Por Gabriel Saguias, para o Techtudo


Overpass é um dos sete mapas competitivos de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), que conta também com Dust2, Inferno, Cache, Nuke, Train e Mirage. O mapa não teve versões anteriores no CS 1.6 e CS: Source, ou seja, ele foi criado exclusivamente para o CS:GO. Por isso, pode-se dizer que Overpass é o único mapa completamente novo que a Valve fez para o jogo, já que a Cache foi criada pela comunidade e a Mirage foi uma adaptação de_cpl_strike, também feito pela comunidade.

Para ter um bom desempenho no CS:GO, o jogadores precisam conhecer bem os cenários das partidas. Para isso, a comunidade deu nomes para as posições mais usadas em cada mapa. Veja, a seguir, as principais call-outs da Overpass. Vale citar que essas denominações não são oficiais, por isso é possível que cada lugar seja conhecido por mais de um nome pelos players.

Aprenda todas as call-outs da Overpass — Foto: Reprodução/Arte Gabriel Saguias Aprenda todas as call-outs da Overpass — Foto: Reprodução/Arte Gabriel Saguias

Aprenda todas as call-outs da Overpass — Foto: Reprodução/Arte Gabriel Saguias

Na região da ponte, no bombsite B, vale destacar o grafite que existe por lá. A arte foi colocada no mapa após a jogada de Olof “olofmeister” Kajbjer, que defusou a c4 mesmo após uma molotov ser lançada no local. A jogada foi realizada durante a partida entre Fnatic e Team Dignitas, na ESL One Cologne de 2014, nas semifinais.

Outra jogada famosa também ocorreu na Overpass, durante a DreamHack Winter de 2014. O famoso “fnatic boost” aconteceu no duelo entre Fnatic e Team LDLC. Após o primeiro half, LDLC vencia a fnatic por 12 a 3. Ao trocar para o lado CT, a Fnatic virou o placar e venceu a partida utilizando o infame boost, que consistia em três jogadores dando pezinho próximo ao caminhão do bombsite A. A técnica, também protagonizada por olofmeister, foi considerada ilegal, pois dava ao jogador visão de áreas não acessíveis do mapa. Foi decidido pela organização do evento que a partida entre Fnatic e LDLC deveria ser refeita, no entanto a Fnatic desistiu do rematch na véspera e a LDLC avançou para a fase seguinte do campeonato. O fnatic boost foi corrigido na atualização de 4 de dezembro de 2014. Após o incidente, foi colocada uma placa no bombsite A que adverte que os jogadores não devem subir o muro.

MAIS DO TechTudo