Por Anna Kellen Bull*, da IFA 2018, em Berlim

Intel revela processadores Séries U e Y da 8ª geração para notebooks Intel revela processadores Séries U e Y da 8ª geração para notebooks

A Intel revelou os novos membros da família de processadores Core de 8ª geração. Apresentados em um evento pré-IFA 2018, em Berlim, nesta terça-feira (28), os chips da Série U e Série Y são direcionados para dispositivos portáteis, como laptops e notebooks 2 em 1. Os produtos têm como principais objetivos melhorar a conexão com a Internet, aumentar a duração da bateria, além de potencializar o desempenho do aparelho.

Baseados na microarquitetura Whiskey Lake de 14nm++, a série Y conta com os seguintes modelos: Core m3-8100Y, Core i5-8200Y e Core i7-8500Y; enquanto a série U traz os chips: Core i3-8145U, Core i5-8265U e Core i7-8565U. Confira a ficha técnica completa dos novos processadores mobile da fabricante.

Quer comprar um computador barato? Encontre os melhores preços no Compare TechTudo

Josh Newman, Gerente Geral do Segmento de Inovação Mobile da Intel, apresenta os lançamentos da fabricante — Foto: Anna Kellen Bull / TechTudo Josh Newman, Gerente Geral do Segmento de Inovação Mobile da Intel, apresenta os lançamentos da fabricante — Foto: Anna Kellen Bull / TechTudo

Josh Newman, Gerente Geral do Segmento de Inovação Mobile da Intel, apresenta os lançamentos da fabricante — Foto: Anna Kellen Bull / TechTudo

Segundo a Intel, a perfomance dos processadores está duas vezes mais rápida em comparação com um PC de cinco anos atrás – embora a fabricante não tenha especificado qual modelo foi testado. A promessa é de que a bateria do aparelho com o novo chip dure até 16 horas a mais. Outra atividade que deve receber melhorias é a conversão de vídeo, que pode ser até 10,5 mais veloz. A Intel garante ainda uma navegação de Internet com velocidade até 1,8 vezes superior. O download de conteúdos, como shows, filmes e séries, pode ficar até 12 vezes mais rápido com a tecnologia Gigabit Wi-Fi.

Para os usuários que usam notebooks para trabalhar com programas pesados, as placas prometem tornar as atividades mais simples. A criação de vídeos em 4K, por exemplo, tende a ser até 6,5 mais acelerada. Já a edição de imagens no programa Adobe Lightroom deve ficar até 2,9 vezes melhor, de acordo com a empresa.

Novos chips prometem aumento na duração da bateria e melhoras no desempenho — Foto: Divulgação / Intel Novos chips prometem aumento na duração da bateria e melhoras no desempenho — Foto: Divulgação / Intel

Novos chips prometem aumento na duração da bateria e melhoras no desempenho — Foto: Divulgação / Intel

Outra novidade dos processadores é o suporte às Assistentes Pessoais Cortana, da Microsoft, e Alexa, da Amazon. Dessa forma, o usuário consegue dar comandos de voz enquanto trabalha no laptop, sem precisar parar a sua atividade atual, por exemplo.

Confira, a seguir, a ficha técnica completa dos novos processadores Intel Série U e Y.

Intel Série U

Número do processador Clock base (GHz) Frequência máxima (GHz) Cores/Threads Tamanho de cache (MB) Memória suportada TDP
i7-8565U 1.8 4.6 4C/8T 8 LPDDR3 2133 MHzDDR4 2400 MHz 15
i5-8265U 1.6 3.9 4C/8T 6 LPDDR3 2133 MHzDDR4 2400 MHz 15
i3-8145U 2.1 3.9 2C/4T 4 LPDDR3 2133 MHzDDR4 2400 MHz 15

Intel Série Y

Número do processador Clock Base (GHz) Frequência Máxima (GHz) Cores/Threads Tamanho de cache (MB) Memória suportada TDP
i7-8500Y 1.5 4.2 2C/4T 4 LPDDR3 1866 MHz 5
i5-8200Y 1.3 3.9 2C/4T 4 LPDDR3 1866 MHz 5
m3-8100Y 1.1 3.4 2C/4T 4 LPDDR3 1866 MHz 5

Relembre a família de processadores Intel 8ª geração:

  • Agosto de 2017: lançamento dos chips Mobile Intel 8ª geração Série U;
  • Outubro de 2017: lançamento dos processadores Intel Core Desktop K SKU e Premium Consumer;
  • Janeiro de 2018: anúncio dos processadores Intel Core 8ª geração com gráficos Radeon RX Vega;
  • Abril de 2018: anúncio dos processadores Intel Core 8ª geração Performance Mobile;
  • Agosto de 2018: apresentação dos novos chips Mobile Série U e Y.

*A jornalista viajou para a Alemanha a convite da Intel

MiniPC Android é bom? Saiba no Fórum do TechTudo

MAIS DO TechTudo