Por Julio César Puiati, para o TechTudo


A fase de pontos do CBLoL 2º split finalmente chegou ao fim, após sete semanas de confrontos em Summoner's Rift. As equipes da elite brasileira de League of Legends disputaram 70 partidas durante quase três meses de competição, apresentando preferências por personagens, novos estilos de jogo e estratégias até então inéditas. Trundle, por exemplo, foi o campeão mais escolhido na segunda etapa do campeonato.

Trundle foi o campeão mais usado no CBLoL 2º split — Foto: Divulgação/Riot Games Trundle foi o campeão mais usado no CBLoL 2º split — Foto: Divulgação/Riot Games

Trundle foi o campeão mais usado no CBLoL 2º split — Foto: Divulgação/Riot Games

Trundle, o Rei dos Trolls, foi selecionado em 35 oportunidades: 20 vitórias e 15 derrotas, isto é, um aproveitamento médio de 68.6%. O caçador vem se mostrando – e não é de agora – uma das melhores opções para a selva atual, principalmente quando está em companhia do campeão Yasuo. Os personagens costumam executar boas combinações em batalhas através das habilidades Pilar de Gelo e Último Suspiro.

Taliyah e Camille também poderiam ter alcançado este feito. As campeãs, no entanto, foram as personagens com o maior número de banimentos no 2º split: 40 vezes cada. Isso significa que ambas só estiveram livres para participar de 43% do total de partidas realizadas. Zoe (37 bans), Lucian (32 bans) e Aatrox (31 bans) completam a lista de indesejados.

Apesar da alta taixa de banimento, Zoe foi a campeã mais popular na rota do meio, com 22 escolhas, deixando para trás Yasuo (17) e Irélia (13). Na rota inferior, Ezreal (22) e Shen (22) foram as prioridades para as posições de suporte e atirador. Já no topo, a surpresa ficou po conta de Aatrox, com incríveis 16 duelos realizados. O campeão estava fora do meta há um bom tempo.

Destaques individuais

brTT conduziu o Flamengo à vice-liderança da etapa do CBLoL — Foto: Divulgação/Riot Games brTT conduziu o Flamengo à vice-liderança da etapa do CBLoL — Foto: Divulgação/Riot Games

brTT conduziu o Flamengo à vice-liderança da etapa do CBLoL — Foto: Divulgação/Riot Games

O tempo parece não ter atrapalhado o desempenho de Felipe "brTT" Gonçalves. O experiente atirador do Flamengo – e um dos atletas mais antigos do cenário – terminou a fase de pontos com a maior média de farm da competição: 9,53 tropas por minuto. Completam o pódio o meio Matheus "Dynquedo" Rossini, da KaBuM, com 9,47 tropas por minuto, e o sul-coreano Kim "Sky" Ha-neul, da rebaixada RED Canids, com 9,37 tropas por minuto.

Em termos de solidariedade, quem mandou bem foi Marcelo "Riyev" Carrara, também da KaBuM. O suporte de 21 anos terminou a campanha com a maior média de assistências da liga: 9,8 por partida. Já entre aqueles que atuaram no mínimo 10 ou mais vezes no CBLoL, Matheus "Professor" Leirião foi o atleta que mais morreu. O suporte da ProGaming andou meio descuidado e acabou acumulando média de 3,5 mortes por duelo.

Yan "Yampi" Petermann, caçador da CNB, jogou apenas sete confrontos durante o 2º split, mas mostrou que sempre está por perto no momento certo. O Blumer tem 80,8% de participação em abates, mais do que qualquer outro jogador na competição. Riyev não fica muito atrás, com 79,3% de aproveitamento. Álvaro "Vert" Martins, da ProGaming, fecha a lista com 77,3% após disputar 10 jogos com a camisa dos Caveiras.

Reta final

O 2º split do CBLoL retorna no próximo sábado (11) com o primeiro confronto da escalada. A partir das 13h, Vivo Keyd e Ilha da Macacada Gaming medem forças em busca da sobrevivência nos playoffs. O vencedor da série enfrenta a CBN, no dia 18 de agosto (sábado). As partidas MD5 podem ser assistidas na Twitch, no YouTube ou no SporTV 2.

LoL ou Dota, qual é o melhor jogo? Comente no fórum TechTudo.

MAIS DO TechTudo