Por Filipe Garrett, para o TechTudo


A Samsung anunciou que memórias DDR5 para smartphones estão em testes nos laboratórios da companhia. Os novos módulos, desenvolvidos para substituir os DDR4 em uso atualmente, acenam com ganhos de desempenho relevantes: de acordo com a empresa, seria possível transferir 14 filmes gravados em resolução HD num único segundo.

Os experimentos apontam que a memória DDR5 suporta velocidade de transferência de 6,4 Gb/s (gigabits por segundo). Ainda em desenvolvimento, a tecnologia não tem data para chegar ao consumidor.

Samsung acredita que nova RAM DDR5 para celulares deve contribuir para aplicações de inteligência artificial e para o uso do 5G — Foto: Divulgação/Samsung Samsung acredita que nova RAM DDR5 para celulares deve contribuir para aplicações de inteligência artificial e para o uso do 5G — Foto: Divulgação/Samsung

Samsung acredita que nova RAM DDR5 para celulares deve contribuir para aplicações de inteligência artificial e para o uso do 5G — Foto: Divulgação/Samsung

A nova memória LPDDR5 (o “LP” refere-se a low power, “baixa energia” em tradução livre) representa um ganho de performance de 50% sobre o LPDDR4 e LPDDR4X, ambos padrões em uso nos celulares atuais. Em valores absolutos, o LPDDR4 está limitado a 4,26 Gb/s.

Os engenheiros acreditam que dois tipos de memória LPDDR5 serão vendidos: o mais potente com transferências alcançando 6,4 Gb/s e o mais básico com velocidades de 5,5 Gb/s. Embora inferior, esta taxa de transferência supera a vista nas atuais memórias DDR4, presentes no Galaxy Note 8 (de 2017) e Galaxy S9 (deste ano), por exemplo.

Além do salto de performance expressivo, a nova tecnologia consome 30% menos energia. A principal novidade é um estado de hibernação mais agressivo do que o encontrado no DDR4.

Galaxy Note 8 utiliza memória RAM no padrão LPDDR4 — Foto: Divulgação/Samsung Galaxy Note 8 utiliza memória RAM no padrão LPDDR4 — Foto: Divulgação/Samsung

Galaxy Note 8 utiliza memória RAM no padrão LPDDR4 — Foto: Divulgação/Samsung

Em nota, os sul-coreanos destacaram que a memória RAM estará associada a aplicações de inteligência artificial e conexões de alta velocidade do 5G, novidades que devem exigir celulares com ficha técnica mais poderosa para dar conta de altos volumes de dados em intervalos de tempo mais curtos.

Com informações: Samsung e Anand Tech

Qual o smartphone com melhor processador? Usuários trocam dicas no Fórum TechTudo

Review do Galaxy S9: confira a análise completa do celular fabricado pela Samsung

Review do Galaxy S9: confira a análise completa do celular fabricado pela Samsung

MAIS DO TechTudo