Por Bruna Telles, para o TechTudo


Clash Royale segue com a regra de fazer mudanças mensais, e anunciou sua atualização do mesmo de agosto. Com ela, um conjunto de cartas foi rebalanceado com base em estatísticas e no feedback da comunidade, incluindo algumas bem populares no cenário competitivo atualmente, como o Balão e o Dragão Infernal. Confira quais itens sofreram mudanças e como isso pode mudar o metagame.

Lembrando que os efeitos reais serão confirmados quando os atletas se adaptarem e criarem suas jogadas, o que pode vir a impactar diretamente o Clash Royale League, campeonato que começa no dia 13 de agosto. O torneio deve marcar novas estratégias dos atletas com as mudanças das cartas e da Torre do Rei mais poderosa.

Dragão Infernal

Embora ainda seja uma carta dominante, a mudança no Dragão Infernal tenta oferecer maior diversidade mágica — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale) Embora ainda seja uma carta dominante, a mudança no Dragão Infernal tenta oferecer maior diversidade mágica — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

Embora ainda seja uma carta dominante, a mudança no Dragão Infernal tenta oferecer maior diversidade mágica — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

Uma das tropas lendárias mais impactantes do jogo, o Dragão infernal teve o alcance reduzido de 4.0 para 3.5, além de poder ser empurrado pra trás (efeito knocked back) por Bola de Fogo e Bola de Neve. Embora ainda seja uma carta importante, a ideia é oferecer maior diversidade mágica, liberando os jogadores de tanques da obrigação em ter uma carta Zap ou Relâmpago em seus decks para combatê-lo.

Porcos Reais

Os Porcos Reais foram adestrados, e seu ataque tornou-se mais rápido — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale) Os Porcos Reais foram adestrados, e seu ataque tornou-se mais rápido — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

Os Porcos Reais foram adestrados, e seu ataque tornou-se mais rápido — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

Os Porcos reais receberam um buff (ou seja, uma melhoria) na velocidade do primeiro ataque, agora mais rápida. Com isso, eles deixam de parar ao pé da Torre e correm na sua direção à toda velocidade, atingindo-a quase imediatamente após o impacto. Como era uma carta pouco utilizada no competitivo, é possível que eles comecem a aparecer nos próximos torneios.

Bebê Dragão

O Bebê Dragão recebeu um pequeno buff no seu ataque — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale) O Bebê Dragão recebeu um pequeno buff no seu ataque — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

O Bebê Dragão recebeu um pequeno buff no seu ataque — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

Para compensar o efeito de empurrado para trás, o Bebê Dragão recebeu um pequeno buff. Sua velocidade de ataque passou de 1,6 para 1,5 segundos, o que pode aumentar a eficácia contra cartas tais como Horda de Servos, Bruxa e Gangue de Goblins.

Cavaleiro

O Cavaleiro passou as férias afiando a espada, e voltou com o ataque mais poderoso — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale) O Cavaleiro passou as férias afiando a espada, e voltou com o ataque mais poderoso — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

O Cavaleiro passou as férias afiando a espada, e voltou com o ataque mais poderoso — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

Com o ataque 5% mais poderoso, o Cavaleiro poderá destruir Goblins num único golpe a partir de agora. Assim, sua utilidade tende a ser maior contra as cartas Gangue de Goblins e Barril, sendo uma potencial alternativa para a Valquíria, mantendo os decks com baixo custo.

Tesla

Uma das torres defensivas mais usadas, a Tesla entrou na rodada de nerfs — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale) Uma das torres defensivas mais usadas, a Tesla entrou na rodada de nerfs — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

Uma das torres defensivas mais usadas, a Tesla entrou na rodada de nerfs — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

A Tesla tem taxa de utilização maior do que todas as torres defensivas juntas atualmente. Com a redução no tempo de vida de 40 para 35 segundos, a ideia é reduzir sua vida no combate prolongado. Já a redução na velocidade de ataque de 1 para 1,1 segundos tem como intenção dar chance de aproximação para algumas hordas mais velozes, como servos ou esqueletos.

Torre de Bombas

Para incentivar o uso, a Torre de Bombas recebeu mudanças — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale) Para incentivar o uso, a Torre de Bombas recebeu mudanças — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

Para incentivar o uso, a Torre de Bombas recebeu mudanças — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

A Torre de Bombas, por sua vez, tem sido uma das construções defensivas menos utilizadas. Para tentar mudar isso, a carta recebeu um buff que diminuiiu seu custo de elixir de 5 para 4, tornando-se um potencial counter (uma espécie de "antídoto") para Corredor e Aríete de Batalha. O tempo de vida foi reduzido de 40 para 35 segundos, e agora a torre tem menos 33% de pontos de vida.

Carrinho de Canhão

O Carrinho de Canhão entrou na lista da cartas que receberam buffs — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale) O Carrinho de Canhão entrou na lista da cartas que receberam buffs — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

O Carrinho de Canhão entrou na lista da cartas que receberam buffs — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

Quem também recebeu um buff significativo foi a carta Carrinho de Canhão. Seu tempo de vida foi aumentado de 20 para 30 segundos. A transformação em canhão, por outro lado, agora acontece mais rápido, e ele ganha imunidade ao empurrão para trás.

Balão

O temido deck de LavaLoon enfim ganha uma opção para ser combatido com nerf no Balão — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale) O temido deck de LavaLoon enfim ganha uma opção para ser combatido com nerf no Balão — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

O temido deck de LavaLoon enfim ganha uma opção para ser combatido com nerf no Balão — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

Terceira unidade voadora a perder imunidade, o Balão recebeu um nerf (ou seja, uma piora) que permite o empurrão para trás, dando mais opções de combate ao deck de LavaLoon (que soma Lava Hound com Balão).

Torre do Rei

O rei teve sua torre igualada ao dano da princesa — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale) O rei teve sua torre igualada ao dano da princesa — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

O rei teve sua torre igualada ao dano da princesa — Foto: Reprodução/Youtube (Clash Royale)

A fim de padronizar as interações ao longo do jogo, a Torre do Rei causará a mesma quantidade de dano por hit que a Torre da Princesa. Atualmente, ela causa dano um pouco menor, criando interações inconsistentes. Com isso, o jogador também ficará um pouco menos exposto a ter uma derrota de "três coroas" quando vir a ter suas duas torres laterais derrubadas.

MAIS DO TechTudo