Jogos de ação

Por Thomas Schulze, para o TechTudo


Red Dead Redemption é um dos maiores sucessos da Rockstar, a mesma produtora de GTA. Com o lançamento de Red Dead Redemption 2 no PS4 e Xbox One se aproximando, aproveitamos o hype para relembrar curiosidades sobre esse clássico de velho oeste do PS3 e Xbox 360. Confira oito informações legais sobre o jogo em nossa lista completa logo abaixo:

O capítulo “perdido”

Embora Red Dead Redemption e Red Dead Redemption 2 façam parte do mesmo universo e história, há um terceiro capítulo na franquia que costuma ser ignorado tanto pelos fãs como pela própria desenvolvedora Rockstar.

Red Dead Revolver foi lançado para PlayStation 2 e Xbox e é considerado o antecessor espiritual de Red Dead Redemption — Foto: Divulgação/Rockstar

Trata-se de Red Dead Revolver, jogo lançado em 2004 para PlayStation 2 e Xbox. Embora ele tenha sido bem recebido pela crítica na época, a Rockstar preferiu tratar Red Dead Redemption como seu reboot ou sequência espiritual, e não uma verdadeira sequência direta.

Ostentação

Até a data de publicação deste texto, em agosto de 2018, Red Dead Redemption ainda figura entre os 10 jogos de videogame cujo desenvolvimento foi mais caro em toda a história da indústria.

Red Dead Redemption custou mais de 100 milhões de dólares para ser feito — Foto: Divulgação/Rockstar

Sem contar os gastos com marketing, foram mais de 100 milhões de dólares apenas com desenvolvimento. Felizmente, o jogo rendeu um bom lucro à Rockstar, já que vendeu mais de 16 milhões de cópias, segundo o site VGChartz.

John Marston alternativo

Embora Rob Wiethoff tenha interpretado muito bem o protagonista John Marston, outros grandes atores foram convidados para o papel, mas recusaram a oferta de protagonizar Red Dead Redemption.

Muitos atores de renome foram convidados para o papel principal de John Marston — Foto: Divulgação/Rockstar

Entre os nomes que negaram o convite da Rockstar temos astros como Clint Eastwood, Robert Redford e Robert Duvall. O próprio Rob Wiethoff acabou fazendo seu teste para o papel às cegas. Já imaginou como ficaria o game se outro ator fosse o astro principal?

Uma pontinha dos famosos

O elenco coadjuvante de Red Dead Redemption também conta com estrelas da telona e da televisão interpretando habitantes das cidades e vilarejos do game. Walter E. Jones, o Power Ranger Negro original, é um bom exemplo de celebridade que faz uma pontinha na dublagem.

O Power Ranger Walter Jones faz uma ponta em Red Dead Redemption — Foto: Divulgação/Saban

Além dele, o comediante Fred Arminsen, da série Portlandia, e a saudosa Charlotte Rae, de Vivendo e Aprendendo, também emprestam suas vozes ao jogo, o que honra a tradição da Rockstar de sempre convidar astros para pontas em seus jogos.

Inspiração para a televisão

Entre 2011 e 2016, o canal AMC transmitiu nos Estados Unidos a série western Hell on Wheels. Anson Mount, que interpretava o protagonista Cullen Bohannon, revelou à revista americana Cowboys & Indians como se preparou para o papel.

Anson Mount jogou bastante Red Dead Redemption — Foto: Divulgação/AMC

Segundo o ator, nas semanas antes da filmagem começarem, ele se dedicou a jogar Red Dead Redemption o máximo possível a fim de se aclimatar com o velho oeste! Quem diria que um jogo poderia ser útil até para atores se prepararem para seus trabalhos?

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Tom atenuado

Embora os jogos da Rockstar tenham fama de polêmicos e não hesitem em mexer em vespeiros e assuntos espinhosos, a equipe de Red Dead Redemption tomou um cuidado especial com os diálogos do game, especialmente no que diz respeito ao racismo.

A Rockstar preferiu evitar polêmicas sobre racismo em Red Dead Redemption — Foto: Divulgação/Rockstar

Como se sabe, esse problema era ainda mais intenso e normatizado na sociedade norte-americana em 1911, ano em que se passa o game (o Ato de Emancipação foi emitido pouco antes, em 1863). Embora a equipe buscasse o maior realismo possível, eles concordaram em atenuar vários diálogos.

Como apurado pelo canal DidYouKnowGaming, Dan Houser, o co-fundador da Rockstar, disse que "o linguajar usado para descrever outras raças na época seria muito ofensivo para quem o ouvisse hoje. Tentamos relembrar esse fato durante o jogo, mas maneiramos no tom em relação ao que observamos em nossas pesquisas."

Não faltam easter eggs divertidos!

Já é tradição na Rockstar encher os seus jogos de Easter Eggs, e não foi diferente com Red Dead Redemption. Já fizemos uma lista completa com as referências e segredos do game mas, é sempre legal relembrar as mais legais.

Clint Eastwood foi homenageado em Red Dead Redemption — Foto: Divulgação/MGM

A cidade de Plainview, por exemplo, foi inspirada no personagem Daniel Plainview, do filme Sangue Negro, e justamente por isso possui várias plataformas de extração de petróleo. Em um cemitério, também podemos ver uma lápide dedicada ao “Unknow Cowboy”, o Caubói Desconhecido, uma homenagem ao Pistoleiro Sem Nome de Clint Eastwood.

Muita pesquisa de campo

Como parte da missão de criar o jogo mais imersivo e realista já visto sobre o Velho Oeste, a equipe de desenvolvimento não ficou apenas vendo filmes de John Wayne e outros clássicos do gênero, embora eles realmente sejam influências claras e diretas.

Muita pesquisa de campo foi feita para tornar Red Dead Redemption mais imersivo e realista — Foto: Divulgação/Rockstar

O pessoal da Rockstar participou de um exaustivo trabalho de pesquisa que envolveu visitas à bibliotecas e viagens pelos EUA observando cenários e coletando informações e fotografias de referência, além de consultar até catálogos de compras da época para poder recriar os móveis da época com fidelidade.

Mais do TechTudo