Por Luciana Maline, da Redação

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Felipe brTT Gonçalves não foi eleito o melhor atirador do CBLoL pela Riot Games à toa. O atleta é o jogador brasileiro de League of Legends (LoL) que carrega mais títulos nas costas, com quatro só do CBLoL, além do International Wildcard 2015. Com a missão de defender a camisa do Flamengo desde o início do ano, o próximo desafio do jogador é levar o troféu do Mundial, um episódio ainda inédito em sua trajetória.

Em conversa com o TechTudo na sede do Flamengo, em São Paulo, brTT comenta sobre sua posição na cena de LoL e da vontade de se tornar um ídolo da torcida rubro-negra. Ele ainda se compara ao craque Cristiano Ronaldo, por buscar excelência no que faz e pelo investimento em ações publicitárias.

Confira a entrevista completa no vídeo abaixo:

Craque do Flamengo no LoL, BrTT dá entrevista ao TechTudo

Craque do Flamengo no LoL, BrTT dá entrevista ao TechTudo

O melhor do Brasil?

Um pouco depois do horário combinado, brTT entrava na sede do Flamengo de esports para receber a nossa equipe. A cabeça baixa embaixo de um boné de sua marca, "ReXpeita", davam um ar de timidez que contrariava as muitas entrevistas acumuladas em seus seis anos no cenário competitivo de League of Legends. No currículo, ele ainda carrega o peso de passagens por times grandes como a paiN Gaming, Vivo Keyd e RED Canids.

O resultado da matemática que soma prêmio e equipes leva a pergunta: seria brTT o melhor jogador de LoL do Brasil? "Eu não acho que há um melhor jogador de LoL do Brasil. Existem muitos jogadores muito bons e cada um com uma qualidade individual diferente", explica o atleta.

brTT em sua passagem pela RED Canids, último time antes do Flamengo — Foto: Divulgação/Riot Games brTT em sua passagem pela RED Canids, último time antes do Flamengo — Foto: Divulgação/Riot Games

brTT em sua passagem pela RED Canids, último time antes do Flamengo — Foto: Divulgação/Riot Games

Na posição de atirador, brTT conquistou em 2017 o título de melhor na categoria, eleito pelo 1° Prêmio CBLoL, organizado pela Riot Games. Quando questionado sobre os colegas de posto que mais o inspiraram, o nome do jogador chinês Jian "Uzi" Zi-Hao surgiu sem demora: "ele tem um estilo de jogo bem agressivo, que eu sou conhecido também por jogar assim. Gosto bastante de assistir aos jogos e aos replays dele para conseguir aperfeiçoar o meu jogo", justifica.

O Cristiano Ronaldo do LoL

Com a criação da divisão de esportes eletrônicos do Flamengo, em 2017, a comparação entre a cena de esports e futebol ficou ainda mais frequente. O TechTudo, então, perguntou ao Felipe brTT a que nome do universo do futebol ele se espelha e gostaria de ser comparado. O atleta trouxe a figura midiática de Cristiano Ronaldo, eleito por três anos consecutivos como o melhor jogador de futebol do mundo pela Fifa.

Com a ponderação de soar "desumilde" ao grande público, ele explica o paralelo: "Cristiano é um jogador que tem excelência no que faz, o futebol, e também trabalha muito bem a imagem dele. Eu diria que é o jogador que faz mais ações e propagandas. Eu sou como se fosse um Cristiano Ronaldo no League of Legend".

brTT foi destaque na vitória do Flamengo sobre a Team One, no Circuito Desafiante — Foto: Divulgação/Riot Games brTT foi destaque na vitória do Flamengo sobre a Team One, no Circuito Desafiante — Foto: Divulgação/Riot Games

brTT foi destaque na vitória do Flamengo sobre a Team One, no Circuito Desafiante — Foto: Divulgação/Riot Games

Assim como CR7, Felipe também garante bons números quando o assunto é popularidade fora das arenas. Nas redes sociais, como Instagram e Twitter, ele possui cerca de 354 mil e 766 mil seguidores, respectivamente. Diante do sucesso e influência, Felipe pondera: "nas minhas redes sociais, eu tento sempre agir da melhor maneira possível porque sei que estou servindo de exemplo para milhares de pessoas que me acompanham. É uma responsabilidade muito grande e tenho que tomar muito cuidado com os meus atos".

O sonho de ser ídolo

Declaradamente flamenguista, o atleta não esconde a vontade de fazer história pelo time. Ao falar de Flamengo, Felipe traz à memória os tempos em que assistia aos jogos com o avô e reconhece o time como um fator de união entre eles. "Sempre assisti a todos os jogos com o meu avô. A gente era realmente muito fanático. Uma coisa que unia bastante a gente eram os momentos de jogo do Flamengo. A gritaria que meu avô fazia era uma coisa de louco. Eram momentos muito importantes na minha vida", relembra.

Apesar de seus 28 anos de idade não permiterem que brTT acompanhasse ao vivo os gols de Zico, foi a imagem do ídolo rubro-negro que surgiu na conversa, junto à memória afetiva. O artilheiro foi eternizado sobretudo pela trajetória de vitórias do Flamengo nas décadas de 1970 e 1980, com destaques na conquistas da Taça Libertadores da América e do Mundial Interclubes pela equipe.

"Quando eu pensei em entrar no Flamengo, uma das coisas que mais passavam na minha cabeça era eu realmente conseguir me tornar um ídolo para nação rubro-negra. Então, [tenho como referência] um ícone como é o Zico, um jogador que vai ser lembrado pra sempre pelos torcedores do Flamengo", explica.

O Flamengo de brTT encontrou muitas dificuldades no Circuito Desafiante 2018 — Foto: Divulgação/Riot Games O Flamengo de brTT encontrou muitas dificuldades no Circuito Desafiante 2018 — Foto: Divulgação/Riot Games

O Flamengo de brTT encontrou muitas dificuldades no Circuito Desafiante 2018 — Foto: Divulgação/Riot Games

Além de ser o time de coração, o bom projeto de carreira do Flamengo também afastou do atleta o fantasma da aposentadoria recente, como apontavam rumores em meados de 2016, quando ainda estava na paiN Gaming. Sobre o futuro nas arenas, brTT prefere não precisar a agenda da despedida, mas garante: "com certeza o Flamengo veio para ficar. Tenho planos para ficar anos aí, se Deus quiser", completa.

MAIS DO TechTudo