAh (12 horas de áudio)
  • Resposta em frequência: 70 Hz - 20 KHz
  • Driver: 2 x 40 mm
  • Potência: 2 x 8W RMS
  • Sensibilidade: maior ou igual a 80 dB
  • Dimensões: 6,8 x 17,5 x 7,0 cm
  • Peso: 515 g
  • Extras: Connect+ e certificação IPX7

PONTOS POSITIVOS

1. Design

Substituta da Flip 3 está disponível em sete cores, entre elas vermelho, preto, azul e branco — Foto: Divulgação/JBL Substituta da Flip 3 está disponível em sete cores, entre elas vermelho, preto, azul e branco — Foto: Divulgação/JBL

Substituta da Flip 3 está disponível em sete cores, entre elas vermelho, preto, azul e branco — Foto: Divulgação/JBL

Um dos pontos positivos da Flip 4 é o design, com sete opções de cores. Na loja virtual da JBL e no varejo nacional, o modelo está à venda nas edições especiais camuflada, vermelha com azul e verde água, além das tradicionais em preto, vermelho, azul e branco.

As dimensões do aparelho também são favoráveis para carregá-lo na bolsa ou na mochila. Com o tradicional formato cilíndrico da JBL, a Flip 4 é mais fina que a antecessora Flip 3 e mais baixa que a Charge 3, outro modelo popular da fabricante. Para evitar quedas, a caixa ainda é revestida com tecido.

2. Resistência

Flip 4 pode ser submersa por até 30 minutos sem prejudicar reprodução de músicas — Foto: Divulgação/JBL Flip 4 pode ser submersa por até 30 minutos sem prejudicar reprodução de músicas — Foto: Divulgação/JBL

Flip 4 pode ser submersa por até 30 minutos sem prejudicar reprodução de músicas — Foto: Divulgação/JBL

Para quem pretende levar a Flip 4 para festas e eventos, a resistência à água do aparelho também é um ponto importante. O modelo tem certificação IPX7, o que deve proteger o equipamento em caso de mergulhos em até um metro por um período de 30 minutos. Dessa forma, caso caia na piscina, por exemplo, a caixa de som continua reproduzindo as músicas sem parar, evitando também prejuízos nas peças internas.

3. JBL Connect+

Um recurso que chama a atenção na Flip 4, especialmente para quem pretende utilizar o equipamento em festas, é a tecnologia Connect+. A função permite emparelhar até 100 caixas, criando um som ainda mais alto para ocupar espaços grandes. Para comparação, a Charge 3, que custa R$ 999, não conta com o recurso, permitindo ligar apenas duas caixas de som juntas.

Com Connect+, Flip 4 ser conectada com até 100 caixas de som compatíveis para ajudar em grandes eventos  — Foto: Divulgação/JBL Com Connect+, Flip 4 ser conectada com até 100 caixas de som compatíveis para ajudar em grandes eventos  — Foto: Divulgação/JBL

Com Connect+, Flip 4 ser conectada com até 100 caixas de som compatíveis para ajudar em grandes eventos — Foto: Divulgação/JBL

PONTOS NEGATIVOS

1. Preço

Na loja oficial da JBL, a Flip 4 na cor verde água está com 40% de desconto, saindo por R$ 419. Apesar da promoção, o preço da caixa aparece como ponto negativo por conta do valor das outras opções de cores. As versões camuflada, vermelho com azul, preto, azul, vermelho e branco estão à venda por R$ 699, um custo alto se comparado com modelos semelhantes como a nova Sony SRS-XB21, que sai por R$ 629 com driver e frequência de resposta superiores.

2. Sem botão de troca de faixa

Um dos principais botões para controlar a caixa de som não foi adicionado na Flip 4: o recurso para avanço e retrocesso de faixas de música. Com ícones físicos para acionar o Bluetooth, aumentar ou diminuir o volume e iniciar ou pausar a reprodução, o aparelho permite apenas avançar uma faixa pressionando o play por mais tempo — função que pode confundir e ativar a assistente virtual em vez de trocar de música.

Para voltar uma canção que já foi reproduzida, a única opção para o usuário na JBL Flip 4 é utilizar o próprio celular ou tablet conectado na caixa Bluetooth.

Botões da Flip 4 não incluem troca de faixas, obrigando estar com o celular por perto — Foto: Divulgação/JBL Botões da Flip 4 não incluem troca de faixas, obrigando estar com o celular por perto — Foto: Divulgação/JBL

Botões da Flip 4 não incluem troca de faixas, obrigando estar com o celular por perto — Foto: Divulgação/JBL

3. Sem carregador de tomada

Ao comprar a Flip 4, a JBL entrega, além do aparelho de som, um cabo USB, um manual e um certificado de garantia na caixa do produto. Ou seja, não há um carregador de tomada para acelerar o processo de energia do aparelho. Segundo a fabricante, o equipamento, que conta com bateria de 12 horas (3.000 mAh), tem tempo de carga de 3,5 horas. Caso seja conectado em uma tomada, no entanto, o tempo deve ser reduzido, otimizando ainda mais o processo de uso do eletrônico.

Flip 4 vem apenas com cabo USB, o que deve prolongar tempo de recarga da bateria — Foto: Divulgação/JBL Flip 4 vem apenas com cabo USB, o que deve prolongar tempo de recarga da bateria — Foto: Divulgação/JBL

Flip 4 vem apenas com cabo USB, o que deve prolongar tempo de recarga da bateria — Foto: Divulgação/JBL

Qual é a melhor caixa de som Bluethooth? Comente no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo