A trajetória da Apple rumo ao primeiro trilhão: relembre produtos marcantes

Empresa alcança valor de mercado nunca antes visto.

A trajetória da Apple rumo ao primeiro trilhão: relembre produtos marcantes A trajetória da Apple rumo ao primeiro trilhão: relembre produtos marcantes
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Wallace Nascimento, para o TechTudo

A Apple conquistou mais um recorde ao se tornar a primeira empresa listada em bolsa no mundo a alcançar valor de mercado de US$ 1 trilhão (cerca de R$ 3,76 trilhões) nesta semana. A marca histórica surge três dias após a alta de 32% no lucro do trimestre (US$ 11,6 bilhões), segundo o G1, com lançamentos icônicos e que se tornaram tendência no mercado, como o visual do iPhone X, reproduzido em vários smartphones da atualidade.

O TechTudo separou 11 produtos marcantes da empresa, desde o primeiro Macintosh até o iPhone X, que impulsionaram a conquista do US$ 1 trilhão. Confira a lista nas linhas a seguir.

Desempenho espetacular da Apple no mercado é resultado das boas vendas do iPhone, seu carro-chefe (Foto: Thássius Veloso / TechTudo) Desempenho espetacular da Apple no mercado é resultado das boas vendas do iPhone, seu carro-chefe (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

Desempenho espetacular da Apple no mercado é resultado das boas vendas do iPhone, seu carro-chefe (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

O primeiro iPhone

Anunciado em 2007 nos Estados Unidos, o iPhone 2G revolucionou o mercado por trocar o teclado físico por uma tela touchscreen de 3,5 polegadas, uma inovação para a época. Com destaque total à tela, o celular foi projetado para ser um "computador de bolso" e contava com uma única câmera traseira de 2 megapixels e iPhone OS (antigo nome do iOS). O smartphone não chegou ao Brasil e era comercializado nos EUA por US$ 499.

iPhone 2G tinha tela touchscreen de 3,5 polegadas VGA (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo) iPhone 2G tinha tela touchscreen de 3,5 polegadas VGA (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

iPhone 2G tinha tela touchscreen de 3,5 polegadas VGA (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

iPhone 4

Depois de aplicar pouquíssimas alterações visuais no iPhone 3G e iPhone 3GS, a Apple fez uma grande remodelação no iPhone 4, lançado em 2010 nos Estados Unidos, Europa e Brasil. Além das mudanças marcantes no design, como a adoção do vidro na parte frontal e traseira, o smartphone foi o primeiro da linha a trazer câmera frontal (0,3 MP) e a tela Retina Display.

Tela de 3,5 polegadas do Phone 4 inaugurou a tecnologia Retina Display nos aparelhos da Apple (Foto: Isadora Díaz/TechTudo) Tela de 3,5 polegadas do Phone 4 inaugurou a tecnologia Retina Display nos aparelhos da Apple (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

Tela de 3,5 polegadas do Phone 4 inaugurou a tecnologia Retina Display nos aparelhos da Apple (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

iPhone 6

Depois do iPhone 4, iPhone 4S, iPhone 5 e iPhone 5S, o padrão de 3,5 e 4 polegadas chegou ao fim. Com o iPhone 6, lançado em 2014, a Apple finalmente aumentou o painel para 4,7 polegadas na versão normal e para 5,5 polegadas no iPhone 6 Plus, tamanhos que já eram realidade nos produtos da rival Samsung. O design também passou a ser mais arredondado, característica que ainda é vista no iPhone 8.

iPhone 6 Plus inaugurou novo design e modelo com tela grande em 2014 (Foto: Lucas Mendes/TechTudo) iPhone 6 Plus inaugurou novo design e modelo com tela grande em 2014 (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

iPhone 6 Plus inaugurou novo design e modelo com tela grande em 2014 (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

iPhone X

A maior mudança ocorreu, de fato, em 2017, com o iPhone X. Dez anos depois, a edição comemorativa removeu boa parte das bordas da tela. Restou apenas o polêmico "recorte" na parte superior, que aloca os sensores do sistema de reconhecimento facial Face ID e a câmera. Outro ponto que chama a atenção é a remoção do tradicional botão Home, que deu lugar a gestos para sair de aplicativos e acionar a multitarefa.

iPhone X: testamos o celular e respondemos as suas perguntas

iPhone X: testamos o celular e respondemos as suas perguntas

Macintosh

Lançado em 1984 por cerca de US$ 2,5 mil, o Macintosh revolucionou o mercado de computadores pessoais da época por popularizar a interface gráfica ao facilitá-la para o usuário comum. O primeiro modelo foi lançado com memória RAM de 128 KB e tinha o sistema operacional System 1, sucessor do atual macOS. O computador também é famoso por impulsionar a reformulação de softwares que antes usavam apenas linhas de comando.

Em 1984, Steve Jobs apresentou ao mundo os primeiros modelos do Macintosh (Foto: Reprodução/Forbes) Em 1984, Steve Jobs apresentou ao mundo os primeiros modelos do Macintosh (Foto: Reprodução/Forbes)

Em 1984, Steve Jobs apresentou ao mundo os primeiros modelos do Macintosh (Foto: Reprodução/Forbes)

iMac Colorido e iBook G3

A época das cores para a Apple durou entre o fim da década de 1990 e o início dos anos 2000. Em 1998, os novos computadores coloridos foram anunciados como parte da campanha "Think different". Um deles era o iMac G3, desktop com uma carcaça transparente com opções em laranja, verde, vermelho, lilás e azul.

O iBook G3, antecessor dos notebooks da linha MacBook, também ficou conhecido pelas cores. Com design arredondado, o dispositivo tinha um hardware bem mais avançado que outros computadores portáteis da época, com portas USB, CD-ROM, um modem de 56Kbps e uma saída de vídeo A/V.

iMac G3 e iBook G3 eram os computadores coloridos da Apple (Foto: Divulgação/Apple) iMac G3 e iBook G3 eram os computadores coloridos da Apple (Foto: Divulgação/Apple)

iMac G3 e iBook G3 eram os computadores coloridos da Apple (Foto: Divulgação/Apple)

iMac G4

Depois do iMac G3, a Apple ousou novamente no design. O iMac G4, lançado pela empresa em 2002, chamou a atenção por ser bem parecido com uma luminária, por conta da sua base oval. O computador adotou ainda uma tela LCD, substituindo o visor CRT da geração anterior, memória RAM de 128 MB e armazenamento de 80 GB.

Modelo iMac G4, da Apple, trazia base que lembrava a de uma luminária (Foto: Divulgação/Apple) Modelo iMac G4, da Apple, trazia base que lembrava a de uma luminária (Foto: Divulgação/Apple)

Modelo iMac G4, da Apple, trazia base que lembrava a de uma luminária (Foto: Divulgação/Apple)

iMac Pro

Destinado ao público profissional, o novo iMac Pro foi lançado em 2018 e surpreende não apenas pelas especificações, mas também pelo preço. Atualmente, ele é o computador mais caro vendido no Brasil, com versões que variam entre R$ 37.999 e R$ 95.399. Para justificar o preço, a ficha técnica conta com uma tela em resolução 5K, processador Intel Xeon W, opções com memória RAM de 32 GB, 64 GB e 128 GB e armazenamento SSD entre 1 TB, 2 TB ou incríveis 4 TB.

Preço do novo iMac Pro pode chegar a R$ 98 mil (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Preço do novo iMac Pro pode chegar a R$ 98 mil (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Preço do novo iMac Pro pode chegar a R$ 98 mil (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

MacBook Pro com touch bar

O MacBook Pro de 2016 chamou a atenção com a Touch Bar. Desenvolvida pela Apple, a pequena tela fica localizada no topo do teclado e agrega algumas funções e atalhos específicos – e é totalmente touchscreen. Com o propósito de substituir a linha de teclas de funções (ESC, F1, F2, F3 e etc), o display reúne recursos como a regulagem do volume e brilho, entre outras funções.

Touch Bar conta com atalhos que variam conforme o aplicativo que está sendo executado (Foto: Divulgação/Apple) Touch Bar conta com atalhos que variam conforme o aplicativo que está sendo executado (Foto: Divulgação/Apple)

Touch Bar conta com atalhos que variam conforme o aplicativo que está sendo executado (Foto: Divulgação/Apple)

iPod

O iPod revolucionou o mercado nos últimos anos. Lançado pela primeira vez em 2001, o dispositivo se popularizou pela capacidade de guardar cerca de mil músicas e pela integração com a iTunes Store, com conteúdos por um preços entre US$ 0,99 e US$ 9,99, na época. Depois da descontinuação do iPod Classic e das versões Nano e Shuffle, apenas o iPod Touch é encontrado no site da marca.

iPod abriu as portas para o desenvolvimento do iPhone (Foto: Barbara Mannara/TechTudo) iPod abriu as portas para o desenvolvimento do iPhone (Foto: Barbara Mannara/TechTudo)

iPod abriu as portas para o desenvolvimento do iPhone (Foto: Barbara Mannara/TechTudo)

Apple Watch

Superando as vendas de marcas tradicionais, como a Rolex, o Apple Watch é atualmente um dos principais relógios de pulso do mercado. Com recursos inéditos e total conectividade com o iPhone, o dispositivo foi anunciado em 2014 e chegou ao Brasil no ano seguinte, em 2015. Entre as principais funções está a capacidade de rastrear atividades físicas, realizar ligações e enviar mensagens.

Apple Watch se tornou o relógio mais vendido do mundo (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Apple Watch se tornou o relógio mais vendido do mundo (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Apple Watch se tornou o relógio mais vendido do mundo (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Com informações: G1 (1 e 2) e Business Insider.

MAIS DO TechTudo