O que é um 'fake no Facebook'? Veja como identificar um perfil falso

Perfis falsos são criados para aplicação de golpes, roubo de informações e compartilhamento de notícias falsas

email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Por Isabela Giantomaso, para o TechTudo

As contas fakes (falsas, em inglês) são perfis criados por pessoas principalmente para enganar outros usuários ou disseminar informações de maneira mal-intencionada. A estratégia tem chamado atenção no Facebook, com foco na aplicação de golpes, roubo de dados e no compartilhamento de notícias falsas, as fake news.

Apesar de ter ganhado popularidade recentemente, o método de adotar identidades ilegítimas ocorre há muitos anos, com históricos principalmente no Orkut e no MSN, ambos serviços online já encerrados. A seguir, entenda os detalhes das contas fakes, conheça as regras do Facebook sobre autenticidade e saiba como identificar um perfil falso na rede social.

O que é um perfil fake? Veja detalhes sobre contas falsas criadas no Facebook  (Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo) O que é um perfil fake? Veja detalhes sobre contas falsas criadas no Facebook  (Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo)

O que é um perfil fake? Veja detalhes sobre contas falsas criadas no Facebook (Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo)

O que é uma conta falsa no Facebook?

Quando um fake é criado no Facebook ele pode ter diversos fins, entre eles a aplicação de golpes. De maneira geral, essas contas falsas usam por exemplo, fotos e informações de outras pessoas para conquistar amigos e roubar informações. Além disso, adotam também nomes e características de empresas para atrair interessados e realizar vendas falsas.

Também de forma mal-intencionada, os fakes do Facebook ainda estão entre os responsáveis pela criação de páginas de mídia ou perfis políticos falsos. Estes são feitos principalmente para o compartilhamento de notícias mentirosas, muitas vezes com o foco em eleições, como visto nos Estados Unidos e no Brasil. Recentemente o Facebook excluiu 196 páginas e 87 perfis brasileiros que, segundo a própria rede social "faziam parte de uma rede coordenada que se ocultava com o uso de contas falsas no Facebook".

Fakes são criados no Facebook para aplicar golpes e disseminar notícias falsas (Foto: Aline Batista/TechTudo) Fakes são criados no Facebook para aplicar golpes e disseminar notícias falsas (Foto: Aline Batista/TechTudo)

Fakes são criados no Facebook para aplicar golpes e disseminar notícias falsas (Foto: Aline Batista/TechTudo)

Grande parte dos fakes são criados e gerenciados por pessoas reais. No entanto, contas funcionando a partir de robôs estão sendo identificadas no Facebook. Os perfis automatizados têm como objetivo aumentar o número de interações ou de amigos de uma página ou usuário.

O que o Facebook diz sobre os fakes?

Os termos de uso do Facebook são bastante claros quanto aos perfis fake. Segundo as regras da rede social, não são permitidas representações falsas na plataforma. Entre as proibições estão o uso de data de nascimento e identidade ilegítima, além da apropriação de imagens de terceiros com o objetivo explícito de enganar as pessoas.

Para evitar contas criadas com o propósito de disseminar fake news (notícias falsas), os Padrões de Comunidade também apontam para a proibição de perfis com finalidade de enganar as pessoas sobre o conteúdo ou destino dos links externos. O incentivo em compartilhamentos, curtidas ou cliques de forma maliciosa também é vetado pela empresa.

De acordo com o Facebook, perfis com datas de nascimento, nomes e imagens falsas são proibidos na plataforma (Foto: Luciana Maline/TechTudo) De acordo com o Facebook, perfis com datas de nascimento, nomes e imagens falsas são proibidos na plataforma (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

De acordo com o Facebook, perfis com datas de nascimento, nomes e imagens falsas são proibidos na plataforma (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Em sua página de Integridade, o Facebook ainda reforça a responsabilidade dos usuários pelos conteúdos publicados. “A autenticidade é o pilar de nossa comunidade. Acreditamos que as pessoas se responsabilizam mais pelo que dizem e fazem quando usam identidades genuínas. Nossas políticas de autenticidade têm a intenção de criar um ambiente seguro em que as pessoas possam confiar e se responsabilizar mutuamente”, afirma a rede social.

Como reconhecer uma conta falsa no Facebook?

Antes de criar uma amizade com uma pessoa no Facebook ou passar a acompanhar as publicações de um usuário que não conhece é ideal conferir se as informações do perfil estão de acordo com a realidade ou se trata-se de uma conta falsa. Para isso, o primeiro passo deve ser uma simples busca no Google sobre a pessoa. Busque pelo nome e veja quais dados aparecem relacionados.

Cruzar informações da conta também é uma forma de reconhecer um fake. Observe as relações do usuário, confira se fazem sentido com a cidade ou instituição que a pessoa diz pertencer no perfil. Encontrar amigos em comum ou falar com outros que podem conhecer o dono da conta devem ainda ajudar a confirmar a identidade.

Para reconhecer um perfil fake, pesquise pelo nome do usuário do Google ou busque pela imagem da conta (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo) Para reconhecer um perfil fake, pesquise pelo nome do usuário do Google ou busque pela imagem da conta (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

Para reconhecer um perfil fake, pesquise pelo nome do usuário do Google ou busque pela imagem da conta (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

Uma dica importante também é desconfiar de perfis muito famosos ou que, ao contrário, não tenham nenhuma foto, amigo ou interação. Caso tenha dúvidas sobre a procedência das imagens utilizadas na conta, realize uma busca no Google. Para isso, clique com o botão direito do mouse em qualquer foto e vá em “Procurar imagem” para encontrar publicações semelhantes.

A evolução das contas falsas

Os fakes são velhos conhecidos na Internet. Basta buscar por perfis falsos no Orkut ou no MSN para encontrar antigas fotos utilizadas por usuários que desejavam se passar por outras pessoas. Entretanto, com o aumento principalmente de disputas políticas e da atualização de golpes cibernéticos, o conceito foi ampliado para o Facebook e criminosos passaram a atualizar suas táticas para fugir dos bloqueios da rede.

Segundo especialistas, no caso de páginas criadas para compartilhamento de notícias falsas, os donos dos perfis passaram a transformar as linguagens em formas mais originais e autênticas, já que antes era comum que todos os textos fossem copiados de outros sites. Além disso, passaram a utilizar imagens de melhor qualidade, com domínios mais confiáveis para evitar suspeitas.

De acordo com o Facebook, a disseminação do uso de VPNs (redes virtuais privadas) e a amplificação dos serviços de Internet também auxiliaram na evolução das contas falsas, tornando o trabalho de pessoas mal-intencionadas menos rastreável para a plataforma, que trabalha com formulários de denúncias para conteúdos identificados por spam ou fraude.

Como denunciar um fake no Facebook

Se tiver certeza que se trata de um fake, vá até o perfil do usuário, clique no menu de três pontinhos (ao lado de Mensagem) e, em seguida, "Fornecer feedback ou denunciar este perfil". A partir daí, o Facebook vai investigar a idoneidade do perfil. O nome de quem denunciou não será revelado.

Como denunciar um perfil fake no Facebook (Foto: Reprodução/TechTudo) Como denunciar um perfil fake no Facebook (Foto: Reprodução/TechTudo)

Como denunciar um perfil fake no Facebook (Foto: Reprodução/TechTudo)

Via Reuters e Facebook, O Globo

MAIS DO TechTudo